2022-03-22T16:00:22-03:00
Último passo

Tribunal dos EUA dá sinal verde para Latam iniciar plano de recuperação judicial

Companhia área espera sair com sucesso do plano de recuperação ainda no segundo semestre de 2022

22 de março de 2022
16:00
Imagem: Shutterstock

O grupo Latam informou que obteve um avanço importante no âmbito do Chapter 11 (equivalente à recuperação judicial no Brasil) nos Estados Unidos, com a aprovação da Declaração de Divulgação por parte da Corte norte-americana.

Segundo comunicado, a decisão estabelece que as informações para o processo fornecidas pela Latam são suficientes para que os credores comecem a votar o plano de reorganização, apresentado em 26 de novembro de 2021.

Com isso, a expectativa é que nas próximas semanas se inicie o processo de votação. "Isso representa um passo fundamental para a saída da Latam do processo de recuperação judicial", diz a companhia aérea.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

Última etapa da Latam

O tribunal marcou a Audiência de Confirmação para os dias 17 e 18 de maio de 2022, quando a Corte avaliará o plano de reorganização. Este será o último marco do processo nos Estados Unidos. "A Latam espera sair com sucesso do plano de recuperação durante o segundo semestre de 2022", afirma em comunicado.

Em nota, a companhia aérea destaca que a resolução surge depois de o tribunal ter aprovado a modificação e o novo texto consolidado do contrato de crédito DIP (debtor in possession).

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O acordo entre a Latam e seus financiadores, assinado em 15 de março de 2022, permitirá o acesso a US$ 3,7 bilhões em liquidez e o refinanciamento do contrato de crédito DIP existente.

Além disso, o novo contrato de crédito prorroga o prazo de validade do primeiro, de acordo com o calendário da companhia aérea.

Na semana passada, o tribunal de Nova York aprovou os acordos de compromisso e apoio ao plano de reorganização e financiamento propostos pela companhia aérea e algumas de suas subsidiárias diretas e indiretas. Esses acordos representam aproximadamente US$ 5,4 bilhões em fundos comprometidos.

Leia também

*Com informações de Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele