2022-05-24T15:20:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Trabalhador acionista

Governo vai liberar até metade do seu FGTS para você comprar ações da Eletrobras (ELET3); saiba como usar

Governo espera uma venda expressiva das ações da Eletrobras com o dinheiro do FGTS, assim como já aconteceu em operações da Petrobras

19 de maio de 2022
12:36 - atualizado às 15:20
Celular com logo da Eletrobras na tela em frente ao site da empresa
Imagem: T. Schneider/Shutterstock

Com a privatização da Eletrobras aprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ontem (18), o trabalhador brasileiro vai poder usar parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para comprar ações da empresa.

Para se tornar sócio da Eletrobras usando o FGTS, o valor mínimo para aplicação será de R$ 200, e cada trabalhador poderá usar, no máximo, a metade do dinheiro total disponível nas suas contas no Fundo.

O governo espera uma venda expressiva com o dinheiro do FGTS, assim como já aconteceu em operações de capitalização da Petrobras. O potencial para a compra com recursos do FGTS é R$ 6 bilhões.

Veja o passo a passo para comprar ações da Eletrobras com o FGTS:

  1. Ao tomar conhecimento da oferta, o trabalhador com conta no FGTS acessa os canais da Caixa Econômica Federal - pode ser o app do FGTS ou as agências bancárias;
  2. A compra será intermediada por Fundos Mútuos de Privatização ligados ao FGTS, os FMP-FGTS. Eles têm participação exclusiva de pessoas físicas com contas no FGTS e são montados sob a forma de condomínio aberto;
  3. O trabalhador escolhe uma administradora de FMP-FGTS para autorizar a consulta do saldo do FGTS e repassar à Caixa o pedido de reserva para a compra;
  4. Caso o trabalhador queira vender as cotas do fundo posteriormente, os valores provenientes da venda retornarão para sua conta do FGTS.

Vale ressaltar que a compra das ações por meio do FGTS ainda depende da finalização do processo de privatização.

Privatização da Eletrobras pode atrasar?

A expectativa do governo é que a privatização da Eletrobras seja finalizada já em junho. Se concluída, será a segunda privatização direta ocorrida no governo Jair Bolsonaro, apesar de o processo ter sido iniciado ainda no governo de Michel Temer.

Segundo analistas do JP Morgan, no entanto, questões financeiras envolvendo a Usina Hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, podem atrasar a privatização. 

A usina teve um revés recente ao perder um processo de arbitragem contra o consórcio que a construiu. Os acionistas, então, aprovaram um aumento de capital da mesma magnitude para cobrir o valor. O problema é que 43% do capital da usina pertence à Eletrobras Furnas.

Assim, o JP Morgan afirma que a Eletrobras não deve iniciar a oferta de ações sem que a situação em Rondônia esteja resolvida.

Além disso, a oposição também pode tentar melar o negócio. De olho nisso, o BNDES e a Eletrobras montaram uma “sala de guerra” para tratar de disputa de liminares na Justiça. Nela, advogados monitoram diariamente o movimento jurídico no País para barrar rapidamente as tentativas de paralisação da operação.

Ontem (17), parlamentares do Partido dos Trabalhadores (PT) entraram com ações na Justiça contra a privatização da Eletrobras. O PT denuncia que o valor total da privatização está subavaliado em R$ 46 bilhões.

Como será a privatização

A privatização da Eletrobras consiste numa oferta pública para diluir o controle da União, que ao final de todo o processo ficará com 45% das ações e os novos acionistas com os 55% restantes.

Para definir o preço da ação, os bancos que assessoram a oferta fazem uma leitura de mercado e enviam à Eletrobras e ao BNDES para avaliação. 

Uma vez aprovada internamente, a oferta é lançada num prospecto de venda que precisa de aprovação tanto da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o seu correspondente nos Estados Unidos, a SEC.

Depois de obter todos os selos de aprovação, a oferta é lançada ao mercado.

Com o prospecto em mãos, os bancos apresentam a oferta aos investidores e começa a etapa chamada de bookbuilding. Nele, a empresa mede o interesse do mercado financeiro pelas suas ações e quanto os investidores estão dispostos a pagar por elas.

Chega-se, assim, ao preço final dos papéis.

A oferta será primária e secundária. Na tranche primária, a Eletrobras emitirá novas ações e venderá simultaneamente no mercado brasileiro e americano. 

Na secundária, a União venderá parte das suas ações para atingir a participação de 45%. Haverá uma oferta prioritária para acionistas minoritários, empregados e aposentados da empresa.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Leia também:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies