O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-18T11:13:28-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Ibovespa reformulado

A SLC (SLCE3) vem aí: empresa é mantida na 2ª prévia do novo Ibovespa; nenhuma ação foi excluída

A SLC (SLCE3), produtora agrícola focada em algodão, soja e milho, segue entre as mais cotadas para integrar o Ibovespa entre maio e agosto

18 de abril de 2022
11:13
Imagem aérea da Fazenda Paiaguás, pertencente à SLC Agrícola (SLCE3), em Diamantino (MT)
Imagem aérea da Fazenda Paiaguás, pertencente à SLC Agrícola (SLCE3), em Diamantino (MT) - Imagem: Divulgação SLC Agrícola

É verdade: o jogo só acaba quando termina. Mas, passados 2/3 da partida, a SLC Agrícola (SLCE3) parece bem posicionada para entrar no clube VIP da bolsa — as ações da empresa, que já tinham sido incluídas na primeira prévia da nova carteira do Ibovespa, voltaram a aparecer na segunda versão, divulgada há pouco pela B3. E, mais uma vez, nenhum papel foi excluído do portfólio nessa versão preliminar.

Isso não necessariamente quer dizer que as ações SLCE3 farão parte da carteira do Ibovespa entre maio e agosto; o que vale é a terceira e derradeira prévia, a ser reportada no dia 28 de abril. De maneira semelhante, outros papéis que não foram citados nos documentos anteriores podem ser incluídos na última versão — eventuais exclusões no portfólio também não estão descartadas.

Mas, por ora, as coisas parecem muito bem encaminhadas para a SLC, cuja participação no novo Ibovespa tende a girar ao redor de 0,215%. É uma fatia relativamente pequena, mas que a deixaria longe da lanterninha: essa segunda prévia da carteira mostra que há 20 ações com uma fatia inferior à da potencial estreante.

Ibovespa: quem manda?

As prévias divulgadas pela B3 não servem apenas para mostrar as eventuais inclusões ou exclusões na carteira quadrimestral do Ibovespa. Também são feitos cálculos quanto ao peso relativo de cada papel no portfólio, seguindo uma série de critérios — as contas levam em consideração o giro diário dos ativos e suas cotações em si, entre outros fatores; as chamadas "penny stocks", cujo preço fica consistentemente abaixo de R$ 1,00, não são elegíveis.

Dito isso, não há mudanças no topo do Ibovespa: as "blue chips" — ações de grande liquidez e valor de mercado elevado — continuam dominando o índice em termos de participação relativa. No máximo, há alterações quanto ao peso de cada papel; Vale ON (VALE3), por exemplo, perdeu mais de 1 ponto, mas segue com folga na liderança:

PosiçãoIbovespa hoje (18/04)Participação na carteira2ª prévia do novo IbovepsaParticipação na carteira
VALE316,292%VALE314,932%
PETR46,572%PETR46,635%
ITUB45,793%ITUB45,894%
BBDC44,627%BBDC44,671%
PETR34,324%PETR34,405%
B3SA34,046%B3SA34,031%
ABEV32,95%ABEV32,992%
BBAS32,302%BBAS32,323%
JBSS32,286%JBSS32,307%
10ºWEGE32,207%WEGE32,228%

Esse top 10 deixa claro uma situação incômoda: por mais que a B3 esteja se esforçando para ampliar e diversificar o Ibovespa — caso a SLC Agrícola (SLCE3) seja incluída na carteira, o índice chegará ao recorde de 91 ações de 88 empresas diferentes —, fato é que o portfólio segue bastante concentrado em poucos papéis.

Somados os pesos relativos dessas 10 ações mais importantes, chegamos a uma fatia de mais de 50% da carteira do Ibovespa — os outros 81 papéis, assim, dividiriam os 50% restantes. Positivo ON (POSI3), por exemplo, responde por apenas 0,03% do índice nesta segunda prévia.

SLC Agrícola (SLCE3): bom momento na bolsa

Apesar das incertezas que rondam as commodities agrícolas por causa da crise dos fertilizantes, as ações da SLC (SLCE3) apresentam um desempenho bastante sólido em 2022: desde o começo do ano, os papéis acumulam ganhos de mais de 18%, embora estejam distantes das máximas do ano.

Em termos de avaliação do mercado, as opiniões são divididas: das nove recomendações de analistas compiladas pelo TradeMap, seis são de compra, uma é neutra e duas são de venda. O preço-alvo médio é de R$ 50,51, o que abre espaço para uma valorização adicional de 4,1% em relação à cotação atual.

No quarto trimestre de 2021, a SLC reportou receita líquida de R$ 1,55 bilhão, alta de 11,7% na comparação anual. O lucro aumentou 29,4% na mesma base, chegando a R$ 193 milhões.

Desempenho das ações ON da SLC Agrícola (SLCE3) desde o começo de 2022

A terceira prévia do Ibovespa será divulgada no dia 28 de abril; o novo portfólio começa a valer a partir do dia 2 de maio e terá validade de quatro meses.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

CAMINHO ABERTO

TCU aprova privatização da Eletrobras (ELET3); fique por dentro da decisão do tribunal

Uma das prioridades do governo federal, privatização da Eletrobras ainda enfrenta outros obstáculos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies