🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-13T20:54:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRIPTO

Sem freio: bitcoin (BTC) segue ladeira abaixo com queda de mais de 17%; entenda o movimento das criptomoedas

O bitcoin mergulhou na casa dos US$ 22 mil e levantou novos temores sobre um gatilho da Regra da Morte; saiba como o mecanismo funciona

13 de junho de 2022
20:53 - atualizado às 20:54
Bitcoin em uma luz vermelha sinalizando a parada do mercado de criptomoedas
Imagem: Shutterstock

O bitcoin (BTC) entra na noite desta segunda-feira (13) sem freio, indo ladeira abaixo junto com outros ativos digitais. A maior criptomoeda do mundo cai mais de 17% em 24 horas, acelerando ainda mais as perdas vistas no início do dia.

Durante o final de semana, os investidores em cripto reagiram negativamente aos dados de inflação dos Estados Unidos. O índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês), subiu 1% em maio, acima do esperado pelos analistas.

Desde então, a perspectiva de que o Federal Reserve (Fed) aumente a intensidade do aperto monetário nos EUA mantém pressão sobre o cenário macroeconômico.

Por volta de 20h40, o bitcoin caía 17,11%, cotado a US$ 22.416,50. Confira a cotação de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 22.416,50-17,11%-28,52%
Ethereum (ETH)US$ 1.196,29-17,99%-35,59%
Tether (USDT)US$ 0,9986-0,05%-0,08%
USD Coin (USDC)US$ 1,00-0,03%-0,02%
BNB (BNB)US$ 221,90-14,10%-24,98%
Fonte: coinmarketcap.com

Caso Celsiu atinge bitcoin (BTC) em cheio

A situação do bitcoin e de outras criptomoedas, entretanto, é agravada pelo caso Celsius.

As criptomoedas sofrem (ainda) mais que o restante dos ativos hoje devido à suspensão de saques e transferências pela plataforma de empréstimos em criptomoedas.

A Celsius (CEL) alega ter tomado a medida devido a “condições extremas de mercado”.

Como funciona a Celsius

A plataforma afirma ter 1,7 milhão de clientes. Ela anuncia a seus usuários que eles podem obter um rendimento de 18% por meio da plataforma.

Os usuários depositam suas criptomoedas para que sejam alugadas a instituições e outros investidores — o que é conhecido como staking, uma espécie de dividendos em criptomoedas.

Dessa forma, os usuários obtêm rendimento a partir dos resultados auferidos pela Celsius.

Entretanto, a queda acentuada do mercado de criptomoedas ao longo deste ano atingiu a Celsius em cheio. A plataforma detinha US$ 26 bilhões em criptomoedas em outubro do ano passado. O montante caiu para US$ 11,8 bilhões em maio de 2022.

A CEL, moeda da própria Celsius, caiu mais de 50% nas últimas 24 horas, de acordo com a CoinGecko.

Os investidores temem que o caso provoque um contágio ainda maior no mercado de criptomoedas.

Bitcoin: ainda tem a regra da morte

O bitcoin perdeu o patamar de US$ 24 mil durante a madrugada, atingindo seu nível mais baixo desde dezembro de 2020 — o que levantou novos temores sobre um gatilho da Regra da Morte. O dado é do CoinDesk.

Essa é uma regra específica da Microstrategy, que pode fazer as cotações despencarem ainda mais.

O dispositivo diz que a Microstrategy deve vender bitcoin se o preço da criptomoeda atingir o patamar de US$ 21 mil — um nível bem perto do atual.

Isso pode desencadear um efeito dominó no mercado e derrubar as cotações ainda mais, de acordo com José Arthur, CEO da Coinext.

Para se ter uma ideia do perigo, ao longo do fim de semana, mais de US$ 200 bilhões foram drenados do mercado de criptomoedas.

Hoje pela manhã, a capitalização de mercado da criptomoeda caiu abaixo de US$ 1 trilhão pela primeira vez desde fevereiro de 2021, segundo dados da CoinMarketCap.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

QUEDA DE APORTES

Crise dos unicórnios e demissões em massa têm explicação: investimentos em startups caíram 44% no primeiro semestre

6 de julho de 2022

Inflação global, escalada da alta de juros e a Guerra da Ucrânia geraram incertezas no mercado e “seguraram” os investimentos; as mais afetadas são as startups de late stage e unicórnios

CARA CADÊ MEU DEFI?

Roubo de criptomoedas com ataque hacker levou US$ 1,3 bilhão de plataformas de DeFi em 2022; maior crime foi de US$ 180 milhões

6 de julho de 2022

Mesmo com a alta do dia, os investidores acompanham os desdobramentos do pedido de falência da Voyager Digital

O FANTASMA DA RECESSÃO

Ata do Fed manda recado: saiba se os próximos passos do BC dos EUA podem tirar o sono dos investidores

6 de julho de 2022

Na reunião de junho, o banco central norte-americano elevou a taxa de juro em 0,75 ponto percentual, o maior aumento desde 1994, na tentativa de conter uma inflação que não dá tréguas; será que vem mais por aí?

Está vindo aí

Risco de recessão volta a assustar, petróleo amplia perdas e petroleiras lideram quedas do dia; Hypera (HYPE3) e Americanas (AMER3) sobem forte

6 de julho de 2022

Com a queda do petróleo no mercado internacional, papéis de commodities no Brasil têm maiores quedas nesta quarta-feira

MAIS DO QUE UMA VOLTINHA

Multiplan (MULT3), Iguatemi (IGTI11), brMalls (BRML3) ou Aliansce Sonae (ALSO3)? Saiba qual é a queridinha do Itaú BBA

6 de julho de 2022

Papéis das administradoras de shoppings operam em alta nesta quarta-feira (06), embalados pela prévia operacional da Multiplan, que sinalizou que novos recordes estão no caminho da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies