🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-07T13:36:41-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Bem à esquerda

Diretrizes de Lula para a economia preveem revogação do teto de gastos, da reforma trabalhista e oposição às privatizações, inclusive da Eletrobras; veja os principais pontos

Texto também sugere possível interferência na política de preços da Petrobras e fim da paridade com as cotações internacionais do petróleo

7 de junho de 2022
13:36
Ex-presidente Lula no lançamento de sua nova candidatura à presidência
Diretrizes para o programa de governo de Lula ainda podem sofrer alterações; texto final com as propostas só será conhecido em 10 de agosto. Imagem: Divulgação

Os brasileiros ainda não conhecem as propostas oficiais dos principais candidatos à presidência, mas ontem (06) o Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou as diretrizes da campanha do ex-presidente e pré-candidato Luís Inácio Lula da Silva. E os pontos que dizem respeito à Economia têm tudo para desagradar os investidores.

Entre os principais pontos que irão nortear as políticas do petista para o “Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade Socioambiental e Climática”, conforme mencionado no documento, estão a revogação do teto de gastos - considerado pelo mercado um dos pilares da precária saúde fiscal do país - e a revisão do atual regime fiscal brasileiro, que seria “disfuncional” e “perdeu totalmente a sua credibilidade”, segundo o texto.

Também fazem parte das diretrizes para as propostas econômicas de Lula a oposição às privatizações da Petrobras (PETR3; PETR4), da Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA), dos Correios e até mesmo da Eletrobras (ELET3; ELET6), prevista para ser concluída nesta semana.

O documento não fala expressamente em reverter a privatização da elétrica, mas diz que a companhia “será mantida como patrimônio do povo, preservando nossa soberania energética, e viabilizando programas como o Luz para Todos, que terá continuidade, e uma política sustentável de modicidade tarifária.”

Já em relação à Petrobras, o documento diz que a companhia “será colocada de novo a serviço do povo brasileiro e não dos grandes acionistas estrangeiros, ampliando nossa capacidade de produzir os derivados de petróleo necessários para o povo brasileiro, expandindo a oferta de gás natural e a integração com a petroquímica, fertilizantes e biocombustíveis.”

Recentemente, a Petrobras foi colocada na lista de estudos para a privatização pelo Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), mas a desestatização da petroleira ainda teria um longo caminho a percorrer até ser concretizada.

Em adição à oposição às privatizações, o documento do PT também fala na utilização das estatais como indutoras do desenvolvimento econômico, algo que costuma ser criticado por investidores e empresários.

“Será necessário proteger o patrimônio do país e recompor o papel indutor e coordenador do Estado e das empresas estatais para que cumpram, com agilidade e dinamismo, seu papel no processo de desenvolvimento econômico e progresso social do país.”

- Diretrizes para o programa de Lula na campanha presidencial de 2022.

Fim da paridade internacional dos preços do petróleo?

Entre as diretrizes também estão o combate à inflação, dando destaque aos preços dos alimentos, da energia elétrica e dos combustíveis.

Em relação aos preços dos combustíveis e tarifas de energia elétrica, o documento fala em “implementar políticas que envolvam a consideração dos custos de produção no Brasil”, o que vai na linha de “abrasileirar os preços dos combustíveis”, que vem sendo mencionada por Lula em sua pré-campanha.

Isso sugere alguma interferência na política de preços da Petrobras e a revogação do sistema de paridade com os preços internacionais do petróleo, adotado no governo Temer.

Revogação da reforma trabalhista do governo Temer

No trecho relativo a “Desenvolvimento Social e Garantia de Direitos”, as diretrizes da campanha do ex-presidente Lula falam em revogar a reforma trabalhista feita no governo Temer, que flexibilizou as regras trabalhistas.

O documento propõe a “construção de uma nova legislação trabalhista, a partir da negociação tripartite, que proteja os trabalhadores, recomponha direitos, fortaleça os sindicatos sem a volta do imposto sindical, construa um novo sistema de negociação coletiva e dê especial atenção aos trabalhadores informais e de aplicativos”.

As diretrizes para o programa de governo de Lula ainda podem sofrer alterações a pedido de aliados. O texto final com as propostas só será conhecido no dia 10 de agosto.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

QUEDA DE APORTES

Crise dos unicórnios e demissões em massa têm explicação: investimentos em startups caíram 44% no primeiro semestre

6 de julho de 2022

Inflação global, escalada da alta de juros e a Guerra da Ucrânia geraram incertezas no mercado e “seguraram” os investimentos; as mais afetadas são as startups de late stage e unicórnios

CARA CADÊ MEU DEFI?

Roubo de criptomoedas com ataque hacker levou US$ 1,3 bilhão de plataformas de DeFi em 2022; maior crime foi de US$ 180 milhões

6 de julho de 2022

Mesmo com a alta do dia, os investidores acompanham os desdobramentos do pedido de falência da Voyager Digital

O FANTASMA DA RECESSÃO

Ata do Fed manda recado: saiba se os próximos passos do BC dos EUA podem tirar o sono dos investidores

6 de julho de 2022

Na reunião de junho, o banco central norte-americano elevou a taxa de juro em 0,75 ponto percentual, o maior aumento desde 1994, na tentativa de conter uma inflação que não dá tréguas; será que vem mais por aí?

Está vindo aí

Risco de recessão volta a assustar, petróleo amplia perdas e petroleiras lideram quedas do dia; Hypera (HYPE3) e Americanas (AMER3) sobem forte

6 de julho de 2022

Com a queda do petróleo no mercado internacional, papéis de commodities no Brasil têm maiores quedas nesta quarta-feira

MAIS DO QUE UMA VOLTINHA

Multiplan (MULT3), Iguatemi (IGTI11), brMalls (BRML3) ou Aliansce Sonae (ALSO3)? Saiba qual é a queridinha do Itaú BBA

6 de julho de 2022

Papéis das administradoras de shoppings operam em alta nesta quarta-feira (06), embalados pela prévia operacional da Multiplan, que sinalizou que novos recordes estão no caminho da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies