🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Lucia Camargo Nunes
AUTOMÓVEIS

Comprar carro seminovo de locadora vale a pena? Veja as comparações e aprenda a evitar as armadilhas

Modelos que antes eram alugados ou assinados podem ser um bom negócio, mas, como em qualquer compra de carro, há prós e contras e é preciso ter alguns cuidados

Lucia Camargo Nunes
24 de março de 2024
7:49 - atualizado às 14:45

O setor de locação de carros registrou crescimento de 22% em 2023 e espera repetir o resultado em 2024.

De acordo com balanço da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), o faturamento bruto com aluguel de veículos no ano passado foi de R$ 44,9 bilhões, recorde histórico.

Os negócios das locadoras são tão significativos para o setor automotivo que representaram cerca de 30% do volume do mercado interno em 2023.

Este ano, a Abla espera comprar 800 mil carros, ou 35% do volume projetado pela Anfavea.

A frota atual é de 1,57 milhão de veículos leves com idade média de troca de 18 meses. Depois disso, as locadoras revendem os carros em suas próprias lojas, ou repassam a lojistas.

Hoje, uma das maiores fontes de seminovos para os lojistas independentes vem das locadoras.

O mito do preço mais baixo

Por comprarem em lotes e em altos volumes, as locadoras conseguem barganhar bons descontos com as montadoras. Por isso, na hora de revender, as empresas têm fama de repassar os seminovos a preços bem competitivos.

Só que não foi o que checamos na prática. Ao pesquisar três modelos, os provenientes de locadoras em geral estavam mais caros do que os disponíveis em lojas de usados independentes e até concessionárias.

Mas será que para o consumidor comum vale a pena adquirir um veículo que pertenceu a uma locadora?

Assim como qualquer carro seminovo ou usado, a procedência é sempre importante, mas tudo depende do estado do veículo.

Classificar como “carro de médico”, “carro de aposentado”, carro de mulher” etc não é garantia de que o veículo foi bem tratado ou o contrário, assim como o proveniente de locadora ser taxado de bom ou ruim.

Locadores são rigorosas na manutenção dos carros

O estado do carro depende muito da forma que ele foi utilizado, mas uma das vantagens das locadoras é o rigor das manutenções para quem, por exemplo, assina um carro.

Hoje, a Abla possui uma frota de 180 mil unidades na locação de longo prazo. Por força de contrato, esses carros precisam passar por revisões e manutenções.

Devido ao alto custo dos serviços nas concessionárias, há locadoras que possuem suas próprias oficinas ou parcerias e fazem a manutenção por conta própria. A consequência disso, no entanto, é a perda de garantia de fábrica.

Antes de fechar negócio, é preciso checar se as revisões foram feitas conforme o manual do proprietário.

Em contrapartida, dificilmente uma locadora de grande porte cometeria uma fraude de adulterar um velocímetro, o que poderia ser descoberto numa vistoria e custar muito caro à empresa.

A ferramenta mais eficaz a favor do consumidor, atualmente, é a vistoria cautelar. Lojistas costumam oferecer laudos prontos, mas sempre vale a pena levar a uma empresa de sua confiança e até comparar os resultados.

Importante ressaltar que a cautelar aponta apenas se o veículo tem passagem por leilão, sinais de recuperação de sinistro, bloqueio judicial, estado de pneus, número de chassi nos vidros originais etc. Eventuais defeitos mecânicos e elétricos devem ser verificados com um mecânico de confiança.

Por terem sido dirigidos por muitos motoristas diferentes, em situações diversas, os carros de locadoras também podem ter desgastes mais aparentes em forrações e até nas espumas dos bancos, incluindo o traseiro (no caso de carros de aplicativo).

Fique de olho.

Leia também

O que observar nos carros seminovos das locadoras

  1. Carros à venda por locadoras com 1 a 2 anos de uso e uma média de 40 mil km. Mas você encontra também modelos pouquíssimo rodados ou com alta quilometragem;
  2. Podem ter sido carros por assinatura – um dono que utilizava o veículo no dia a dia –, ou frota de empresa que utilizava para prestação de serviços, ou ainda usados na locação Rent a Car (RAC), de aluguel diário ou de curto prazo;
  3. O correto é que as locadoras tenham feito as manutenções obrigatórias em concessionárias autorizadas, para manter a garantia da fabricante. Para isso, as revisões devem ter sido carimbadas no manual do proprietário;
  4. Outra forma para saber se as manutenções estão em dia é checar diretamente com as concessionárias, que possuem os registros de revisões;
  5. Especialistas dizem que os carros disponíveis nas lojas de seminovos das locadoras costumam ser modelos mais bem conservados e em melhor estado. Enquanto usados mais rodados ou em condições menos favoráveis seriam direcionados a lojistas;
  6. Dificilmente o consumidor saberá quem utilizou aquele veículo, mas um modelo de alta quilometragem pode ter sido alugado por um motorista de aplicativo ou por prestadores de serviço, ou seja, um uso mais severo. Mesmo revisados, prefira modelos menos rodados;
  7. É lenda que seminovos de locadoras são mais “baratos”, mas como qualquer negócio, merecem ser pesquisados e comparados.

Locadora x lojista independente x concessionária

Comparamos os melhores preços de três seminovos anunciados por locadoras, lojistas e concessionárias.

A seguir você confere as diferenças de valores, levando em conta que são seminovos com menos de 2 anos de uso e baixa quilometragem. 

Os exemplos abaixo se repetem com outros modelos e em geral seguem esta linha: seminovos de locadoras custam mais caro, com algumas exceções, e concorrem com carros de concessionárias. Os lojistas independentes, por sua vez, têm os preços mais atraentes.

Um dos motivos dos revendedores menores conseguirem praticar preços mais baixos é porque a maioria possui estrutura mais enxuta em relação a lojas de locadora ou concessionária.


Seminovos 22/23

Locadora 

Lojista 

Concessionária 
VW Gol MPI - Fipe: R$ 54.200R$ 63.190
com 10.425 km
R$ 55.990
com 13.000 km
R$ 57.990
com 14.200 km
Chevrolet Onix Plus LT - Fipe:
R$ 79.403
R$ 85.590
com 11.395 km
R$ 81.900
com 12.480 km
R$ 87.900
com 14.600 km
VW T-Cross Highline - Fipe:
R$ 144.000
R$ 148.490
com 7.200 km 
R$ 132.900
com 10.715 km
R$ 143.990
com 10.661 km
Em destaque, os pedidos mais caros.

Vantagens do seminovo de locadora

  • Procedência
  • Quilometragem real
  • Revisados
  • Alguns ainda possuem garantia de fábrica

Desvantagens

  • Podem ter alta quilometragem
  • Usados por diferentes pessoas, em situações diversas
  • Conforme o uso, terem desgastes irregulares nos bancos, tapetes e outros itens de contato, além de manchas
  • Em geral, têm preços mais altos que similares de lojas e concessionárias

Olho vivo: não é porque o carro está bonito, polido e perfumado que você vai cair em armadilhas

  • Os pneus devem estar em bom estado e serem da mesma marca e dimensões
  • Por fora, podem apresentar pequenos riscos e amassadinhos ou pior, retoques na pintura
  • Faça uma vistoria cautelar em uma empresa de confiança mesmo se a loja oferecer um laudo pronto
  • Verifique se aquele carro passou pelas revisões obrigatórias e se ele continua na garantia de fábrica (hoje, várias marcas oferecem de 3 a 5 anos de garantia)
  • Um seminovo não costuma apresentar problemas, mas é recomendável passar pelo crivo de um mecânico
  • Pesquise preços, quilometragem e condições também em lojas independentes e concessionárias

Compartilhe

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar