O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-10T10:39:22-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEU DIA EM CRIPTO

Bitcoin (BTC) segue em terreno negativo após crise no protocolo da criptomoeda Terra (LUNA); entenda o que aconteceu

Houve um problema na rede da Terra (LUNA), o que fez a stablecoin dessa blockchain despencar — e a confiança do mercado foi junto

10 de maio de 2022
10:39
criptomoedas Terra (LUNA) bitcoin (BTC) hoje
bitcoin (BTC) amplia perdas da semana e criptomoedas são negociadas em queda hoje. Imagem: Shutterstock

Mesmo com a recuperação das bolsas no exterior nesta terça-feira (10), o mercado de criptomoedas permanece em campo negativo, ampliando as perdas da sessão anterior. O bitcoin (BTC) chegou a tocar os US$ 30 mil, mas tenta se sustentar nos US$ 31 mil hoje. 

A correlação com os índices de Nova York não foi suficiente para melhorar o desempenho das criptomoedas ao longo das últimas horas. O principal responsável por isso é a Terra Network, a rede (blockchain) de duas das dez maiores moedas digitais do mundo. 

Confira o desempenho delas nesta terça-feira:

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 31.729,51-3,83%-17,58%
2Ethereum (ETH)US$ 2.405,420,25%-15,35%
3Tether (USDT)US$ 0,9998-0,01%-0,02%
4BNB (BNB)US$ 325,69-1,73%-15,99%
5USD Coin (USDC)US$ 1,000,02%-0,03%
6XRP (XRP)US$ 0,5266-1,58%-14,98%
7Solana (SOL)US$ 71,83-0,51%-18,59%
8Cardano (ADA)US$ 0,67972,33%-14,51%
9Binance USD (BUSD)US$ 0,9995-0,07%-0,12%
10TerraUSD (UST)US$ 0,9243-7,24%-7,53%
Fonte: Coin Market Cap

Confira o desempenho dos ETFs de criptomoeda da bolsa brasileira: 

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)
HASH11HashdexR$ 29,00-13,17%-14,40%
ETHE11HashdexR$ 34,53-15,57%-15,06%
BITH11HashdexR$ 37,92-12,91%-17,37%
DEFI11HashdexR$ 27,58-18,18%-17,79%
WEB311HashdexR$ 29,14-20,21%-16,29%
QBTC11QR CapitalR$ 10,08-11,81%-14,29%
QETH11QR CapitalR$ 8,38-15,69%-15,69%
QDFI11QR CapitalR$ 4,97-17,30%-12,96%
NFTS11InvestoR$ 43,50-12,98%-20,91%
Fonte: Google Finance

Bitcoin: em rota de colisão com a Terra

Diferentemente do que se pensa, dessa vez não foi o preço do bitcoin que afetou as altcoins, as criptomoedas alternativas ao BTC — foi justamente o contrário. 

Tudo começou com a blockchain da Terra, um dos projetos mais promissores e que tem recebido diversos investimentos de grandes empresas para crescer.

Visando tomar o mundo dos pagamentos virtuais, os desenvolvedores criaram a TerraUSD (UST), uma stablecoin com lastro em dólar. Você pode ler mais sobre o que a LUNA faz aqui e tirar suas dúvidas sobre stablecoins nesta matéria

Como funciona a Terra Network

Entre outras coisas, o protocolo da Terra Network — a rede mais ampla, que engloba os demais projetos — permite a transferência de recursos da criptomoeda LUNA para a blockchain do UST.

Essa foi uma das formas encontradas para fazer a rede da TerraUSD crescer e ganhar posições entre as dez maiores moedas do mercado, superando projetos como Avalanche (AVAX), Polkadot (DOT) e até mesmo a própria Terra (LUNA). 

Entretanto, a rede da criptomoeda funciona por meio de uma arbitragem de recursos de outras moedas digitais. O contrato inteligente (smart contract) que cuida para que as cotações permaneçam mais estáveis é programado para funcionar sob determinadas circunstâncias.

A onda vermelha das criptomoedas

Mas nós não estamos em condições ideais de temperatura e pressão nos mercados.

Com as incertezas pela frente e os investidores liquidando suas posições em criptomoedas, o mercado de ativos digitais encolheu, o que desestabilizou o protocolo da Terra (LUNA) — e, consequentemente, da TerraUSD.

Assim, a stablecoin — que deveria valer US$ 1 por sua paridade com o dólar — chegou a despencar para US$ 0,76, o que afetou a confiança dos investidores no protocolo como um todo.

Isso injetou ainda mais incerteza nos investidores, que ampliaram as vendas de criptomoedas e as cotações caíram ainda mais. Entretanto, a correlação com o bitcoin não para por aí.

Mais um tiro no pé do bitcoin

Os desenvolvedores da Terra Network ainda anunciaram ontem (09) a compra de US$ 3,5 bilhões em BTC para usar como reserva de emergência do protocolo. A intenção era tornar o projeto ainda mais descentralizado e menos correlacionado com o dólar.

O anúncio foi feito perto das 9h da manhã, quando o BTC ainda estava valendo cerca de US$ 36 mil. Pela noite, a maior criptomoeda do mundo recuou para os US$ 31 mil, perdendo cerca de 13% — os US$ 3,5 bilhões viraram US$ 3.045 bilhões.

Ainda que o desenvolvedor da Terra, Do Kwon, tenha avisado ao mercado que os bitcoins seriam usados apenas como uma espécie de “reserva de emergência”, a informação correu pelas redes sociais de cripto e pioraram o sentimento geral dos investidores.

E ainda tem mais

Com a saída dos investidores da stablecoin TerraUSD, a Luna Foundation Guard, empresa responsável pelo ecossistema da criptomoeda, precisou vender mais de 42 mil bitcoins — cerca de US$ 1,3 bilhão.

Isso gerou ainda mais pressão vendedora sobre o BTC e o mercado segue no vermelho desde então.

Papo Cripto #018 — Explicando o que é Web 3.0

Não deixe de conferir o último Papo Cripto com Luiz Octavio Gonçalves Neto, fundador e CEO da startup DUX:

Aliás, um convite: mostramos no nosso Instagram uma lista de atitudes e pensamentos que podem tornar você um fracassado quando o assunto for dinheiro. Você pode conferir clicando aqui ou no post abaixo. Aproveite para nos seguir por lá (neste link).

Entregamos a nossos seguidores análises de mercado, insights de investimentos, notícias exclusivas e dicas de carreira e empreendedorismo:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies