Menu
2021-01-06T18:38:51-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
pandemia implacável

Gol mantém recuperação em dezembro, mas fecha 2020 com números negativos

Demanda fecha ano com queda de 52%, enquanto oferta de voos recua 51%, apesar de retomada vista a partir do segundo semestre

6 de janeiro de 2021
9:20 - atualizado às 18:38
gol
Gol Linhas Aéreas - Imagem: Shutterstock

A Gol (GOLL4), junto com outras companhias aéreas no Brasil e no mundo, enfrentou uma situação muito difícil em 2020. A pandemia de covid-19 paralisou suas atividades no começo do ano, tendo um impacto significativo em suas finanças.

A partir do segundo semestre, ela começou a apresentar retomada das atividades, a ponto de se sentir confiante para reabrir bases e voltar a voar em algumas rotas. Ainda assim, as operações permaneceram muito aquém do histórico, fazendo com que a empresa fechasse o ano com saldo negativo.

Dados divulgados nesta quarta-feira (6) mostram que a Gol encerrou 2020 com queda de 52% na demanda total por voos e recuo de 51% na oferta, o que resultou em uma contração de 1,9 ponto percentual (p.p.) da taxa de ocupação das aeronaves, que alcançou 80%.

Em dezembro, quando novamente só operou voos domésticos, a demanda cresceu 33% sobre novembro e a oferta aumentou 38%. A taxa de ocupação foi de 81%, abaixo dos 84,5% apurados no mês anterior.

No mês passado, a Gol operou uma média de 476 voos por dia, acima dos 369 voos registrados em novembro. Ela também reabriu três bases (Jericoacoara, Caldas Novas e Cabo Frio) e adicionou 2.052 operações nos aeroportos de Guarulhos e Congonhas (São Paulo), Santos Dumont e Galeão (Rio de Janeiro), Brasília, Fortaleza e Salvador.

Situação financeira

No começo de dezembro, a Gol divulgou que a retomada da demanda permitiu que ela apresentasse um fluxo de caixa positivo antes do planejado, a primeira vez desde o início da pandemia de covid-19.

Ela registrou uma geração líquida de R$ 3 milhões ao dia em novembro, valor que considera o pagamento integral de suas obrigações com dívidas e despesas financeiras. Anteriormente, ela projetava um consumo de caixa do mesmo montante.

Para dezembro, levando em conta as receitas estimadas e uma certa manutenção das condições, a expectativa da Gol era de uma geração líquida de caixa da ordem de R$ 3 milhões ao dia. A nota divulgada hoje não traz informações sobre o tema.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Educação

Ações da Cogna avançam, mesmo com prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no 1º trimestre

Confira outros destaques do balanço da empresa, que viu uma queda de 18,1% nos investimentos

Exile on Wall Street

As bolsas deixaram os fundamentos de lado esta semana — mas você não deve!

A semana é de resultados, mas não se fala em outra coisa a não ser na alta de juros, após reunião do Copom que levou a Selic para 3,5% ao ano. Além disso, a inflação americana, que veio acima da expectativa, elevou as estimativas de juros futuros nos Estados Unidos.  Com isso, mesmo empresas com […]

esg

BTG e consórcio de investidores compram ativos florestais da Arauco no Chile por US$ 385,5 milhões

Segundo o banco, a transação do TIG envolve cerca de 80,5 mil hectares de áreas florestais de “alta qualidade e com manejo sustentável”, nas regiões do Centro e Sul do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies