🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Diplomacia

Xi Jinping visitará Rússia como parte do plano da China para negociar paz com a Ucrânia

O Gigante Asiático deseja desempenhar papel mais ativo para o fim do conflito, além de reiterar apelos para que armas nucleares não sejam usadas

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
21 de fevereiro de 2023
14:45
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aperta as mãos do presidente da China, Xi Jinping
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da China, Xi Jinping - Imagem: Shutterstock/Envato/Brenda Silva

O líder chinês Xi Jinping está se preparando para visitar Moscou e se encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nos próximos meses, disseram pessoas familiarizadas com o plano à agência Associated Press, de acordo com o Broadcast.

Segundo essas fontes, a viagem e a reunião com Putin fazem parte dos planos da China de desempenhar papel mais ativo nas negociações de paz para acabar com a guerra entre a Rússia e a Ucrânia. O Gigante Asiático deve ainda reiterar seus apelos para que armas nucleares não sejam usadas no conflito.

E a ameaça nuclear é real. Hoje, mais cedo, Vladimir Putin afirmou que Moscou irá suspender sua participação no último grande tratado de controle de armas nucleares entre os Estados Unidos e a Rússia, conhecido como New Start.

Plano da China levanta desconfiança

As linhas gerais sobre a iniciativa diplomática da China foram apresentadas pela primeira vez na semana passada pelo principal diplomata do país, Wang Yi, na Conferência de Segurança de Munique.

Na ocasião, Wang disse que o país emitiria um documento de posição sobre a Ucrânia nesta semana, que marca o primeiro aniversário da invasão russa à Ucrânia.

Na última terça-feira, o ministro de Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, disse, na sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) que se reuniu com Wang e ouviu elementos-chave do plano da China, mas que Kiev ainda estava esperando o texto completo para se posicionar, pois o princípio de integridade territorial precisaria ser um pilar.

"Se algum país ajuda a Rússia a destruir a integridade territorial da Ucrânia, então o princípio é minado e a mensagem é clara: qualquer outra pessoa pode fazer isso em qualquer outra situação específica no mapa mundial", disse ele.

Pequim vem oferecendo apoio diplomático a Moscou e alívios econômicos em meio às sanções ocidentais. A China comprou petróleo e gás russos e vendeu à Rússia microchips e outras tecnologias avançadas que têm usos militares.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

MELHORES MOMENTOS GIRO DO MERCADO

Trump mais vivo do que nunca: os impactos no dólar, cripto e juros — e os principais riscos da provável vitória do republicano 

19 de julho de 2024 - 18:14

Donald Trump saiu do atentado do último sábado mais vivo do que nunca. Agora, se já não era antes, o republicano é o nome mais forte na corrida e provavelmente voltará a ocupar a Casa Branca — e os mercados já estão tentando prever os impactos disso.  A percepção de que o ex-presidente saiu ganhando […]

ELEIÇÕES NOS EUA

Pseudoconciliação e promessa de deportação em massa: o que você precisa saber sobre o último discurso de Trump

19 de julho de 2024 - 11:10

Donald Trump discursou no fim da noite de quinta-feira ao aceitar a indicação do Partido Republicano para concorrer à presidência dos EUA em novembro

UNINDO FORÇAS

O “quarteto mortal”: os países que vão tirar o sono dos EUA e da Europa e podem levar a uma nova guerra global

18 de julho de 2024 - 19:58

Especialistas destacam o poder econômico do Ocidente, mas reconhecem que a missão de conter o avanço do grupo de quatro países não é fácil

MAIS POLÊMICA

CEO de empresa ligada à rede social de Trump é alvo de investigação por fraude nos Estados Unidos

18 de julho de 2024 - 14:00

Patrick Orlando é acusado pela SEC americana de mentir sobre os planos de sua “companhia do cheque em branco” de se fundir com a startup por trás da Truth Social

Restrição monetária

Lagarde mantém juros restritivos na Europa e diz o que é preciso para as taxas baixarem

18 de julho de 2024 - 13:07

Banco Central Europeu procura trazer a inflação da zona do euro para a meta de 2%

ELEIÇÕES NOS EUA

Biden revela o que o faria desistir de disputar presidência contra Trump em entrevista divulgada horas após diagnóstico de covid

18 de julho de 2024 - 10:59

Biden recebeu diagnóstico de infecção por covid-19 na quarta-feira e precisou interromper sua campanha à reeleição

MILES GUO

Ex-magnata chinês aliado de Steve Bannon é condenado por fraude bilionária nos EUA

17 de julho de 2024 - 15:00

Miles Guo vivia exilado nos Estados Unidos e é crítico do Partido Comunista chinês

CABO DE GUERRA

A disputa pelo fundo do mar: a próxima fronteira da briga tecnológica entre EUA e China

16 de julho de 2024 - 20:00

Projetados para transportar conexões de dados e telecomunicações entre continentes, os cabos submarinos se tornaram uma nova fonte para conflitos geopolíticos

ELEIÇÕES NOS EUA

Lula sobre Trump: “Vai tentar tirar proveito”. A declaração do petista sobre a campanha nos EUA após o tiro em comício

16 de julho de 2024 - 19:57

Nas primeiras entrevistas após o atentado, o agora candidato republicano à presidência disse que foi salvo “por sorte ou por Deus”

Grandes demais para quebrar

Bancões americanos ganham mais com área de investimento e gestão de ativos do que com juros

16 de julho de 2024 - 15:04

BofA teve queda na receita com juros de 3%, enquanto o Morgan Stanley amargou redução de 17% nesse item

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar