🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-03T14:12:51-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
PAPO CRIPTO #020

‘Não invista em criptomoedas, compre projetos’, afirma Cauê Mançanares, CEO da Investo, sobre crise nos ETFs de cripto; fundos caíram mais de 60% em 2022

Em entrevista ao Papo Cripto, o convidado desta semana fala sobre por que investir em projetos temáticos — e, é claro, como escolher os melhores

4 de junho de 2022
7:30 - atualizado às 14:12

Existe uma máxima no mercado de que quanto maior o risco, maior deve ser o potencial do retorno de um projeto. E, é claro, no universo das criptomoedas, ambos os lados da equação são multiplicados: são ativos altamente voláteis, com potencial de levar R$ 1 mil a R$ 1 milhão em poucos dias — ou transformar um bilhão em pó em algumas horas. 

Mas como saber qual é a melhor criptomoeda entre os mais de dez mil projetos disponíveis no mercado? “É como encontrar uma agulha no palheiro”, afirma Cauê Mançanares, CEO da Investo. 

Para isso, existe uma solução muito popular no mundo dos investimentos: os fundos de índice negociados em bolsa, os chamados ETFs. Usando a metáfora do CEO da Investo, é o mesmo que “comprar o palheiro”. 

Entendendo os ETFs de criptomoedas da bolsa

Esses tipos de fundos nada mais são do que cestas de ativos que buscam superar um índice de referência. No caso, os ETFs em criptomoedas costumam ser temáticos — investem em projetos do metaverso, web 3.0 ou moedas digitais promissoras. 

“Ao invés de tentar achar aquele projeto específico que vai te dar um retorno astronômico, o investidor compra uma cápsula com projetos selecionados para evitar perder horas garimpando a melhor cripto”, comenta Mançanares.

Mas nem tudo são flores

Segundo um levantamento feito pelo Seu Dinheiro, os ETFs de criptomoedas da B3 tiveram um péssimo 2022 até o momento. As perdas chegam mais de 60% em seis meses:

TickerVariação (Ano%)
NFTS11-67,40%
ETHE11-59,86%
QETH11-59,67%
WEB311-56,39%
HASH11-51,25%
DEFI11-49,49%
QDFI11-47,40%
BITH11-45,59%
QBTC11-45,00%
CRPT11-2,94%
Fonte: Google Finance

Mas Cauê Mançanares não se deixa levar pelas oscilações de curto prazo. Para ele, investimentos em criptomoedas, metaverso e web 3.0 são de longo prazo — pelo menos dez anos. 

E o motivo para esperar é muito simples: as criptomoedas são como a internet dos anos 1990. “Se há dez anos você tivesse colocado dinheiro no Facebook, como você estaria agora? É a mesma lógica”.

Cauê Mançanares, CEO da Investo, é o convidado do Papo Cripto desta semana. E na nossa tradicional pergunta do próximo milhão, ele ainda dá dicas de como fazer investimentos por conta própria: não compre criptos apenas, compre segmentos de projetos.

Para entender o que isso significa, aperte o play e confira a nossa conversa: 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies