🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Acabou a festa?

O Itaú (ITUB4) não vai aumentar o percentual de dividendos pagos sobre o lucro aos acionistas, e o CEO explica por quê

Porcentagem do lucro do Itaú distribuído aos acionistas na forma de dividendos já chegou a 90%, mas hoje está em 25%

Flavia Alemi
Flavia Alemi
1 de setembro de 2022
15:04
Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú Unibanco (ITUB4)
Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú Unibanco - Imagem: Divulgação/Itaú Unibanco

Para quem já viu o Itaú (ITUB4) pagar quase 90% de payout, ou seja, a porcentagem do lucro distribuído aos acionistas em dividendos, a média de 25% dos últimos três anos parece muito baixa.

E, de acordo com Milton Maluhy, CEO do maior banco privado brasileiro, não há intenção de elevar esse percentual no curto e médio prazos. Mas ele defende que a métrica a ser analisada não deveria ser essa.

Antes de explicar por que, primeiro é necessário entrar num assunto um pouco técnico para entender o que mudou no pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP) do Itaú.

Itaú antes da pandemia

Antes de 2020, ano em que começou a pandemia, o Itaú vinha elevando o nível do payout ano após ano. Segundo Maluhy, o banco estava com capital elevado e, ao analisar as perspectivas para o futuro, não havia projeção de que o crescimento fosse consumir esse capital.

De lá para cá, o Itaú começou a trabalhar com um nível de capital mais próximo do que é definido pelo conselho. Isto significa seguir uma regra que compara o nível de rentabilidade com o crescimento dos ativos ponderados por risco.

Por ativos ponderados por risco, leia-se: crescimento das carteiras de crédito, dos riscos de mercado e dos riscos operacionais.

“Quando a gente percebe que tem um crescimento importante desses ativos ponderados por risco e nosso capital está mais próximo do definido pelo apetite, a gente tende a ir para o payout tão falado”, explicou Maluhy durante o Itaú Day 2022.

Resultados maiores, dividendos também?

Mas, apesar de o payout ter diminuído, o executivo diz que o dividendo que os acionistas de ITUB3 e ITUB4 recebem é maior. E tende a continuar assim porque os resultados do banco também são maiores.

Maluhy defende que, em vez de olhar o percentual do lucro distribuído, é preciso olhar o lucro por ação, além dos dividendos e JCP.

Isto porque ao dividir o total de dividendos pagos por ação em um ano pelo lucro por ação no mesmo período, chega-se a um indicador chamado dividend payout ratio. Ele indica se os dividendos pagos por uma empresa estão alinhados com o lucro.

Empresas que têm altos índices de payout costumam ser vistas como boas pagadoras de dividendos, o que é até verdade. Por outro lado, isso também pode indicar que uma parte muito pequena dos lucros está sendo reinvestida na companhia.

Leia mais:

Compartilhe

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) desabaram 13% e lideraram as perdas do Ibovespa na semana — enquanto Usiminas (USIM5) subiu 5%?

20 de julho de 2024 - 9:22

As ações do Pão de Açúcar atraíram os holofotes dos investidores na semana após uma sangria na bolsa brasileira. Veja o que está por trás da queda dos papéis

PERSPECTIVAS PARA OS PROVENTOS

Com R$ 2 bilhões entrando no caixa, a Eletrobras (ELET3) vai distribuir mais dividendos? Veja o que diz o Goldman Sachs

19 de julho de 2024 - 19:46

O banco acredita que a oferta irá aumentar a liquidez da companhia e potencialmente abrir espaço para proventos mais elevados no futuro

RANKING DA QUANTUM

Os reis das ‘penny stocks’: Americanas (AMER3), Oi (OIBR3) e outras ações com a maior sequência de pregões no patamar de centavos

19 de julho de 2024 - 16:41

Um estudo da Quantum mostra que companhias que enfrentaram processos de recuperação judicial dominam o ranking de penny stocks

GESTÃO EXPLICA

Fundo imobiliário com mais de 150 mil cotistas anuncia os menores dividendos em mais de dois anos; por que os proventos do ALZR11 estão em queda?

19 de julho de 2024 - 13:07

O histórico de distribuições de 2024 mostra que os valores depositados pelo FII recuaram cerca de 11,2% desde janeiro

REAÇÃO DAS BOLSAS

Apagão cibernético: ação da CrowdStrike, empresa que causou a pane nos sistemas da Microsoft e derrubou serviços no mundo todo, despenca em NY

19 de julho de 2024 - 12:08

Vale relembrar que, mais cedo, uma atualização nos sistemas da CrowdStrike causou uma pane generalizada nos sistemas da Microsoft

MERCADO FINANCEIRO

Renda fixa brilha no 1º semestre e impulsiona captação de fundos. Veja as 10 gestoras que mais levantaram dinheiro no período

18 de julho de 2024 - 18:38

No “Top 10” das empresas que mais levantaram dinheiro no período, a cifra chega a R$ 202,2 bilhões, de acordo com a Quantum Finance

DISPARADA DO CÂMBIO

Dólar bate os R$ 5,58 e fecha no maior patamar em duas semanas; confira o gatilho da alta de quase 2%

18 de julho de 2024 - 17:47

Mais cedo, o ministro da Fazenda disse ter recebido o sinal verde de Lula para avançar em estudos de corte no Orçamento, mas falas da ministra do Planejamento impulsionaram a moeda

OFERTA NA BOLSA

Fundo imobiliário VGIR11 anuncia emissão de até R$ 500 milhões e vai oferecer um ‘desconto’ nas cotas; confira os detalhes

18 de julho de 2024 - 14:59

O preço de emissão pago por quem decidir participar da operação, que é voltada a investidores no geral, será de R$ 9,85 por cada nova cota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar