🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Rodolfo Amstalden: Haddad, o patinho feio

O cargo de ministro da Fazenda no Brasil não é fácil e, para Haddad, que tende a ser sucessor de Lula, pode ser um problema

4 de janeiro de 2023
19:25
cisne branco nadando no lago em primeiro plano, atrás um pato cinza e ao fundo montanhas cobertas de gelo
Imagem: Alexander Bobrov/ Pexels

Nos atos falhos, o desejo do inconsciente é realizado. Quase sem querer, em seu discurso de posse, Fernando Haddad compartilhou sua própria definição de cargo no novo governo: "patinho feio da Esplanada".

A priori, não soa tão agradável, mas até que cai bem quando comparada ao pior emprego do mundo, de Thomas Traumann.

Pretendo argumentar aqui que a metáfora da família Anatidae tem potencial para ser melhor do que parece, embora dependa de superar grandes obstáculos para tanto; como as outras coisas da vida que valem mais que um bocado.

Primeiro, não é fácil ser ministro da Fazenda no Brasil.

Via de regra, você vai acabar o mandato com menos pontos do que começou. Para Haddad, que tende a ser sucessor do presidente Lula, isso pode ser um problema.

Bem, não há razão para ansiedades, saberemos ao término destes quatro anos vindouros. Demora para passar, e de repente já passou. Será que termina como história de final feliz, a exemplo do conto de Hans Christian Andersen?

Em O Patinho Feio original, lembremos:

Por obra do acaso, um ovo de filhote de cisne vai parar no ninho de uma pata. Nasce diferente, mas supõe-se igual aos outros. Por conta disso, se sente deslocado e é maltratado pelos pretensos irmãos.

Só muito mais tarde, depois de se libertar, rodar o mundo e se meter em várias encrencas, o patinho feio descobre que, na verdade, é um cisne bem bonito.

É uma típica jornada de herói de Joseph Campbell, com requintes nietzschianos: torna-te quem tu és.

O imperativo "torna-te quem tu és", do poeta Píndaro, sempre me pareceu bem mais interessante do que o "conhece-te a ti mesmo", do oráculo de Delfos.

Os oráculos partem da premissa de que somos predestinados (caso contrário, morreriam de fome). Portanto, o único desafio que nos resta é o de desvendarmos nosso caminho ao longo da jornada. Trata-se de uma missão por vezes emocionante, mas passiva. Somos espectadores da nossa própria existência.

Já para os poetas, naturalmente, nossa identidade precisa ser construída. Com muito esforço e alguma sorte, precisamos aprender a martelar nossos ossos rijos, de forma a nos transformarmos naquilo que queremos ser.

Sob uma interpretação literal, você pode achar que aquele ovo estranho no ninho era mesmo um ovo de cisne. Na minha humilde interpretação, era um ovo de pato. Só depois se tornou um ovo de cisne, no fim da história.

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Cinco coisas que deveriam acabar no mercado financeiro

15 de abril de 2024 - 20:01

O sócio-fundador da Empiricus lista práticas do universo dos investimentos que gostaria de ver eliminadas

DE REPENTE NO MERCADO

O que Elon Musk, Javier Milei, Alexandre de Moraes, o halving do bitcoin e a China têm em comum? 

14 de abril de 2024 - 12:00

Acredite: tudo isso movimentou o mercado financeiro esta semana; veja os destaques

Especial IR 2024

Meu dependente paga pensão alimentícia; posso abatê-la no imposto de renda?

13 de abril de 2024 - 8:00

Titular da declaração de imposto de renda declara o pai como dependente, e ele paga pensão alimentícia à mãe dela. E agora?

SEXTOU COM O RUY

Enquanto você se preocupa com a Oi (OIBR3), esta empresa da B3 virou a campeã de qualidade no serviço de internet – e ainda está barata na bolsa

12 de abril de 2024 - 6:07

Para se diferenciar, essa companhia construiu uma infraestrutura de qualidade, que tem proporcionado prêmios de internet fixa mais rápida do Estado de São Paulo, à frente das gigantes de telecom

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Quintal da China, quintal do mundo

10 de abril de 2024 - 19:15

Se a economia chinesa sofre, nós necessariamente compartilhamos dessa desgraça?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Juro real de volta aos 6%: com bolsa na pior e dólar nas alturas, essa é uma nova oportunidade?

9 de abril de 2024 - 6:40

Uma regra prática comum para investimentos em renda fixa no Brasil sugere vender títulos quando os juros reais atingem 3% e comprá-los a 6%

EXILE ON WALL STREET

Além do bitcoin (BTC): esta carteira já rendeu 447% acima da maior criptomoeda do mercado

8 de abril de 2024 - 20:01

Acredito que exista uma forma melhor de pensar sobre a ciclicidade do preço do bitcoin (BTC), que historicamente nos ajudou a gerar alfa neste mercado

BOMBOU NO SD

Argentina entra na rota de ‘paraíso fiscal’, China encara mesma crise do Japão e inteligência artificial “sugando” o Ibovespa — veja tudo o que foi destaque na semana

6 de abril de 2024 - 13:36

A crise e os seus reflexos no país vizinho no Brasil despertaram o interesse dos leitores do Seu Dinheiro nos últimos dias

IR 2024

Pago escola e plano de saúde de um filho ilegítimo; posso abater esses gastos no imposto de renda?

6 de abril de 2024 - 8:00

Filho não assumido rende deduções no imposto de renda? A Dinheirista responde dúvidas de leitores sobre o IR 2024

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Lições da renda fixa — um intervalo assimétrico

3 de abril de 2024 - 20:01

De 2010 para cá, mediante a ajuda da balança comercial, a maturação do Copom e a lapidação das metas fiscais, os juros reais passaram a respeitar uma zona limítrofe de 3% a 6%, com raras exceções

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies