🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
EXPECTATIVAS BAIXARAM

E agora, Campos Neto? A última justificativa do BC para manter a Selic nas alturas começa a ruir

A redução nas expectativas de inflação na edição mais recente do Boletim Focus reforça o argumento dos que defendem uma queda imediata da Selic

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
22 de maio de 2023
11:52 - atualizado às 10:31
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, em efeito parecido com o do filme Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, em efeito parecido com o do filme "Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo" - Imagem: Marcello Casal Jr-Agência Brasil / Alan Santos-PR / Montagem Brenda Silva

Na ata da última reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) detalhou as razões pelas quais decidiu manter a taxa básica de juros (Selic) em 13,75% ao ano. Em resumo, Roberto Campos Neto e os diretores do Banco Central revelaram preocupação com as expectativas de inflação, que continuavam a subir apesar do aperto monetário.

Pois esse último argumento do BC contra o início da queda dos juros começou a ruir nesta semana. Isso porque a edição mais recente da pesquisa Focus trouxe uma redução importante nas projeções do mercado para os índices de preços.

A expectativa para a inflação medida pelo IPCA recuou de 6,03% para 5,80% no levantamento divulgado hoje pelo BC. A redução, aliás, aconteceu na semana seguinte ao corte no preço dos combustíveis pela Petrobras.

As projeções do mercado para o IPCA em 2024 também cederam, embora em ritmo mais lento, de 4,15% para 4,13%.

VEJA TAMBÉM — “A Bet365 travou meu dinheiro!”: este caso pode colocar o site de apostas na justiça; entenda o motivo

Selic vai cair já?

A redução nas expectativas de inflação reforça o argumento dos que defendem uma queda imediata da Selic.

Embora as expectativas de inflação para este ano sigam bem acima do teto da meta, de 4,75%, as projeções para o IPCA de 2024 já se encontram dentro do intervalo de tolerância.

Vale lembrar que a meta de inflação do ano que vem é de 3%, com margem de 1,5 ponto percentual para cima e para baixo. E o próprio BC reconheceu que trabalha com um horizonte mais longo para recolocar a inflação na meta, que inclui o ano de 2024.

Os defensores da redução da Selic também destacam os índices de inflação comportados e a aguardada aprovação do projeto do arcabouço fiscal no Congresso como fatores que abrem espaço para o BC agir.

"Serenidade e paciência"

Seja como for, é pouco provável que o Copom comece um ciclo de cortes na Selic já na próxima reunião, que acontece nos dias 20 e 21 de junho.

Primeiro, porque Roberto Campos Neto e os diretores do BC vêm pregando "serenidade e paciência na condução da política monetária para garantir a convergência da inflação para suas metas".

O BC também enxerga as expectativas de inflação como uma espécie de profecia autorrealizável. Ou seja, a percepção de que a inflação será maior no futuro faz os agentes aumentarem os preços hoje.

Então o mais provável é que Campos Neto e companhia desejem ver as expectativas mais ancoradas antes de dar início ao corte de juros.

Por fim, nem mesmo o mercado parece acreditar em uma postura mais agressiva do Copom, já que as projeções para a Selic no fim do ano permaneceram em 12,75% ao ano. Enquanto isso na B3, os juros futuros operam em alta em praticamente toda a curva.

Confira o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (22) com as projeções do mercado para a inflação, PIB e Selic:

Inflação

  • IPCA/23: de 6,03% para 5,80% (↓)
  • IPCA/24: de 4,15% para 4,13% (↓)
  • IPCA/25: permanece em 4,00% (=)

Atividade econômica

  • PIB/23: de 1,02% para 1,20% (↑)
  • PIB/24: de 1,38% para 1,30% (↓)
  • PIB/25: permanece em 1,70% (=)

Dólar

  • Câmbio/23: de R$ 5,20 para R$ 5,15 (↓)
  • Câmbio/24: permanece em R$ 5,20 (=)
  • Câmbio/25: permanece em R$ 5,20 (=)

Selic

  • Selic/23: permanece em 12,50% (=)
  • Selic/24: permanece em 10,00% (=)
  • Selic/25: permanece em 9,00% (=)

Compartilhe

PANE NO SISTEMA

Bradesco fora do ar: bancos e filiais apresentam falhas em dia de pane em sistemas da Microsoft ao redor do mundo

19 de julho de 2024 - 9:17

A queda dos sistemas aparentemente foi causada por uma atualização da empresa de cibersegurança CrowdStrike

ALGUÉM NA ESCUTA?

Pane em sistemas da Microsoft força cancelamento de voos e desestabiliza serviços financeiros

19 de julho de 2024 - 7:44

A queda dos sistemas aparentemente foi causada por uma atualização da empresa de cibersegurança CrowdStrike

LOTERIAS

Lotofácil tem 3 acertadores e ninguém fica milionário; Mega-Sena e Quina acumulam de novo e prêmios disparam

19 de julho de 2024 - 5:58

Enquanto a Mega-Sena e a Quina “se fazem” de difíceis, a Lotofácil continua justificando o nome e distribuindo prêmios na faixa principal

PENTE FINO

Orçamento 2024: Haddad anuncia congelamento de R$ 15 bilhões para cumprir exigências do arcabouço fiscal

18 de julho de 2024 - 19:40

Segundo o ministro da Fazenda, governo Lula vai bloquear R$ 11,2 bilhões e contingenciar de R$ 3,8 bilhões

COM LUPA

Pente fino no orçamento: Lula autoriza medida adicional para revisão nas contas que vai levar a corte de R$ 25,9 bilhões

18 de julho de 2024 - 16:35

De acordo com o ministro da Fazenda, o assunto foi tratado em reunião com o presidente realizada na manhã desta quinta-feira (18) no Palácio do Planalto

ECONOMIA BRASILEIRA

Governo está comprometido com déficit fiscal zero em 2025 — mas Brasil precisa gastar “o necessário”, afirma Simone Tebet 

18 de julho de 2024 - 11:37

Em entrevista, ministra do Planejamento e Orçamento reforçou a importância de zerar o déficit no ano que vem, mas disse que o Executivo precisa garantir as políticas sociais

CORRIDA PELA CASA BRANCA

Por que você que investe em criptomoedas deveria se importar com a possível eleição de Donald Trump — e por que, no fim, não faz diferença para o bitcoin (BTC)

18 de julho de 2024 - 6:13

Em uma eleição tão polarizada, qualquer franja possível para ganhar eleitores é explorada pelos candidatos — e o setor de ativos digitais é uma dessas franjas

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários enquanto Mega-Sena e Quina prometem verdadeiras fortunas hoje

18 de julho de 2024 - 5:47

Um “normal” e um “teimoso” dividem a Lotofácil de novo; Mega-Sena e da Quina sorteiam hoje prêmios da ordem de dezenas de milhões de reais

FALA, PRESIDENTE

Lula revela o que o faria descumprir a meta fiscal, defende prioridades do governo e diz não ter pressa para escolher sucessor de Campos Neto

17 de julho de 2024 - 8:46

“Você não é obrigado a estabelecer uma meta e cumpri-la se você tiver coisas mais importantes para fazer”, disse o chefe do Palácio do Planalto

LOTERIAS

Mega-Sena acumula, Quina tem sequência inacreditável e Lotofácil volta a fazer a alegria dos teimosos

17 de julho de 2024 - 5:51

Duas apostas vão dividir o prêmio principal da Lotofácil; prêmios da Mega-Sena e da Quina estão na casa das dezenas de milhões de reais

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar