🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Ana Carolina Neira
Ana Carolina Neira
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Macroeconomia e Finanças (FGV) e pós-graduação em Mercado Financeiro e de Capitais (PUC-Minas). Com passagens pelo portal R7, revista IstoÉ e os jornais DCI, Agora SP (Grupo Folha), Estadão e Valor Econômico, também trabalhou na comunicação estratégica de gestoras do mercado financeiro.
Enchendo o cofre

Turismo em alta? CVC (CVCB3) quer levantar até R$ 477 milhões com oferta de ações; veja os detalhes

No total, serão emitidos 46,5 milhões de papéis da companhia, com possibilidade de oferta adicional de 25%

Ana Carolina Neira
Ana Carolina Neira
14 de junho de 2022
10:30 - atualizado às 23:04
Fachada de loja da CVC (CVCB3)
Imagem: Divulgação

Conforme já vinha sido discutido há algum tempo — e de olho na recuperação do setor turístico neste momento da pandemia —, a CVC Brasil (CVCB3) confirmou nesta terça-feira (14) que irá realizar uma oferta primária de ações. Ou seja: a empresa pretende fortalecer o caixa, mesmo que isso implique numa diluição da base acionária.

Serão emitidos 46,5 milhões de novos papéis CVCB3, com a possibilidade de uma oferta adicional de 25%; a operação pode movimentar até R$ 477 milhões, considerando o fechamento de ontem, a R$ 8,21. A empresa planeja financiar o crescimento de suas operações e pagar parte do saldo devedor em aberto de debêntures de sua emissão.

A oferta é liderada pelo Citigroup e atende a Instrução 476 da CVM, com acesso limitado para investidores profissionais — aqueles cujas aplicações ultrapassam os R$ 10 milhões — e acionistas da CVC. Assim, investidores pessoa física, em sua maioria, não poderão participar da operação.

CVC (CVCB3): ambiente melhor, mas a recuperação ainda é lenta

A CVC (CVCB3) ainda busca se recuperar dos efeitos da pandemia, que afetou duramente o setor de turismo no mundo todo. Ainda que a demanda por viagens tenha aumentado nos últimos meses, com o fim das restrições de circulação e aplicação de vacinas, a empresa continua enfrentando dificuldades.

No primeiro trimestre deste ano, a companhia viu seu prejuízo líquido dobrar em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 166,8 milhões. De acordo com a própria CVC, o resultado se deve a baixa de créditos tributários realizados no período e não deve se repetir nos demais trimestres.

Na bolsa, as ações CVCB3 acumulam perdas de 38% desde o começo de 2022; no período de um ano, a desvalorização já chega a 68%. Logo na abertura da sessão desta terça, os papéis tinham leve alta de 0,97%, a R$ 8,29.

Compartilhe

DISPARADA DO CÂMBIO

Dólar bate os R$ 5,58 e fecha no maior patamar em duas semanas; confira o gatilho da alta de quase 2%

18 de julho de 2024 - 17:47

Mais cedo, o ministro da Fazenda disse ter recebido o sinal verde de Lula para avançar em estudos de corte no Orçamento, mas falas da ministra do Planejamento impulsionaram a moeda

OFERTA NA BOLSA

Fundo imobiliário VGIR11 anuncia emissão de até R$ 500 milhões e vai oferecer um ‘desconto’ nas cotas; confira os detalhes

18 de julho de 2024 - 14:59

O preço de emissão pago por quem decidir participar da operação, que é voltada a investidores no geral, será de R$ 9,85 por cada nova cota

RECOMENDAÇÃO DE COMPRA

As ações desta empresa já saltam mais de 57% em 2024, mas Itaú BBA diz que ‘o navio ainda não zarpou’ e papéis podem entrar para o Ibovespa ainda neste ano

18 de julho de 2024 - 12:37

O banco de investimentos publicou um novo relatório nesta quinta-feira (18) para reforçar ainda mais a sua visão positiva para a companhia

DESTAQUES DA BOLSA

Ação da BRF (BRFS3) desaba quase 7% na B3, e frigoríficos lideram as perdas do Ibovespa hoje. O que está por trás da queda?

18 de julho de 2024 - 12:16

O movimento acompanha a confirmação do Ministério da Agricultura de detecção de um foco da doença Newcastle no Rio Grande do Sul. Mas por que isso afeta o setor de proteínas?

PELA 3ª VEZ CONSECUTIVA

Fundo imobiliário BTAL11 volta a pagar os maiores dividendos de sua história e gestão diz como quer manter proventos no patamar recorde nos próximos meses

18 de julho de 2024 - 12:13

O FII pagará R$ 0,84 por cota neste mês, cifra que representa um dividend yield anualizado de cerca de 13,4%.

MAIS UM DIA DE TOMBO

Ações da Oi (OIBR3) já derretem 20% na semana com leilão que frustrou expectativas e adiamento de etapa da recuperação judicial

18 de julho de 2024 - 11:18

Parte do tombo é explicada pelo resultado do leilão da ClientCo, a antiga Oi Fibra, realizado na tarde de ontem.

COMPRADOS X VENDIDOS

Sabesp (SBSP3): investidor paga até 13% de aluguel para ficar vendido nas ações antes da oferta; entenda a estratégia

18 de julho de 2024 - 10:32

Mercado decidiu aproveitar a enorme diferença entre as cotações da Sabesp (SBSP3) na bolsa e o preço da oferta de ações

MUDANÇA NO MERCADO DE CÂMBIO

Banco Central eleva o limite de operações de câmbio feitas em instituições não bancárias

17 de julho de 2024 - 19:20

Segundo a autoridade monetária, a medida tem por objetivo aumentar a eficiência e a competitividade

AMORTIZAÇÃO DE CAPITAL

Fundo imobiliário confirma que vai depositar mais de R$ 30 por cota na conta dos investidores após retorno alto com CRI

17 de julho de 2024 - 17:07

O resgate antecipado de um CRI rendeu R$ 23 milhões para o FII RBLG11 e dividendos fartos e uma amortização de capital para os cotistas

DESTAQUES DA BOLSA

Usiminas (USIM5) sobe mais de 4% na bolsa brasileira hoje. É hora de comprar a ação?

17 de julho de 2024 - 15:33

A BlackRock aumentou a fatia que detém na companhia e atingiu uma participação acionária de 5,075% do total de ações preferenciais classe A

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar