O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-15T12:18:07-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Criptomoedas

Bitcoin (BTC) se sustenta acima dos US$ 40 mil com “índice do medo” em nível “extremo”; entenda o que isso significa

A relativa estabilidade do mercado acontece em meio a uma piora no sentimento dos investidores em relação ao bitcoin e às criptomoedas; mas esse pode ser um bom sinal

15 de abril de 2022
12:18
Bitcoin (BTC) na corda bamba e o mercado de criptomoedas se prepara para o final de semana
Bitcoin na corda bamba? - Imagem: Shutterstock

Os principais mercados acionários seguem fechados neste feriado da Sexta-feira Santa, mas as negociações com criptomoedas seguem a todo vapor. O bitcoin (BTC) lidera os negócios como de costume e opera em leve queda, mas sem perder o patamar dos US$ 40 mil.

O ethereum (ETH), segunda principal criptomoeda, também sustenta o importante patamar dos US$ 3 mil, em uma semana marcada por uma evolução importante para o projeto.

Confira a seguir as cotações atualizadas das principais criptomoedas do mercado, de acordo com a CoinMarketCap:

A relativa estabilidade, contudo, acontece em meio a uma piora no sentimento dos investidores em relação ao bitcoin e às criptomoedas. Isso porque o “índice de medo e ganância” do mercado, calculado pelo site Alternative.me, voltou a indicar “medo extremo” nesta sexta-feira.

Como funciona o índice do medo e ganância

O indicador do sentimento dos investidores é calculado a partir de variáveis como a volatilidade das criptomoedas, volume negociado e análise de redes sociais.

Com base nesses dados, o índice apresenta um número de 0 a 100 — quanto maior, mais "gananciosos" estão os investidores para comprar bitcoin.

Na última leitura, o índice marcou 22 pontos, o que significa "medo extremo". Esse número é bem próximo da mínima dos últimos 12 meses alcançada na terça-feira, quando marcou 20 pontos.

Oportunidade para o bitcoin?

Pode parecer contraintuitivo, mas os dados históricos das cotações do bitcoin e das criptomoedas apontam que os momentos de medo dos investidores podem representar uma oportunidade de compra.

Isso porque as correções no mercado costumam acontecer nos momentos em que os investidores mais gananciosos, e não o contrário.

Vale destacar que, conforme a adoção do bitcoin aumenta, mais a criptomoeda fica correlacionada com os demais ativos do mercado, em particular as bolsas norte-americanas.

Leia também:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies