🔴 É HOJE! COMO BUSCAR ATÉ R$ 2 MIL DE RENDA EXTRA TODO OS DIAS – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
300 DIAS DEPOIS…

Biden contra Putin: por que o presidente da Ucrânia saiu do país em guerra para ir aos EUA

O presidente norte-americano ficará cara a cara com o homem com quem tem falado regularmente nos últimos 10 meses, mas não se encontrou pessoalmente desde o início da invasão russa

Carolina Gama
21 de dezembro de 2022
15:43
NÃO USAR ESSA FOTO - Vladimir Putin, presidente da Rússia
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Imagem: Sergei KarpukhinTASS/Getty Images

A luta de Volodymyr Zelenski não é contra o exército do rei Xerxes, mas 300 dias depois da invasão da Ucrânia pela Rússia, o presidente ucraniano deixou o país em guerra rumo aos EUA para tratar de um inimigo comum: Vladimir Putin

A ida de Zelenski a Washington nesta quarta-feira (21) tenta evitar o que o rei Leônidas não conseguiu no filme 300: a derrota. 

Nas palavras do próprio presidente da Ucrânia, “a visita visa fortalecer a resiliência e as capacidades de defesa” do país em meio a repetidos ataques russos ao abastecimento de energia e água no auge do inverno.

Afinal, o que Zelenski quer?

Armas, armas e mais armas. Por isso Zelenski foi aos EUA. Ele quer garantir a recomposição do armamento ucraniano e, para receber o arsenal, foi explicar pessoalmente ao presidente norte-americano, Joe Biden, por que precisa de certo tipo de equipamento militar. 

"Em particular, veículos blindados, os mais recentes sistemas de defesa antimísseis e mísseis de longo alcance", disse o conselheiro político presidencial da Ucrânia, Mykhailo Podolyak.

Além das armas, Zelenski deve retornar à Ucrânia com os bolsos cheios já que Biden anunciará quase US$ 2 bilhões em mais assistência militar para a Ucrânia — incluindo uma bateria de mísseis Patriot para ajudá-la a se defender contra mísseis russos. 

Para isso, Zelenski se reúne hoje com o presidente dos EUA e com os principais assessores de segurança nacional na Casa Branca, participará de uma entrevista coletiva conjunta com Biden marcada para 18h30 (de Brasília) e depois irá ao Capitólio para discursar em uma sessão conjunta do Senado e da Câmara dos Deputados dos EUA.

Putin não vê chance para paz

Toda essa movimentação de Zelenski em busca de mais armamentos mostra que a paz entre russo e ucranianos não está próxima de ser alcançada — uma sinalização reforça também por Putin. 

Mais cedo, o Kremlin afirmou que não vê chance de negociações de paz com Kiev — muito pelo contrário. 

Em uma ligação com repórteres, o porta-voz Dmitry Peskov disse que o fornecimento contínuo de armas ocidentais à Ucrânia levaria a um "aprofundamento" do conflito.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro com o objetivo de capturar Kiev rapidamente. Putin, no entanto, não só não contava com a resistência ucraniana como também sofreu reveses durante a guerra.

*Com informações da Reuters

Compartilhe

INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA

China cria fundo multibilionário para desenvolver cadeia própria de semicondutores e enfrentar os EUA

27 de maio de 2024 - 10:22

Esse montante marca a terceira fase do chamado Fundo de Investimento da Indústria de Circuitos Integrados da China e representa o dobro do total levantado nas fases anteriores

DÊ O PLAY!

Javier Milei já conseguiu avançar muito na Argentina — mas os últimos cortes deixaram a ‘faca’ do presidente cega?

25 de maio de 2024 - 11:00

Esse foi o tema do mais recente episódio do Touros e Ursos, o podcast do Seu Dinheiro, que contou com a presença do nosso colunista, Matheus Spiess

AYUDA, HERMANOS

A motosserra de Milei ficou sem combustível? Entenda por que o dólar voltou a bater máximas na Argentina — e por que isso já era esperado

23 de maio de 2024 - 12:55

Ao mesmo tempo em que o mercado aumentou o apetite por dólares, Javier Milei, o presidente do país, virou capa da revista Time

VAI VOLTAR A SUBIR?

Ata do Fed joga balde de água fria nas bolsas — entenda o que acabou de vez com o apetite por risco dos investidores hoje

22 de maio de 2024 - 16:04

Dirigentes do Fed estão descontentes com o ritmo da queda da inflação nos EUA e veem juros no atual nível por mais tempo

REI CHARLES AUTORIZOU

Primeiro-ministro dissolve o Parlamento e antecipa as eleições gerais no Reino Unido

22 de maio de 2024 - 14:44

Assim, os deputados perdem o seu mandato e agora precisam fazer campanha para a reeleição se quiserem continuar

EL PELUCA

Seis meses de Javier Milei: como está a Argentina hoje para o investidor — e para o viajante — após novo presidente assumir? 

22 de maio de 2024 - 6:20

Desde que assumiu, Milei colecionou algumas vitórias e derrotas no seu primeiro semestre de gestão; conheça algumas delas e saiba se a Argentina ainda é um destino turístico atrativo, do ponto de vista financeiro

NÃO DEIXOU BARATO

Na mira de Xi Jinping: China impõe sanções à Boeing e mais duas empresas dos EUA por venda de armas a Taiwan

20 de maio de 2024 - 19:22

A medida é a mais recente de uma série de sanções anunciadas pelo Gigante Asiático nos últimos anos contra companhias pelo fornecimento de armamento a Taipé

INTERNACIONAL

Presidente do Irã morre em queda de helicóptero; aiatolá já decidiu quem será o sucessor

20 de maio de 2024 - 7:53

Além de Ebrahim Raisi, seu ministro das Relações Exteriores e mais 7 pessoas morreram no incidente, ocorrido no norte do Irã

LOBBY DE BANCOS

CEO do JP Morgan levou outros presidentes de bancos para pressionar Federal Reserve por normas mais frouxas

19 de maio de 2024 - 16:47

Agora, o Fed e dois outros reguladores querem um novo plano, que reduziria o aumento obrigatório de capital — de quase 20% — para os maiores bancos dos EUA

NO ORIENTE MÉDIO

Membro do gabinete de Guerra de Israel ameaça pedir demissão caso não haja plano para conflito em Gaza

19 de maio de 2024 - 14:55

Benny Gantz reconheceu o impacto prejudicial que a guerra está tendo sobre os civis, mas insistiu que a “decisividade” é necessária

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar