⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-15T18:40:36-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Market Makers

Bancos saíram fortalecidos do ambiente competitivo com fintechs, dizem gestores

Breno Guerbatin, da P8 Investimentos, e Felipe Campos, da Navi Capital falaram de bancos e outras teses no Market Makers desta semana

15 de setembro de 2022
18:40
Breno Guerbatin, da P8 Investimentos, e Felipe Campos, da Navi Capital, falaram de bancos e outras teses de investimento no Market Makers
Imagem: Rodrigo Tafuri/Market Makers

Na época em que começaram a surgir dezenas de fintechs diferentes no Brasil, muitos investidores compraram a tese de que elas iriam acabar com os bancos.

Seja pelo fato delas oferecerem produtos isentos de tarifas, seja por terem uma operação menos custosa, as fintechs realmente abalaram o mercado. Mas estão longe de acabarem com os bancos e, mais do que isso, acabaram fortalecendo os gigantes.

É nisso que acreditam os gestores Breno Guerbatin, da P8 Investimentos, e Felipe Campos, da Navi Capital. Eles trouxeram detalhes sobre suas teses de investimento no episódio #12 do Market Makers.

No papo com Thiago Salomão e Renato Santiago, Guerbatin revela que, hoje, o setor bancário é a maior posição do fundo P8 Iseran, o qual está com rendimento acumulado de 10,3% neste ano.

Destacam-se na carteira no P8 Iseran posições em Bradesco (BBDC3), Itaú (ITUB4), Banco do Brasil (BBAS3) e BTG Pactual (BPAC4).

"Esses grandes bancos têm esse contexto com um valuation legal num momento em que a gente está provando a tese de que é difícil pra caramba entrar e concorrer com esses caras aqui no Brasil", afirmou Guerbatin ao Market Makers.

Campos, da Navi, também tem uma alocação relevante no setor bancário, mas revelou que as posições em petróleo e agregados são maiores. O fundo Navi Long Bias está com performance positiva de 18% em 2022.

Quer ouvir o episódio #12 completo? Confira abaixo:

Também dá para assistir ao Market Makers no YouTube:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

A FORÇA DO VENTO

Copel (CPLE6) desembolsa R$ 1,8 bilhão por complexos eólicos no Rio Grande do Norte; veja detalhes

6 de outubro de 2022 - 19:49

A companhia destaca que os dois complexos estão um região que é considerada como “uma das melhores do mundo para a geração de energia de fonte eólica”

ELEIÇÕES 2022

Lula cede espaço para Bolsonaro no Nordeste e perde 9 pontos, segundo pesquisa Genial/Quaest

6 de outubro de 2022 - 19:25

O petista ainda segue liderando as intenções de voto na região onde sempre foi líder absoluto nas pesquisas, mas avanço do rival é um movimento significativo

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa emplaca mais uma alta, a disparada da Mobly (MBLY3) e o Nobel de Literatura; confira os destaques do dia

6 de outubro de 2022 - 18:51

Ao longo desta semana, o Ibovespa e os principais índices de Wall Street estão seguindo caminhos distintos.  Enquanto na B3 a alta do petróleo e a repercussão positiva do primeiro turno das eleições seguem levando a bolsa a patamares cada vez mais próximos dos 120 mil pontos, Nova York continua de olho na inflação e […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa pega carona com o petróleo mais uma vez e vai na contramão de NY; dólar também avança

6 de outubro de 2022 - 18:35

Embora o dólar tenha acompanhado a tensão internacional, o Ibovespa voltou a ir na contramão de Nova York com a ajuda do petróleo

UM PÉ NO TÚMULO

Fundo imobiliário MFII11 volta ao ramo de cemitérios com compra de participação em consórcio de serviços funerários

6 de outubro de 2022 - 18:26

O FII detém 35% do Consórcio Cortel São Paulo, responsável pela gestão, operação, manutenção e exploração de cinco cemitérios na capital paulista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies