A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-06-29T14:38:18-03:00
Carolina Gama
MANUTENÇÃO ETERNA

Não tem choro, nem vela: Putin vai fechar torneira do gás para a Europa em julho e tensão aumenta — entenda a história

Tradicionalmente, os gasodutos russos entram em fase de manutenção nesse período, mas com a guerra na Ucrânia e a enxurrada de sanções do Ocidente, o temor de ficar sem gás por mais tempo é maior e sinais de que isso pode acontecer já apareceram

28 de junho de 2022
20:18 - atualizado às 14:38
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, sorrindo
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Shutterstock

Não tem choro e nem vela: o presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai fechar as torneiras do gás para a Europa no mês que vem — e já está tirando o sono de muita autoridade do Velho Continente. 

Tradicionalmente, os gasodutos russos entram em fase de manutenção em julho. Mas, com a guerra na Ucrânia e a enxurrada de sanções que as potências ocidentais impuseram a Moscou, o temor de ficar sem gás por mais tempo é maior. 

Putin deve iniciar a manutenção programada em 11 de julho e só encerrar o processo de aperto de parafusos no dia 21 do mesmo mês. 

A questão é que os europeus passaram a achar que o presidente russo vai usar o programa de manutenção para retaliar as sanções, freando o reabastecimento dos estoques do continente.

Menu aperitivo do que vem por aí

O temor da Europa com Putin não é à toa. Esta semana, a Rússia cortou os fluxos de gás para o continente para 40% da capacidade do gasoduto — a Rússia alegou atrasos nos reparos de equipamentos. 

O argumento colocou a Alemanha e outros países da região em uma busca frenética para encontrar suprimentos alternativos para evitar o risco de racionamento quando o inverno chegar.

Diante do possível cenário de caos energético, a Agência Internacional de Energia também alertou nesta terça-feira (28) que a Rússia poderia cortar o gás para a Europa inteiramente para reforçar sua influência política.

Putin é um homem de palavra

O Kremlin disse que a Rússia continua sendo um fornecedor de energia confiável e cumpre rigorosamente todas as obrigações com a Europa. 

Segundo o governo Putin, a culpa da redução da oferta é das sanções, que atrasaram o retorno de equipamentos do Canadá para a gigante de gás russa Gazprom.

Alguns países europeus, no entanto, disseram que isso é um pretexto para enviar menos gás e aumentar os preços — uma situação que levou a Alemanha a acionar o estado de alerta do plano de emergência de gás.

Putin quer o gás mais caro?

Nos últimos anos, as paradas de manutenção do Nord Stream 1, o principal gasoduto que leva gás da Rússia para a maior economia da Europa, terminaram pontualmente.

Este ano, traders e analistas de gás suspeitam que a Rússia aproveitará a oportunidade de estender a interrupção, pressionando o preço de referência europeu no atacado — que já subiu quase 100% até agora este ano.

Segundo o portal Check24, a tendência é que as contas de gás aumentem ainda mais no verão para as famílias alemãs, que já estão pagando mais que o dobro do que desembolsaram no ano passado.

No início deste mês, o Ministério das Finanças da Rússia disse que espera receber 393 bilhões de rublos (US$ 7,3 bilhões) em receitas adicionais de petróleo e gás em junho.

A manutenção é obrigatória

Nos mercados de energia, interrupções programadas para manutenção em infraestrutura, como dutos e usinas de energia, são comuns e muitas vezes exigidas por regulamentos de segurança.

As operadoras têm que avisar o mercado com antecedência sobre essas interrupções, que são oportunidades para realizar trabalhos em períodos em que geralmente há menos demanda de energia, como no verão.

Não é incomum que falhas adicionais sejam detectadas e corrigidas durante interrupções de rotina. Os operadores podem prolongar os períodos de manutenção para fazer isso, mas teriam que alertar o mercado.

Além disso, especialistas dizem que como a Europa recebe 40% do gás da Rússia, ambos os lados perdem se o fornecimento for cortado completamente. 

*Com informações da Reuters

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magalu (MGLU3) dispara, BC amigo das criptomoedas e outros destaques do dia

12 de agosto de 2022 - 19:07

O mercado financeiro começou a semana olhando aterrorizado para os céus. Já era esperado que os dias fossem marcados pelo avistamento de dragões no ar, mas não se sabia ao certo o tamanho da encrenca que precisaria ser enfrentada.  Com traumas dos episódios recentes, quando a cada mês a ameaça se mostrava maior e mais […]

FECHAMENTO DO DI

Alívio com inflação leva Ibovespa a subir 6% na semana; Magazine Luiza (MGLU3), Hapvida (HAPV3) e Via (VIIA3) disparam após balanço

12 de agosto de 2022 - 18:41

Os indicadores melhores do que o esperado deram um respiro para o Ibovespa nesta semana; dólar caiu quase 2%

SEMANA EM CRIPTO

Ethereum (ETH) rouba a cena e dispara 14%, mas bitcoin (BTC) encerra semana acima dos US$ 24 mil; saiba o que esperar das criptomoedas

12 de agosto de 2022 - 17:56

O otimismo com a atualização do éter, as sanções ao Tornado Cash e o real digital são alguns dos destaque da semana

FEBRABAN TECH 2022

Setor financeiro melhora planos para o metaverso e já fala em criptomoedas como ‘espinha dorsal’ do processo — mas isso vai levar algum tempo; entenda

12 de agosto de 2022 - 17:40

O Febraban Tech 2022 foi realizado entre os dias 9 e 11 de agosto, em São Paulo; confira alguns destaques

COM PASSAGENS DE SAÍDA

Cinco empresas chinesas vão retirar seus ADRs da Bolsa de Nova York — saiba por quê

12 de agosto de 2022 - 17:02

As estatais anunciaram planos de retirada voluntária de seus ADRs ainda neste mês; a decisão acontece em meio à desacordo entre os órgãos reguladores da China e dos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies