🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-16T15:46:35-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
PRIMEIRA GUERRA CRIPTO

Ucrânia legaliza bitcoin (BTC) em todo território e pode ‘mudar o jogo’ da guerra econômica com a Rússia e Otan; entenda papel das criptomoedas agora

Desde o início da guerra, em 24 de fevereiro, a Ucrânia já recebeu cerca de US$ 100 milhões em doações em bitcoin e ethereum (ETH)

16 de março de 2022
15:46
Ucrânia legaliza atuação de corretoras de criptomoedas no país e bitcoin (BTC) pode se beneficiar
Ucrânia legaliza atuação de corretoras de criptomoedas no país e bitcoin (BTC) pode se beneficiar. Imagem: Shutterstock

A guerra entre Rússia e Ucrânia pode estar perto do fim, mas existe uma longa trincheira entre o conflito e a paz. Pensando nisso, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou uma lei que legaliza as criptomoedas e o bitcoin (BTC) em todo território nacional. 

O país tem recebido apoio internacional com a ajuda das criptomoedas, chegando até mesmo a emitir NFTs, os certificados digitais, para financiar o exército. E, com a medida anunciada hoje,  corretoras de criptomoedas (exchanges) poderão operar legalmente no país. 

Desde o início da guerra, em 24 de fevereiro, a Ucrânia já recebeu cerca de US$ 100 milhões em doações em bitcoin e ethereum (ETH), além da venda de NFTs. 

Ucrânia, bitcoin e criptomoedas

O corte de parte das operações russas do chamado swift, o sistema de pagamentos internacional, intensificou o uso de criptomoedas tanto na Rússia quanto na Ucrânia. 

Existia ainda a expectativa de que a Rússia migrasse integralmente para o uso de criptomoedas, rumor que foi praticamente dissipado com o convite da China para que o país fizesse parte do “swift chinês”.

Enquanto uns choram, outros vendem lenço

Enquanto a Rússia tenta escapar das sanções econômicas, a Ucrânia busca recursos. Já a população tem abraçado cada vez mais as criptomoedas — com a guerra, cresce a desconfiança quanto à solidez das instituições financeiras internacionais. 

Isso se reflete no uso de moedas digitais desde o início da invasão: houve um crescimento de 107% no volume negociado em criptomoedas na Ucrânia. A população do país já é uma das maiores do mundo que aderiu aos ativos digitais, com cerca de 12% dos ucraniados usando criptomoedas. 

Europa e EUA de olho nas criptomoedas

Tanto os Estados Unidos quanto a Europa perceberam o problema de excluir a Rússia do swift, mas permitir o uso de criptomoedas. 

Pensando nisso, a União Europeia preparou uma série de medidas para conter o uso de moedas digitais em pagamentos ao bloco. A própria Lei Biden contém um parágrafo — que passou despercebido por boa parte do mercado — que permite represálias quanto ao uso de criptomoedas por países sancionados.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies