O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-04T11:34:45-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NÃO ACONTECEU

Coinbase desiste de fusão com a 2TM, controladora do unicórnio brasileiro de criptomoedas Mercado Bitcoin; entenda o caso

Há quase um ano, a Coinbase abriu capital na Nasdaq e fez história como a primeira corretora de criptomoedas com ações em bolsa

4 de maio de 2022
11:34
Corretora de criptomoedas e bitcoin Coinbase (COIN)
Confira detalhes da transação entre as empresas.Imagem: Shutterstock

As conversas entre uma das maiores corretoras de criptomoedas (exchange) do mundo e a empresa brasileira 2TM parecem não ter dado frutos. De acordo com uma matéria publicada na Bloomberg, a Coinbase desistiu da fusão com a controladora do Mercado Bitcoin.

A conclusão do acordo estava marcada para acontecer agora no final de abril, de acordo com o anúncio das primeiras conversas em março deste ano. Ambas empresas não fizeram maiores comentários sobre o tema.

Uma guerra pela expansão de criptomoedas no Brasil

O avanço da Coinbase no território nacional vem na esteira da briga com sua principal rival no mercado de exchanges mundial. A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, já havia anunciado a compra de uma corretora com operações no Brasil para expandir seus negócios no país.

Além disso, o Brasil é apontado como um terreno fértil para o mercado de criptomoedas na América Latina, o que explica o grande interesse de gigantes do setor no país. A compra da 2TM colocaria no portfólio da Coinbase outras empresas além do Mercado Bitcoin, como Meubank, MB Digital Assets, Bitrust, Blockchain Academy e MezaPro.

Coinbase: primeira exchange na bolsa

Há quase um ano, a Coinbase abriu capital na Nasdaq e fez história como a primeira corretora de criptomoedas com ações em bolsa — além do desempenho espetacular na estreia, com os papéis chegando a disparar 70%.

Nesta quarta-feira (04), as ações da Coinbase (COIN) caem 1,47% após a abertura das bolsas em Nova York, sendo negociadas a US$ 122,63. Desde a estreia, os papéis caem 62,63%.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies