🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Carolina Gama
OLHO NELE!

Quem é o empresário mais radical do que Donald Trump e que lançou a pré-candidatura à presidência dos EUA pelo Partido Republicano

A corrida à Casa Branca ainda está nos estágios iniciais, mas o Partido Republicano já tem três nomes — além de Trump, Nikki Haley e Vivek Ramaswamy já se apresentaram para a disputa que terá um vencedor apenas em 2024

Carolina Gama
22 de fevereiro de 2023
19:42 - atualizado às 16:59
Vivek Ramaswamy
O empresário de origem indiana, Vivek Ramaswamy - Imagem: Divulgação

A chance de que você tenha ouvido falar de Vivek Ramaswamy é baixa, mas isso deve mudar a partir de agora. O empresário anunciou na terça-feira (22) que concorrerá à candidatura à presidência pelo Partido Republicano — e deve ser um dos rivais do ex-presidente Donald Trump.

As eleições só acontecem em 2024 nos EUA, mas como o processo para se chegar a um nome que participará da corrida à Casa Branca é longo e complexo, os pré-candidatos começam a aparecer agora. 

Além de Trump — que anunciou sua terceira campanha presidencial no ano passado —, Ramaswamy terá pela frente Nikki Haley, ex-governadora da Carolina do Sul e embaixadora dos EUA nas Nações Unidas. 

Quem é Vivek Ramaswamy?

Ramaswamy tem 37 anos e é um empresário de biotecnologia e saúde que fundou a Roivant Sciences, uma empresa de saúde apoiada pelo SoftBank, em 2014.

Ele também é cofundador da Strive Asset Management, que tem o apoio do bilionário fundador do PayPal, Peter Thiel; do mega investidor Bill Ackerman e do capitalista de risco JD Vance. 

Ramaswamy escreveu dois livros — “Nation of Victims: Identity Politics, the Death of Merit, and the Path Back to Excellence” (“Nação de vítimas: política de identidade, a morte do mérito e o caminho de volta à excelência”, na tradução livre) e “Woke, Inc.: Inside Corporate America’s Social Justice Scam” (Woke, Inc.: por dentro do esquema de justiça social da América corporativa, na tradução livre). 

Queridinho da mídia de direita norte-americana, o empresário de origem indiana fez várias aparições públicas em estados cruciais de votação antecipada, incluindo Iowa e New Hampshire, nas últimas semanas, e tornou-se um comentarista regular da Fox News e de outros canais a cabo.

  • O Seu Dinheiro acaba de liberar um treinamento exclusivo e completamente gratuito para todos os leitores que buscam receber pagamentos recorrentes de empresas da Bolsa. [LIBERE SEU ACESSO AQUI]

Ramaswamy pensa como Trump?

Ramaswamy é conhecido por seu posicionamento mais radical — que muitos consideram mais radical do que o do próprio Trump. 

O milionário, por exemplo, adverte contra as práticas ESG dentro das estruturas corporativas — ele pressiona explicitamente as empresas a abandonarem as metas ambientais, sociais e de governança em favor da maximização do lucro.

Nos moldes do “America first” (EUA primeiro), o famoso slogan de Trump, Ramaswamy defende o nacionalismo e a supremacia norte-americana com tudo o que tem direito — incluindo mais segurança nas fronteiras. 

Mas foi em uma declaração recente que Ramaswamy resumiu o que pensa: “Acabe com as ações afirmativas. Abandone a religião do clima. Cláusulas de caducidade de 8 anos para burocratas. Fazer da expressão política um direito civil. Banir redes sociais para menores de 16 anos. Declarar independência do PCCh [Partido Comunista Chinês]. Abrace os combustíveis fósseis e nuclear. Dizimar cartéis de drogas. Faça isso sem pedir desculpas”, disse Ramaswamy.

Ramaswamy pode vencer Trump?

Ainda é cedo para saber como ficará a disputa dentro do Partido Republicano. Mas as últimas pesquisas de opinião sugerem que, embora a popularidade de Trump esteja diminuindo, ele ainda conta com o apoio de uma pluralidade de bases do Partido Republicano. 

As pesquisas mostram consistentemente que Ron DeSantis, governador da Flórida, é o candidato não-Trump mais popular, enquanto o apoio ao ex-vice-presidente Mike Pence, a Haley e a outros está na casa de um dígito.

Ramaswamy, por sua vez, não se registrou nas pesquisas nacionais e não tem o nome reconhecido por seus prováveis oponentes, deixando muitos em Washington céticos de que sua candidatura possa ganhar força real.

Alguns observadores, no entanto, apontam que, com um patrimônio líquido estimado em mais de US$ 500 milhões, o empresário pode bancar pessoalmente uma operação política, pelo menos nos estágios iniciais das primárias. 

*Com informações da CNN e do Financial Times

Compartilhe

TIC TAC TIC…

A guerra nuclear é inevitável? O alerta de Putin após a provocação da França e da Otan

29 de fevereiro de 2024 - 17:00

O presidente da Rússia fez um discurso à nação nesta quinta-feira (29) e deixou bem claro que está preparado para o que der e vier para conter o Ocidente

CÂMBIO

O dólar já era? Se depender da Rússia, sim. A proposta de Putin para Brasil, China e outros emergentes “esquecerem” de vez a moeda americana

28 de fevereiro de 2024 - 20:01

Moscou também já estaria testando uma nova tecnologia de pagamento que pode sinalizar a criação de uma moeda do Brics

G-20

Yellen no Brasil: as principais declarações da chefona do Tesouro dos EUA na passagem por aqui

27 de fevereiro de 2024 - 17:45

Ela, que já foi presidente do Federal Reserve, participou hoje de encontro promovido pela Amcham Brasil e falou sobre o potencial de crescimento brasileiro, inflação nos EUA e outros temas que o Seu Dinheiro resumiu para você

SUÉCIA NA OTAN

Sinuca de bico para Putin: como a Europa deixou a Rússia sem “ângulo para bater” em um cenário de guerra mundial

26 de fevereiro de 2024 - 19:35

Quem fez a jogada que deixou o chefe do Kremlin com pouca margem de manobra foi a Hungria; entenda o que aconteceu dessa vez

Eleições nos EUA

Trump é inevitável? Ex-presidente americano derrota Nikki Haley em casa por vasta margem e caminha para virar o candidato republicano

25 de fevereiro de 2024 - 11:01

Donald Trump vence as primárias republicanas no estado da Carolina do Sul, berço político da oponente Nikki Haley, por 60% dos votos

2 anos da guerra

Ocidente demonstra apoio a Kiev no 2º aniversário da guerra entre Ucrânia e Rússia; Zelensky assina acordos com Itália e Canadá

24 de fevereiro de 2024 - 20:18

Líderes do Ocidente foram à capital ucraniana neste sábado, pelo aniversário da guerra; ajuda dos EUA e da União Europeia ao país, no entanto, passa por dificuldades

THE FINAL COUNTDOWN

Contagem final? Como Trump pode consolidar indicação republicana antes do tempo e encarar Biden em novembro

23 de fevereiro de 2024 - 19:55

A vitória de Trump na Carolina do Sul escreveria o capítulo final de uma das histórias políticas mais importantes da última década

A MÁQUINA DE GUERRA VAI PARAR?

O presente de grego de Biden para Putin: 500 sanções dos EUA marcam o segundo ano da guerra entre Rússia e Ucrânia

23 de fevereiro de 2024 - 18:15

A União Europeia (UE) e o Reino Unido também anunciaram medidas punitivas e a resposta de Moscou não demorou muito; veja como o Kremlin reagiu

A SOCIEDADE DA NEVE

Este homem sobreviveu a uma queda de avião e a 72 dias na neve. Aqui está como ele fez isso — e o que você pode aprender

23 de fevereiro de 2024 - 14:32

Nando Parrado encerrou o BTG Summit 2024 com a palestra ‘Lições de Vida’; veja aqui os principais insights da apresentação

SEM FÓRMULA MÁGICA

Argentina precisa de um milagre? FMI dá a receita para os hermanos colocarem a casa em ordem

23 de fevereiro de 2024 - 13:21

Uma das maiores economistas do Fundo esteve na Argentina, onde conversou com o presidente Javier Milei e diversos membros do governo, incluindo o ministro da Economia, Luis Caputo; veja o que ela propôs

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies