🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-05-15T15:00:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

15 de maio de 2022
15:00
Bolsonaro
Bolsonaro sobe nas pesquisas -

Ao ser questionado sobre possível troca no comando da Petrobras (PETR4), o presidente Jair Bolsonaro disse que o novo ministro de Minas e Energia tem "carta branca" para decidir os rumos da estatal. "Pergunta para o Adolfo Sachsida", respondeu o chefe do Executivo, que já demitiu dois presidentes da petroleira em seu governo.

O aumento do preço dos combustíveis tem preocupado o comitê da campanha de Bolsonaro à reeleição. Como mostrou o Estadão/Broadcast, o presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, está sob pressão e passa por uma fritura no governo, apenas um mês depois de assumir o cargo.

Política de preços da Petrobras em foco

Na última quarta-feira (11), Bolsonaro resolveu demitir o almirante Bento Albuquerque do comando do Ministério de Minas e Energia, após ter reclamado, durante sua tradicional live de quinta-feira nas redes sociais, do preço do diesel e dito que o lucro da Petrobras é um "estupro".

No lugar de Albuquerque, assumiu Sachsida, que fazia parte da equipe econômica e é apoiador ferrenho do presidente. "Pergunta para o Adolfo Sachsida. Ele é o ministro das Minas e Energia e trata disso. Deixo bem claro: todos os meus ministros, sem exceção, eu dou carta branca para fazer valer aquilo que ele acha melhor para o seu ministério para melhor atender a população", disse Bolsonaro, após andar de moto e ir a feiras em Brasília.

O presidente declarou ainda que a política de preços com paridade internacional, ou seja, vinculada à variação do dólar e do barril de petróleo no exterior, "só existe no Brasil".

Tic-tac do relógio

"Ele está há 30 dias lá", emendou, numa referência ao presidente da Petrobras. Bolsonaro voltou a dizer que "ninguém vai tabelar preço de combustível", mas afirmou que a "finalidade social" da Petrobras não está sendo cumprida.

O atual presidente da empresa assumiu o cargo em abril, após a demissão do general Joaquim Silva e Luna, que ficou menos de um ano no cargo. Ele havia assumido a presidência da petroleira após a saída do economista Roberto Castello Branco.

A gasolina da Petrobras

Enquanto caminhava e tirava fotos com eleitores hoje na Feira do Guará, o chefe do Executivo ouviu gritos de "já ganhou", numa referência à eleição de outubro, e também um pedido: "Abaixa o preço da gasolina, Bolsonaro".

O aumento da inflação e, principalmente, do preço dos combustíveis, como diesel e gasolina, têm preocupado o comitê de campanha do presidente. Bolsonaro coleciona uma série de críticas à Petrobras e interferências no comando da estatal.

Em 5 de maio, pouco antes da divulgação do balanço da Petrobras, Bolsonaro fez apelos para que a Petrobras não voltasse a aumentar o preço dos combustíveis no Brasil.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

MOVIMENTAÇÃO ACIONÁRIA

Itaúsa (ITSA4) e Votorantim desembolsam R$ 4,1 bilhões por fatia da CCR (CCRO3); empresas pagaram prêmio de 14% por ações vendidas pela Andrade Gutierrez

5 de julho de 2022

Cada uma das duas holdings ficará com uma participação de 10,33% da companhia de concessões e administração rodoviária

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A montanha-russa do Ibovespa, o potencial da Localiza (RENT3) e o futuro da Petz (PETZ3); confira os destaques do dia

5 de julho de 2022

Se os primeiros seis meses foram comandados pelo temor de uma inflação persistentemente alta, o segundo semestre parece ter apresentado a todos a sua nova vilã ainda nos primeiros dias de julho — a recessão. Na primeira metade do ano, parecia mais fácil para o mercado financeiro se distrair com narrativas paralelas. Agora, dia sim […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies