🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Estadão Conteúdo
FESTA DOS ACIONISTAS

É recorde! Com commodities nas alturas, Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) pagam R$ 136 bilhões em dividendos neste ano

Os proventos serão distribuídos a mais de 1 milhão de acionistas, sendo 850 mil da petroleira e 300 mil da mineradora

onda dinheiro dividendos
Imagem: Shutterstock

As gigantes Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) vão ser as duas maiores distribuidoras de lucros do mercado brasileiro, com pagamentos recordes de dividendos para seus acionistas em 2021, mostra levantamento da consultoria Economatica a pedido do Estadão.

Os pagamentos, que devem somar pelo menos R$ 136,4 bilhões em 2021, serão distribuídos a mais de 1 milhão de acionistas - sendo 850 mil da estatal e quase 300 mil da mineradora. Vale destacar que, atualmente, as rendas relativas a dividendos não pagam Imposto de Renda (IR) no País.

No caso da Petrobras, o grande "premiado" é o próprio governo. Entre valores já pagos pela empresa e previstos até dezembro, de R$ 63,4 bilhões, R$ 23,3 bilhões devem ser pagos à União (incluindo a fatia do BNDES). Outros cerca de 850 mil acionistas, sendo 750 mil no Brasil, receberão R$ 40,1 bilhões.

A Vale, por sua vez, tem 291 mil acionistas pessoas físicas, 2,6 mil pessoas jurídicas e 2,2 mil institucionais, como fundos de pensão. Os investidores que aplicam diretamente em ações recebem o dividendo via depósito na conta da corretora.

O levantamento mostra que a Vale distribuiu R$ 73 bilhões até setembro, o maior valor entre as empresas listadas na B3, a Bolsa brasileira. A Petrobras aparece em segundo lugar no ranking, com pagamento de R$ 31,6 bilhões em 2021 até setembro, valor que vai dobrar até o mês que vem.

Em terceiro lugar aparece o Bradesco, com R$ 9 bilhões, seguido de Santander Brasil, Itaú Unibanco e Banco do Brasil.

Ciclo das commodities

Os números refletem uma fase de preços das commodities nas alturas, o que resultou em forte geração de caixa. No caso da Petrobras, o barril de petróleo tipo Brent está na casa dos US$ 80, maior nível em oito anos. O fluxo de caixa elevado também é reflexo da política de preços dos combustíveis, que gerou críticas do presidente Jair Bolsonaro, que vê como "absurdos" os lucros distribuídos.

A decisão da estatal em focar nos dividendos para investidores ocorreu em 2016 e vem ganhando força. A petroleira definiu que, após reduzir seu endividamento bruto a US$ 60 bilhões, retornaria 60% do seu fluxo de caixa livre aos acionistas. Essa meta foi batida no terceiro trimestre.

Já o minério de ferro chegou a US$ 230 a tonelada em maio, um recorde, antes de começar a ceder diante das incertezas sobre a China.

"A Vale gera muito caixa e não vive um grande ciclo de investimentos. O endividamento está baixo, perto de zero. E, mesmo com as obrigações por Mariana e Brumadinho (reparação por conta dos desastres), a dívida expandida está abaixo da meta de US$ 15 bilhões", afirma Daniel Sasson, analista do Itaú BBA.

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

GUERRA NOS TRIBUNAIS

Justiça nega pedido de liminar para barrar dividendos bilionários da Petrobras (PETR4); ação foi movida por Anapetro e parlamentares após estatal anunciar pagamento antecipado

13 de setembro de 2022 - 19:53

Os reclamantes pedem que a distribuição de proventos da companhia fique limitada ao mínimo legal de 25% do lucro líquido

NOITE DE PROVENTOS

Dividendos: Tim (TIMS3) e Carrefour (CRFB3) anunciam R$ 750 milhões em JCP; veja como receber

12 de setembro de 2022 - 19:31

A empresa de telecomunicações é quem pagará a maior soma para quem estiver em sua base acionária na próxima semana

VALOR ATUALIZADO

Eletrobras (ELET3) vai pagar mais de R$ 1,3 bilhão em dividendos na próxima semana e o valor por ação cresceu; veja quem tem direito à bolada

1 de setembro de 2022 - 19:25

A empresa guardou uma surpresa para os acionistas no valor por ação da distribuição, que foi atualizado com base na variação da taxa Selic

A FONTE VOLTOU A JORRAR

Fundo imobiliário de hotéis volta a pagar dividendos após deixar mais de 22 mil cotistas sem proventos por dois anos e meio

1 de setembro de 2022 - 17:17

Apesar da recompensa, porém, quem manteve o FII na carteira nesse período viu as cotas recuarem mais de 25%

Acabou a festa?

O Itaú (ITUB4) não vai aumentar o percentual de dividendos pagos sobre o lucro aos acionistas, e o CEO explica por quê

1 de setembro de 2022 - 15:04

Porcentagem do lucro do Itaú distribuído aos acionistas na forma de dividendos já chegou a 90%, mas hoje está em 25%

DE OLHO NAS REDES

A Petrobras (PETR4) é a maior ‘vaca leiteira’ do mundo: estatal vence Apple e outras gigantes globais ao se tornar a maior pagadora de dividendos do planeta — descubra quais outras empresas estão no ranking

25 de agosto de 2022 - 14:42

Após distribuir quase R$ 50 bilhões em dividendos no segundo trimestre, a Petrobras e é a maior pagadora de proventos do mundo; confira o ranking

Distribuição de lucros

Dividendos: Porto Seguro (PSSA3) anuncia quase R$ 400 milhões em JCP; Kepler Weber (KEPL3) também distribuirá proventos

24 de agosto de 2022 - 19:06

Data de corte é a mesma em ambos os casos; veja quem tem direito a receber os proventos das empresas

PREPARADO PARA A BATALHA

Deflação pressiona FIIs de papel, mas Maxi Renda (MXRF11) garante que vai sustentar os dividendos — saiba como

24 de agosto de 2022 - 14:03

O fundo, que é o maior da indústria em número de cotistas, aposta em duas estratégias para manter o patamar atual dos proventos

ALÔ, ACIONISTAS

A coroa é dela: Petrobras (PETR4) vence Nestlé e se torna a maior pagadora de dividendos do mundo; Vale (VALE3) deixa o top 10

24 de agosto de 2022 - 13:02

Segundo o Índice Global de Dividendos da gestora Janus Henderson, a petroleira superou gigantes como a Microsoft e a Apple

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar