🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Ricardo Gozzi
GUERRA NA UCRÂNIA

Quem disparou o míssil que caiu na Polônia? Enquanto caso é investigado, Otan se reúne em Bruxelas

Depois de acusações iniciais à Rússia, suspeita agora é de que o míssil que atingiu a Polônia tenha sido disparado pela Ucrânia

Ricardo Gozzi
16 de novembro de 2022
9:03 - atualizado às 9:06
guerra russia ucrania - xadrez
Imagem: Shutterstock

A primeira vítima da guerra é a verdade. A frase e suas variações costumam ser atribuídas ao dramaturgo grego Ésquilo. No entanto, por mais irônico que possa parecer, a própria autoria dessa constatação é contestada. O que temos de factual para hoje é que um míssil de fabricação russa atingiu uma área rural da Polônia, perto da fronteira com a Ucrânia, provocando a morte de duas pessoas.

A informação inicial dava conta de que a Rússia teria atacado a Polônia. Por si só, a notícia fez soar os alarmes nas chancelarias de todo o mundo.

A Polônia faz parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). E uma das cláusulas fundamentais da aliança militar é que um ataque deliberado a um membro é um ataque a todos.

Se a Rússia tivesse diretamente atacado a Polônia, a cláusula de autodefesa mútua poderia ser acionada. As consequências seriam imprevisíveis.

A tensão inicial arrefeceu

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, chegou a falar em “escalada do conflito”. Apenas algumas horas depois de ter apresentado um “plano de paz”.

Mas parece que não foi bem assim. A tensão diante da suspeita inicial de que a Rússia teria atacado um integrante da Otan dissipou-se parcialmente nas horas seguintes.

Isso porque, aparentemente, apesar de o míssil ter sido fabricado pela Rússia, suspeita-se agora que o projétil tenha sido disparado pela Ucrânia, caindo acidentalmente na Polônia.

Moscou, obviamente, negou a autoria do disparo. Para os russos, a acusação representa uma “provocação deliberada”.

De onde veio o míssil?

O mais provável, segundo relatos de fontes em serviços de espionagem ocidentais à Associated Press, é que, numa tentativa de repelir um ataque aéreo russo, um projétil da defesa antimísseis da Ucrânia tenha errado o alvo e caído no país vizinho.

É importante lembrar que parte considerável do arsenal ucraniano é composto de armas e munições de fabricação russa.

O presidente da Polônia, Andrzej Duda, admitiu que não é possível afirmar no momento quem disparou o míssil. Segundo ele, porém, trata-se de um “incidente isolado”.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que a trajetória do projétil descarta a teoria de que o míssil teria sido disparado de território russo.

Outros líderes da aliança pronunciaram-se no mesmo sentido.

Quem tentou sair do tom foi o ex-presidente russo Dmitri Medvedev, aliado histórico de Vladimir Putin.

“Ao promover uma guerra híbrida contra a Rússia, o Ocidente dá um passo na direção de uma guerra mundial”, tuitou Medvedev.

Otan chama reunião de emergência

Enquanto o incidente é investigado, representantes dos países membros da Otan marcaram para hoje uma reunião de emergência em Bruxelas. As nações serão representadas por seus embaixadores na entidade.

Apesar de as informações disponíveis sejam preliminares, o comentário de Biden diminui as chances de invocação da cláusula de defesa mútua do Otan - algo que dragaria a aliança militar para dentro do conflito entre Moscou e Kiev.

Um dos motivos alegados pela Rússia para atacar a Ucrânia é a expansão da Otan para suas fronteiras.

Desde o início da guerra, embora Kiev tenha recebido bilhões em assistência financeira e bélica, autoridades ucranianas se ressentem do fato de as potências ocidentais não se terem engajado na defesa direta do país.

De qualquer modo, os desdobramentos do episódio vão depender de como as partes envolvidas vão lidar com suas versões da verdade.

Compartilhe

SUÉCIA NA OTAN

Sinuca de bico para Putin: como a Europa deixou a Rússia sem “ângulo para bater” em um cenário de guerra mundial

26 de fevereiro de 2024 - 19:35

Quem fez a jogada que deixou o chefe do Kremlin com pouca margem de manobra foi a Hungria; entenda o que aconteceu dessa vez

Eleições nos EUA

Trump é inevitável? Ex-presidente americano derrota Nikki Haley em casa por vasta margem e caminha para virar o candidato republicano

25 de fevereiro de 2024 - 11:01

Donald Trump vence as primárias republicanas no estado da Carolina do Sul, berço político da oponente Nikki Haley, por 60% dos votos

2 anos da guerra

Ocidente demonstra apoio a Kiev no 2º aniversário da guerra entre Ucrânia e Rússia; Zelensky assina acordos com Itália e Canadá

24 de fevereiro de 2024 - 20:18

Líderes do Ocidente foram à capital ucraniana neste sábado, pelo aniversário da guerra; ajuda dos EUA e da União Europeia ao país, no entanto, passa por dificuldades

THE FINAL COUNTDOWN

Contagem final? Como Trump pode consolidar indicação republicana antes do tempo e encarar Biden em novembro

23 de fevereiro de 2024 - 19:55

A vitória de Trump na Carolina do Sul escreveria o capítulo final de uma das histórias políticas mais importantes da última década

A MÁQUINA DE GUERRA VAI PARAR?

O presente de grego de Biden para Putin: 500 sanções dos EUA marcam o segundo ano da guerra entre Rússia e Ucrânia

23 de fevereiro de 2024 - 18:15

A União Europeia (UE) e o Reino Unido também anunciaram medidas punitivas e a resposta de Moscou não demorou muito; veja como o Kremlin reagiu

A SOCIEDADE DA NEVE

Este homem sobreviveu a uma queda de avião e a 72 dias na neve. Aqui está como ele fez isso — e o que você pode aprender

23 de fevereiro de 2024 - 14:32

Nando Parrado encerrou o BTG Summit 2024 com a palestra ‘Lições de Vida’; veja aqui os principais insights da apresentação

SEM FÓRMULA MÁGICA

Argentina precisa de um milagre? FMI dá a receita para os hermanos colocarem a casa em ordem

23 de fevereiro de 2024 - 13:21

Uma das maiores economistas do Fundo esteve na Argentina, onde conversou com o presidente Javier Milei e diversos membros do governo, incluindo o ministro da Economia, Luis Caputo; veja o que ela propôs

O RASANTE DA ÁGUIA

A China vai parar os EUA? As projeções da S&P Global para a maior economia do mundo este ano

22 de fevereiro de 2024 - 17:59

A agência de classificação de risco revisou de maneira significativa as previsões para a economia norte-americana e diz também o que espera da inflação e dos juros por lá

A FATURA VEIO ALTA

O primeiro prejuízo em 20 anos: o preço que o Banco Central Europeu teve que pagar para colocar a inflação de volta aos trilhos

22 de fevereiro de 2024 - 16:46

O BCE reportou 1,3 bilhão de euros (R$ 7 bilhões) em perdas no ano passado e o pior ainda pode estar por vir; entenda essa história

BAIXO NÍVEL, ALTA TENSÃO

Putin ‘FDP’, Biden ‘caubói’ e uma guerra nas estrelas: o que sabemos sobre a mais nova treta entre EUA e Rússia

22 de fevereiro de 2024 - 13:24

Presidentes de EUA e Rússia trocam farpas em meio a especulações de que uma guerra nas estrelas estaria mais próxima do que imaginamos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies