🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
AVÔ DA TEORIA

Como Daniel Kahneman revolucionou os estudos econômicos, mostrou que economia não é só pragmática — e que seu comportamento mexe com ela

O “não-economista” vencedor do Nobel de ciência econômica em 2002 morreu nesta quarta-feira (27), aos 90 anos

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
27 de março de 2024
15:21
Daniel Kahneman, psicólogo que levou um prêmio Nobel de ciência econômica em 2002.
Daniel Kahneman, psicólogo que levou um prêmio Nobel de ciência econômica em 2002. - Imagem: Montagem Seu Dinheiro / Divulgação

Ser pioneiro em qualquer área é um grande feito, mas desbravar um tema sem ter passado por qualquer educação formal na área é para poucos. Assim foi com Daniel Kahneman, que nunca fez um curso formal de Economia e, mesmo assim, levou um prêmio Nobel de ciência econômica em 2002. 

O “não-economista” morreu nesta quarta-feira (27), aos 90 anos e o óbito foi confirmado pela esposa, Barbara Tversky. 

Apesar de não ser da área econômica, Kahneman já tinha formação em psicologia e ao longo da vida resolveu unir ambos os setores.

O avanço dos estudos de Kahneman deu origem ao que chamamos hoje de economia comportamental, ciência que estuda a relação de vieses cognitivos, investimentos — e até mesmo esportes.

Juntamente com Amos Tversky, psicólogo cognitivo e ex-marido de Barbara, fizeram um trabalho considerado inovador sobre o julgamento humano e a tomada de decisões. 

O que diz a economia comportamental de Kahneman 

Ao contrário da economia tradicional, que assume que os seres humanos geralmente agem de maneira totalmente racional e que quaisquer exceções tendem a desaparecer à medida que as apostas são levantadas, a escola comportamental é baseada na exposição de vieses mentais enraizados que podem distorcer o julgamento, muitas vezes com resultados contra-intuitivos.

Kahneman ficou conhecido por elucidar alguns desses vieses universais do cérebro humano, como a aversão à perda, um conceito que demonstra como tendemos a sentir mais fortemente a dor de perder do que o prazer de ganhar.

Esse insight teve implicações vastas, desde a gestão de portfólios de ações até a psicologia do esporte. Steven Pinker, psicólogo e professor de Harvard, escreveu sobre o trabalho de Kahneman, afirmando que a razão humana tende a cair em falácias e sensos comuns. 

“Se quisermos tomar as melhores decisões”, diz, “devemos estar cientes desses preconceitos e buscar soluções alternativas. Essa é uma descoberta poderosa importante”.

Histórico e vida

A linha do tempo da vida de Daniel Kahneman destaca seus marcos mais significativos e contribuições para a psicologia e economia comportamental.

Seguem alguns dos principais eventos de sua vida:

  • 1934: Nasce Daniel Kahneman em Tel Aviv, quando ainda havia a colônia britânica na Palestina, hoje Israel, durante uma visita de sua mãe a parentes. Sua família era originalmente da Lituânia e havia emigrado para a França nos anos 1920;
  • Início da década de 1940: Durante a Segunda Guerra Mundial, Kahneman e sua família enfrentam a ocupação nazista na França, uma experiência marcante que influenciaria profundamente suas percepções e interesses futuros;
  • 1944: Após a morte de seu pai por diabetes e o fim da guerra, Kahneman e sua família mudam-se para a região de controle britânico da Palestina, onde ele eventualmente conclui sua educação secundária;
  • Final da década de 1950: Kahneman se gradua na Universidade Hebraica de Jerusalém com um bacharelado em psicologia. Em 1954, ele é incorporado às forças armadas do departamento de Defesa de Israel, um ano após servir na infantaria;
  • Anos 1960: Kahneman segue para os Estados Unidos para realizar seu doutorado em psicologia na Universidade da Califórnia, Berkeley. Após concluir o doutorado, retorna a Israel para lecionar na Universidade Hebraica de Jerusalém; 
  • Anos 1970: Kahneman inicia sua colaboração com Amos Tversky, marcando o início de uma parceria produtiva que duraria até a morte de Tversky, em 1996. Juntos, eles realizam pesquisas fundamentais sobre julgamento humano e tomada de decisões, lançando as bases para a economia comportamental;
  • 2002: Recebe o Prêmio Nobel em Ciências Econômicas, em reconhecimento ao seu trabalho pioneiro em economia comportamental, área que ele ajudou a fundar com suas investigações sobre vieses de julgamento e tomada de decisões;
  • 2011: Publicação de "Pensando, Rápido e Devagar", um best-seller internacional que resume grande parte de seu trabalho em psicologia cognitiva e economia comportamental. O livro se torna um marco na disseminação de suas ideias para o público em geral;
  • 2021: Lançamento de "Ruído: Um Defeito no Julgamento Humano", escrito com Cass Sunstein e Olivier Sibony, explorando como as variações no julgamento humano podem levar a erros significativos em diversos contextos profissionais e pessoais;
  • 2024: Daniel Kahneman falece aos 90 anos, deixando um legado profundo na psicologia e na economia, com suas teorias e pesquisas continuando a influenciar inúmeras áreas do conhecimento e da prática.

*Este texto contou com a ajuda de ferramentas de Inteligência Artificial (IA)

Compartilhe

AYUDA, HERMANOS

A motosserra de Milei ficou sem combustível? Entenda por que o dólar voltou a bater máximas na Argentina — e por que isso já era esperado

23 de maio de 2024 - 12:55

Ao mesmo tempo em que o mercado aumentou o apetite por dólares, Javier Milei, o presidente do país, virou capa da revista Time

VAI VOLTAR A SUBIR?

Ata do Fed joga balde de água fria nas bolsas — entenda o que acabou de vez com o apetite por risco dos investidores hoje

22 de maio de 2024 - 16:04

Dirigentes do Fed estão descontentes com o ritmo da queda da inflação nos EUA e veem juros no atual nível por mais tempo

REI CHARLES AUTORIZOU

Primeiro-ministro dissolve o Parlamento e antecipa as eleições gerais no Reino Unido

22 de maio de 2024 - 14:44

Assim, os deputados perdem o seu mandato e agora precisam fazer campanha para a reeleição se quiserem continuar

EL PELUCA

Seis meses de Javier Milei: como está a Argentina hoje para o investidor — e para o viajante — após novo presidente assumir? 

22 de maio de 2024 - 6:20

Desde que assumiu, Milei colecionou algumas vitórias e derrotas no seu primeiro semestre de gestão; conheça algumas delas e saiba se a Argentina ainda é um destino turístico atrativo, do ponto de vista financeiro

NÃO DEIXOU BARATO

Na mira de Xi Jinping: China impõe sanções à Boeing e mais duas empresas dos EUA por venda de armas a Taiwan

20 de maio de 2024 - 19:22

A medida é a mais recente de uma série de sanções anunciadas pelo Gigante Asiático nos últimos anos contra companhias pelo fornecimento de armamento a Taipé

INTERNACIONAL

Presidente do Irã morre em queda de helicóptero; aiatolá já decidiu quem será o sucessor

20 de maio de 2024 - 7:53

Além de Ebrahim Raisi, seu ministro das Relações Exteriores e mais 7 pessoas morreram no incidente, ocorrido no norte do Irã

LOBBY DE BANCOS

CEO do JP Morgan levou outros presidentes de bancos para pressionar Federal Reserve por normas mais frouxas

19 de maio de 2024 - 16:47

Agora, o Fed e dois outros reguladores querem um novo plano, que reduziria o aumento obrigatório de capital — de quase 20% — para os maiores bancos dos EUA

NO ORIENTE MÉDIO

Membro do gabinete de Guerra de Israel ameaça pedir demissão caso não haja plano para conflito em Gaza

19 de maio de 2024 - 14:55

Benny Gantz reconheceu o impacto prejudicial que a guerra está tendo sobre os civis, mas insistiu que a “decisividade” é necessária

NO ORIENTE MÉDIO

Helicóptero que levava presidente e ministros do Irã faz pouso forçado; equipes tentam acessar o local

19 de maio de 2024 - 13:23

Houve registro de chuva forte e neblina com algum vento, o que poderia ter causado uma instabilidade na aeronave

SÓ UMA PROMESSA?

Vai fechar o banco central, Milei? A nova declaração do presidente da Argentina sobre o futuro do BC do país

17 de maio de 2024 - 18:45

O presidente argentino está na Espanha e deu diversas declarações polêmicas a um público que o aplaudiu calorosamente; veja o que mais ele disse

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar