🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-02-27T23:24:15-03:00
Beatriz Azevedo Pinto
AVALANCHE DE BOMBAS ATÔMICAS

Quantidade avassaladora de bombas atômicas: Rússia vence Estados Unidos e tem maior arsenal nuclear do mundo; veja o ranking completo

O arsenal nuclear da Rússia está sob alerta máximo, o país é o maior detentor de armas desse tipo no mundo

27 de fevereiro de 2022
17:24 - atualizado às 23:24
Presidente da Rússia, Vladimir Putin
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Imagem: Shutterstock

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou que colocará o arsenal nuclear do país em alerta máximo na manhã deste domingo (27). A ordem foi dada em resposta às declarações consideradas "agressivas" por parte da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). 

É importante ressaltar que, por mais que a mudança de status não signifique que o presidente irá partir para as vias de fato, a declaração aumenta a crise no leste europeu e coloca a comunidade internacional em alerta  ao reviver o fantasma de uma guerra nuclear. 

Além disso, a afirmação preocupa pois a Rússia é o Estado com maior arsenal nuclear do mundo, deixando até os Estados Unidos para trás. Como herança da Guerra Fria, os dois países são, de longe, os maiores detentores de bombas atômicas no planeta. 

De acordo com a Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN, na sigla em inglês), o país governado por Putin conta com mais de 6.250 ogivas nucleares, enquanto os EUA possuem por volta de 5.550. Veja o ranking completo: 

Para se ter uma ideia do potencial destrutivo, apenas uma ogiva lançada sobre a cidade de Nova York teria o poder de matar mais de 580.000 pessoas, de acordo com o ICAN. Hoje, a totalidade das armas nucleares podem acabar com o mundo mais de 60 vezes. 

Poder militar da Rússia 

Grande parte das armas nucleares em posse da Rússia são resquícios da Guerra Fria, mas, após a queda da União Soviética, o país passou por graves problemas econômicos que inviabilizaram o investimento  na manutenção das forças armadas. 

"Mas nos últimos anos os russos vêm fazendo um esforço deliberado para reverter essa situação. É uma tendência de renovação e modernização que vem de mais de uma década", afirma ao Uol, João Pedro Sá Teles, especialista em segurança. 

Segundo o The military balance de 2021, publicado pelo The International Institute for Strategic Studies (IISS), a Rússia investe cerca de US$ 61 bilhões por ano em defesa e está entre os que mais investem na área, ao lado dos EUA. 

"O processo de modernização que a Rússia passa está envolvendo tanto capacidade nuclear como capacidade convencional", explica Marcelo Valença, professor de Relações Internacionais da Escola de Guerra Naval, ao UOL. 

Além de ser uma potência nuclear, a Rússia detém um arsenal militar invejável. Atualmente, são mais de  1.500 aviões de combate, 12.420 tanques de guerra, 30.120 veículos blindados e 220 embarcações de guerra. E só de tropas ativas são 900.000 – há outros 2 milhões de militares na reserva. Já a Ucrânia não chega nem perto disso e possui cerca de um quarto da força. 

Tratado sobre a proibição de armas nucleares

O Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares (TPAN) é um acordo internacional que tem como objetivo a proibição dos armamentos nucleares em escala mundial. O TPAN entrou em vigor em 22 de janeiro de 2021 e foi assinado por 86 países. Desses, apenas 54 fizeram a ratificação do documento. 

A Rússia ainda não assinou ou ratificou o tratado e, desde 2018, vota consistentemente contra uma resolução anual da Assembleia Geral da ONU que saúda a adoção do TPAN. 

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, disse em 2019 que o objetivo de eliminar as armas nucleares não pode ser alcançado “pelos métodos unilaterais e bastante arrogantes nos quais este documento se baseia”.

Veja também - Invasão é na Ucrânia, mas guerra da Rússia é contra os EUA: entenda o que realmente está em jogo no conflito

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FRUTOS DO CASAMENTO

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) apresentam relação de troca final de ações; veja quanto os acionistas receberão

Mais cedo, a Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda de parte da frota da Unidas para o Grupo Brookfield, dono da locadora Ouro Verde

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) faz malabarismo para enfrentar volatilidade e seguir acima de US$ 20 mil; confira cotações

O cenário macroeconômico pesou no universo cripto e se juntou à falta de liquidez, exercendo importante fonte de pressão

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies