🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
DEMISSÕES À VISTA

A lista aumenta: PagBank PagSeguro demite 7% da força de trabalho

A empresa afirmou que os desligamentos fazem parte de reajustes organizacionais para “melhorar a eficiência”; o movimento ocorre duas semanas após mudanças no alto escalão

Liliane de Lima
16 de janeiro de 2023
16:36 - atualizado às 17:17
Maquininhas da PagSeguro (PAGS34)
Imagem: Divulgação

A PagBank PagSeguro, empresa de meios de pagamento — como as maquininhas de cartão —, entrou na lista de companhias que demitiram neste início de 2023. 

Em relatos nas redes sociais, os funcionários afetados pela medida afirmam que as demissões ocorreram pela manhã desta segunda-feira (16). 

“Infelizmente, recebi hoje a notícia do meu desligamento. A notícia pegou a mim e a vários funcionários de surpresa, muitos, como eu, que dedicaram anos de sua jornada profissional construindo o PagSeguro”, relata uma das pessoas. 

Ainda de acordo com os funcionários desligados, as áreas mais afetadas foram as de tecnologia e metodologia, a Agile. 

  • Buscando emprego em 2023? Veja dicas de alguns dos maiores especialistas em RH do Brasil neste guia gratuito [BAIXE AQUI]

O Seu Dinheiro procurou a PagSeguro, que confirmou o corte de 7% da força total de trabalho — o que corresponde ao desligamento de 481 funcionários, a partir de dados registrados no LinkedIn. 

Em nota, a empresa afirmou que “está fazendo ajustes em sua estrutura”, após anos de crescimento contínuo no quadro de funcionários, “com o objetivo de melhorar a eficiência”. 

Foco na “reestruturação” 

Na primeira semana de janeiro, a empresa anunciou mudanças no alto escalão da companhia. 

Ricardo Dutra deixou o conselho de administração e assumiu o cargo de executivo principal (Principal Executive Officer), que antes era ocupado por Luis Frias — que segue como presidente do conselho. 

Além disso, a companhia informou a chegada de Maria Carolina Ferreira Lacerda como membro independente do conselho de administração, juntando-se ao comitê de auditoria do PagSeguro. 

Além do PagBank PagSeguro

Ainda segundo relatos nas redes sociais, o banco digital will bank também começou a semana enxugando o quadro de funcionários — principalmente na área de tecnologia. 

O Seu Dinheiro entrou em contato com a fintech, que afirmou que as demissões consistem em uma "movimentação normal" na empresa. O número de profissionais afetados não foi divulgado.

Confira a seguir a íntegra da nota do will bank:

"O will bank é uma empresa em constante evolução, e as movimentações em suas estruturas, sejam novas contratações ou desligamentos, fazem parte da natureza de seu negócio. O banco digital que acredita no crédito como um direito humano e já transforma a vida de mais de 3,5 milhões de brasileiros segue com o número de 1.400 colaboradores, espalhados em diversas partes do Brasil e do mundo. No momento, existem 75 vagas abertas nos times de Tech, Dados, Customer Experience (CX), além das áreas corporativa e de produtos."

*Matéria atualizada às 15h50 do dia 17/01/2023 para inclusão do posicionamento do will bank.

Compartilhe

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies