🔴 QUER SAIR DO ALUGUEL? NÃO USE O FGTS PARA FINANCIAR O IMÓVEL – CONHEÇA ESTA ESTRATÉGIA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Anote na agenda

Privatização da Sabesp (SBSP3): período de reserva das ações começa nesta segunda-feira (1º); veja o cronograma

Interessados terão até 15 de julho para reservar ações da oferta; preço será fixado em 18 de julho

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
30 de junho de 2024
17:21 - atualizado às 18:23
Privatização da Sabesp (SBSP3)
Privatização da Sabesp terá a Equatorial como investidor de referência. - Imagem: Divulgação

Começa nesta segunda-feira (1º) o período de reserva das ações da oferta pública de privatização da Sabesp (SBSP3) que irá diluir a participação do governo do Estado de São Paulo.

O prazo de reserva, para quem quiser participar da oferta, termina em 15 de julho. Já as chamadas Pessoas Vinculadas terão de 1º a 3 de julho para fazer sua reserva.

Nesta segunda também começa o procedimento de Bookbuilding e de coleta de intenções de investimento junto aos investidores institucionais, que termina no dia 18 de julho, quando será registrada a oferta global pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e fixado o preço por ação na oferta.

No dia seguinte (19 de julho), começa a negociação das ações na B3 e ADS (American Depositary Shares, os recibos de ações) na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

As informações constam do cronograma da oferta, divulgado na última sexta-feira (28) pela Sabesp, depois que a Equatorial Energia (EQTL3) qualificou-se como investidor de referência na privatização da companhia de saneamento básico.

A empresa foi a única a apresentar proposta, que consiste na aquisição de 15% de participação no capital da Sabesp por cerca de R$ 7 bilhões, ou R$ 67 por ação, inferior aos R$ 74 de fechamento do último pregão. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

A privatização da Sabesp consistirá em uma oferta pública subsequente (follow on) secundária de 191.713.044 ações ordinárias SBSP3, isto é, sem emissão de novos papéis pela companhia, apenas venda de parte da fatia do governo do Estado.

Pode ainda ser ofertado um lote suplementar de 28.756.956 ações SBSP3, nas mesmas condições do lote-base.

A expectativa é de que a oferta movimente R$ 12,8 bilhões, se considerado apenas o lote-base, ou R$ 14,77 bilhões no total, se considerado também o lote suplementar, tornando-se a maior operação do Brasil neste ano e concorrendo para ser a quinta maior oferta do mundo em 2024.

No total, a privatização da Sabesp prevê investimentos na casa dos R$ 70 bilhões até 2029 para universalização da água e esgoto no Estado de São Paulo.

OS FUNDOS DE RENDA FIXA COM DUPLA ISENÇÃO DE IR: UMA CONVERSA SOBRE FI-INFRAS

Desistências entre os candidatos a investidor de referência na Sabesp (SBSP3)

A Equatorial começou a operar em serviços de saneamento recentemente, mas deverá ser o investidor individual com maior influência na gestão da Sabesp, ao lado do governo de São Paulo, que permanecerá com 18% da companhia após a oferta. Cada um terá três assentos no Conselho de Administração da companhia.

Além dos vultosos investimentos exigidos, a Equatorial também não poderá investir em áreas em locais que concorram com a companhia de tratamento de água e esgoto paulista.

Até o início da última semana, havia sinalização de que a companhia de saneamento Aegea estava na disputa para se tornar acionista de referência da Sabesp, mas a empresa acabou desistindo na última quarta-feira por, entre outros motivos, a margem apertada do "poison pill".

A "pílula de veneno" é um gatilho que pode estar previsto no estatuto das empresas por meio do qual um investidor é obrigado a lançar uma oferta de compra de ações ao mercado caso ultrapasse determinada fatia de participação na companhia. No caso da Sabesp, esse percentual é de 30%.

Houve outras desistências além da Aegea, como a gestora IG4, a francesa Veolia, a Cosan, a Brookfield e o grupo Votorantim.

Outros pontos questionados pelos interessados foram o plano de universalização dos serviços de água e esgoto no estado até 2029, considerado muito audacioso, e também desvantagens financeiras para a entrada de grandes fundos que não são investidores estratégicos.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Compartilhe

DESTAQUES DA BOLSA

Falta de apetite chinês derruba as ações de Vale (VALE3), Gerdau (GGBR4) e CSN (CSNA3); mineradoras e siderúrgicas lideram quedas do Ibovespa hoje

23 de julho de 2024 - 14:18

A performance dos papéis reflete a queda da matéria-prima do aço no mercado internacional pelo segundo dia consecutivo

Novo indicador no mercado

Novo índice da B3 combina ações e BDRs mais negociados; confira os detalhes

22 de julho de 2024 - 18:17

Bolsa prepara para agosto o lançamento do novo indicador, que reunirá as ações do Ibovespa com recibos de ações de empresas internacionais

RECOMENDAÇÕES DE VENDA

HCTR11, DEVA11 e IRDM11: por que você deveria evitar esses três fundos imobiliários, na visão do Itaú BBA

22 de julho de 2024 - 14:50

O banco de investimentos analisou as perspectivas para diversos nomes do segmento de acordo com o contexto do mercado, a qualidade do portfólio, histórico e experiência da gestão

RECOMENDAÇÕES DA CLASSE

Dividendos altos e portfólios robustos: KNSC11, KNIP11 e outros seis fundos imobiliários de ‘papel’ para comprar agora, segundo o Itaú BBA

22 de julho de 2024 - 13:49

Os fundos que investem em títulos de crédito do setor imobiliário são tema de um relatório publicado pelo banco de investimentos hoje

EMISSÃO DE COTAS

HGRU11 quer captar até R$ 1,5 bilhão na bolsa e oferece um ‘desconto’ nas cotas, mas nem todo mundo poderá participar da oferta; entenda

22 de julho de 2024 - 12:35

A oferta é destinada exclusivamente a investidores profissionais, mas há uma exceção

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: semana das big techs divide espaço com inflação e PIB dos EUA e congelamento de despesas; fique por dentro

22 de julho de 2024 - 7:01

Ganha destaque a próxima divulgação do Boletim Focus, com expectativas em relação a mudanças após o anúncio de R$ 15 bi em contingenciamento de despesas do governo

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Bradesco Asset revela cinco apostas em ações para lucrar na bolsa brasileira — e um setor para manter distância

22 de julho de 2024 - 6:04

Ao Seu Dinheiro, Rodrigo Santoro Geraldes conta que a gestora também possui quatro apostas na carteira de ações fora do Ibovespa

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) desabaram 13% e lideraram as perdas do Ibovespa na semana — enquanto Usiminas (USIM5) subiu 5%?

20 de julho de 2024 - 9:22

As ações do Pão de Açúcar atraíram os holofotes dos investidores na semana após uma sangria na bolsa brasileira. Veja o que está por trás da queda dos papéis

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar