Menu
2021-01-25T20:40:35-03:00
Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Fechamento

Dólar sobe, Eletrobras fecha em queda no exterior e ações de tecnologia sustentam alta de índices nos EUA

Renúncia de Ferreira Junior ao cargo de presidente da estatal brasileira afeta confiança dos investidores na privatização; S&P 500 e Nasdaq fecham em alta

25 de janeiro de 2021
20:36 - atualizado às 20:40
Selo Mercados Touro e Urso
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A B3 não funcionou nesta segunda-feira, 25, devido ao aniversário da cidade de São Paulo. Mas isso não quis dizer que o Brasil teve um dia tranquilo nos mercados.

O dólar comercial operava em alta e fechou em 0,60%, cotado a R$ 5,5125. Já o EWZ, maior fundo de índice de ações brasileiras negociado no exterior, fechou o dia em queda de 1,48%.

Em janeiro, o EWZ acumula queda de 6,9% em janeiro.

O resultado negativo de hoje foi puxado pelas ações da Eletrobras, cujos ADRs (recibos de ações) sofreram queda de 7,59%, cotados a US$ 5,26 por volta das 16h45 de Brasília, após a renúncia do então presidente Wilson Ferreira Junior. O executivo assumiu a presidência da BR Distribuidora, privatizada em 2019.

O anúncio afetou de vez a confiança dos investidores na possibilidade de privatização da estatal de energia. Trata-se de mais um baque para a ala liberal do governo Bolsonaro, que vem sofrendo baixas desde o ano passado.

Ações de tecnologia seguram índices dos EUA

Em Nova York, os índices S&P500 e Nasdaq fecharam em altas de 0,36% e 0,69%, respectivamente, puxados pelas ações do setor de tecnologia. O Dow Jones, porém, fechou em queda de 0,12%.

Com o aumento recente de casos de coronavírus no exterior, os investidores resolveram inverter nas últimas sessões o movimento de rotação que vinha beneficiando as ações de empresas que ganham com a reabertura da economia.

A semana é marcada ainda pela divulgação dos balanços de pesos pesadíssimos da tecnologia como Microsoft, Apple, Facebook, Tesla e Amazon, o que ajuda a sustentar algum otimismo nos negócios.

A notícia de que o Estado da Califórnia pode flexibilizar as medidas de isolamento social também animou os investidores mais cedo. Mas o fato é que o avanço da covid-19 e a descoberta de novas mutações do vírus seguem preocupando o mercado.


Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O melhor do seu dinheiro

Alguém chame os bombeiros

Hoje tivemos mais um dia de grande volatilidade nos mercados brasileiros, que entraram em parafuso com o temor de que o teto de gastos poderia vir a ser furado. Os investidores aguardam com grande ansiedade a votação da PEC Emergencial, aquela que permitirá o retorno do auxílio emergencial. E rumores de que ela seria desidratada […]

FECHAMENTO

Em dia de alta volatilidade, Lira salva Ibovespa de um fiasco e segura o dólar em R$ 5,66

A volatilidade reinou absoluta nesta quarta-feira (03) e mais uma vez Brasília foi responsável por movimentar os negócios no Brasil. Lá fora, o dia foi de cautela com a alta dos juros futuros

Luz no fim do túnel?

Ministério da Saúde avança em negociações com laboratórios para comprar vacinas

A declaração do MS foi dada pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Crypto News

Bitcoin para leigos e descrentes também

Descrever algo tão complexo como o Bitcoin exige repertório, dedicação e um pouco de sedução de quem apresenta.

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies