O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-19T07:02:38-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
PAPO CRIPTO #010

Maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance vê 2022 como o “ano da regulação” do mercado

“Existe um preconceito com o mercado de criptomoedas como um todo”, diz a representante da Binance no Brasil sobre países que proibiram a atuação da corretora

19 de janeiro de 2022
7:02

O bitcoin (BTC) acabou de fazer 13 anos no início de 2022, mas era difícil conhecer alguém que usasse — ou mesmo entendesse — o que eram as criptomoedas lá em 2009. E, junto com a adolescência, vieram as dores do crescimento desse mercado. 

Entre muitas acusações de uso no tráfico e “dinheiro de mentira”, quem também cresceu foram as corretoras de criptomoedas, as chamadas exchanges — que viraram os alvos preferidos dos reguladores nos últimos anos. 

E a Binance ganhou os holofotes recentemente. A maior corretora de criptomoedas do mundo passa por maus bocados com os reguladores e teve suas atividades proibidas na Itália e no Reino Unido. O que será que a empresa tem a dizer a respeito?

“Existe um preconceito com criptomoedas como um todo, e é normal que quando algo novo surge, sofra algum tipo de retaliação. Não é só uma questão da Binance”, comenta a porta-voz da corretora no Brasil, Mayra Siqueira.

Para ela, a Binance é uma empresa que nasceu e cresceu muito rápido e também chamou muita atenção. 

Contra o sistema tradicional

Criada em 2017, a principal corretora global de criptomoedas negocia cerca de US$ 80 bilhões todos os dias.

Se pensarmos em bancos tradicionais, como o Bank of England (BoE), são 327 anos de atuação e um patrimônio de US$ 1,22 trilhão, é inegável que a inovação das criptomoedas atraia olhares desconfiados do mercado.

“Nós estamos falando de governos, países e sistemas financeiros consolidados tradicionais. O bitcoin nasceu como uma afronta a esse sistema que sofreu com a crise de 2008”, diz.

A executiva da Binance destaca o caráter de disrupção das criptomoedas. “Quem criou o bitcoin foi alguém que olhou a crise e disse: ‘isso não dá pra ficar do jeito que está, nós estamos na mão dos grandes bancos do setor financeiro e eles fazem o que querem’”.

Ano da regulação

E se 2021 ficou conhecido como “o ano da adoção” das criptomoedas, 2022 será o ano da regulação desse mercado.

“É a primeira vez que eu falo com mais certeza sobre uma ‘regulação’ de criptomoedas, há muito tempo não tem uma regulação clara e os debates avançaram muito”.

No primeiro Papo Cripto de 2022, eu converso com Mayra Siqueira, a porta-voz da Binance no Brasil que, além de tudo, comenta os próximos passos da maior exchange do mundo no Brasil. Confira:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa surfa no otimismo internacional e abre em alta; dólar é negociado abaixo dos R$ 5

RESUMO DO DIA: Os sinais de alívio da covid-19 na China devolveu o apetite de risco dos investidores nesta terça-feira (17). O tom menos agressivo dos representantes do Federal Reserve na tarde de ontem (16) também incentivam uma busca por barganhas nas bolsas hoje. Por aqui, o Ibovespa acompanha os debates envolvendo a PEC 63, […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Positivo (POSI3) e lucro de 2% no bolso com Wiz (WIZS3)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Positivo Tecnologia (POSI3), com entrada em R$ 7,87; veja a análise das ações

O melhor do Seu Dinheiro

Velozes e autônomos: desafio Imigrantes; veja a história do dia e outras oito notícias que mexem com os seus investimentos

Descubra tudo o que você precisa saber sobre os carros autônomos e o que é preciso para eles ganharem de vez as estradas brasileiras

BARGANHANDO EM PÚBLICO?

Elon Musk acha que o Twitter tentou enganá-lo, suspende negociação e exige clareza sobre número de contas falsas

Twitter e Elon Musk divergem sobre quantidade de usuários falsos e spams; empresa fala em 5%, bilionário acha que é bem mais

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior reagem ao alívio da covid-19 na China e sobem pela manhã; Ibovespa acompanha PEC que pode gerar até R$ 7,5 bi em novos gastos

A proposta de reajuste para juízes e procuradores acontece em meio à greve dos servidores do Banco Central e Receita Federal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies