Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-14T18:21:46-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Disparada

No embalo do recorde do bitcoin, ações da Coinbase chegam a disparar mais de 70% na estreia na Nasdaq

O CEO da empresa, Brian Armstrong, comentou mais cedo sobre a abertura de capital da Coinbase ao portal CNBC

14 de abril de 2021
14:40 - atualizado às 18:21
Logo da exchange Coinbase em tela de celular ao lado do símbolo do bitcoin

As negociações com as ações da plataforma de negociação de criptomoedas Coinbase (COIN) começaram a pleno vapor na bolsa americana Nasdaq. Após a abertura, no começo desta tarde, os papéis chegaram a disparar 71,82%, cotados a US$ 429,54 na máxima do dia.

O preço superou - e muito - a estimativa feita pela Bloomberg, que apontava um preço por ação da ordem de US$ 340 nos primeiros negócios com o papel.

Mais tarde, a alta desacelerou, e as ações fecharam com ganho de "apenas" 31,31%, a US$ 328,28. Hoje foi o primeiro dia de negociação das ações da exchange, que abriu o capital avaliada em US$ 65 bilhões, oito vezes mais do que na sua primeira etapa de captação privada em 2018, quando seu valor era estimado em US$ 8 bilhões. A ação saiu precificada a US$ 250.

A empresa conta com uma projeção inicial de lucro entre US$ 730 milhões e US$ 800 milhões. Além disso, é esperada uma receita de US$ 1,8 bilhão, de acordo com o The Economist.

'Uma tonelada de valor', diz CEO

Em entrevista à CNBC nesta quarta-feira (14), o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, espera que o modelo de negócios da empresa cresça “exponencialmente”.

Os braços de cartão de débito, gestão de fundos institucionais e o sistema Coinbase Earn, onde o cliente pode “aprender e ganhar” criptomoedas, devem corresponder a 50% da receita da empresa em “cinco ou dez anos”, segundo ele. 

Com a abertura de capital hoje, Armstrong disse mais cedo que vê a listagem da empresa de criptomoedas como um "momento marcante" para o espaço dos criptoativos. “Está criando uma tonelada de valor no mundo”, disse ele.

E a Coinbase não pretende ficar atrelada apenas ao Bitcoin, apesar de ele ser a principal criptomoeda do mercado. Armstrong afirma que a empresa irá adicionar 100 novos criptoativos e abrindo espaço para mais no futuro. 

Bitcoin nas alturas

Antes da abertura da bolsa, por volta das 11h no Brasil, o preço do Bitcoin bateu recordes pelo segundo dia seguido, saltando para quase US$ 65 mil, na semana seguinte após o valor de mercado da criptomoeda conseguir manter seu valor de US$ 1 trilhão por sete dias seguidos. 

Essa “estabilização” do Bitcoin se deve às grandes instituições financeiras que passaram a apostar no projeto. Por pressão dos clientes, Goldman Sachs, JPMorgan e Morgan Stanley passaram a se expor e oferecer criptoativos como alternativa de diversificação de investimentos. 

Além disso, o uso de Bitcoins no dia a dia também tem fortalecido a alta dos preços. O Paypal e a Visa passaram a usar a criptomoeda, tanto para processar pagamentos, quanto para compras do dia a dia. Mesmo que experimentais, os projetos passam o mesmo recado: o Bitcoin é confiável e vale muito.

Movimentando o mundo cripto

Para Fabio Moura, do escritório especializado em blockchain e cripto AMX Law, o recado que a Coinbase passa para os investidores é claro: ser um exemplo de boas práticas. "Eles não são a maior exchange do mundo, mas a Coinbase buscou ser um exemplo de compliance regulatório, licenças adequadas e transparência de governança. É o exemplo de 'bom aluno' ao mercado", afirma ele.

Isso pode atrair outras empresas do setor a abrirem capital como forma de arrecadar recursos. Por exemplo, as movimentações e rumores sobre o Mercado Bitcoin buscar bancos para realizar seu IPO é um desses casos.

Quando procurada, a corretora preferiu não comentar o assunto, mas fontes do mercado apontaram que, se a Coinbase experimentar uma grande valorização, o apetite pelo Mercado Bitcoin poderá ser ainda maior.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, uma das principais concorrentes da Coinbase, parabenizou Brian Armstrong pela entrada do mundo cripto em um mercado tão tradicional quanto a bolsa norte-americana.

E continua: "Nós não pensamos em IPO, pelo menos no curto prazo, porque nosso modelo de negócios tem crescido de maneira orgânica e sustentável". Para Zhao, a abertura de capital implica em algumas mudanças nas diretrizes da companhia. "Cada empresa tem uma abordagem e um modelo de negócios diferentes", conclui ele.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Petróleo na Amazônia

Petrobras quer operar na foz do Rio Amazonas

Estatal apresentou ao Ibama pedido de licença para explorar petróleo na região, que é uma área de sensibilidade ambiental

Juros para cima

Prepare-se para crescimento baixo e inflação alta em 2022: manobra no teto reforça cenário de estagflação

Drible no teto de gastos pode pressionar ainda mais os preços e obrigar a uma alta de juros mais intensa, dizem especialistas

Great Places to Work

As melhores empresas para se trabalhar em 2021: Magazine Luiza é eleito melhor empregador do país entre as grandes companhias; veja ranking completo

Consultoria Great Places to Work Brasil realizou, na última semana, a 25ª premiação das melhores empresas para se trabalhar no país

Setor imobiliário na mira

China testará imposto imobiliário em parte do país para conter especulação

Projeto-piloto será conduzido por cinco anos em algumas regiões do país. Objetivo é distribuir riqueza de modo menos desigual

Clube do livro

Um passeio entre chás, sementes e cerveja: como ‘Uma Senhora Toma Chá…’ conta a história da estatística moderna de maneira descomplicada

O livro de David Salsburg te convida a conhecer o pouco mais de um dos campos mais necessários para o melhor entendimento do mundo das finanças, e claro, da ciência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies