O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-06-04T20:42:42-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Reorganização

Gol divulga relação de troca de ações na incorporação da Smiles

Com o resultado atingido, Gol emitirá 22,4 milhões de ações preferenciais, representando 5,4% da companhia numa base diluída

4 de junho de 2021
20:42
Avião da Gol pintado com o logo do Smiles
Avião da Gol pintado com o logo do Smiles - Imagem: Divulgação

A Gol (GOLL4) divulgou, na noite desta sexta-feira (04), o resultado da seleção da relação de troca pelos acionistas da Smiles (SMLS3) no processo de incorporação do seu programa de fidelidade.

"A GOL alcançou o melhor resultado para seus stakeholders ao minimizar a diluição e autofinanciar a contrapartida com liquidez acumulada ao longo do tempo na Smiles", diz a companhia aérea em comunicado.

A troca das ações ordinárias dos acionistas da Smiles pelas ações preferenciais da companhia aérea na reorganização societária seguirá a seguinte relação de troca:

  • 44% das ações ordinárias da Smiles (SMLS3) serão trocadas por R$ 5,11 mais 0,6601 ação preferencial da GOL (GOLL4);
  • 56% das ações ordinárias da Smiles (SMLS3) serão trocadas por R$ 18,51 mais 0,1650 ação preferencial da Gol (GOLL4).

Os valores são inferiores aos da última proposta. Com isso, a Gol emitirá 22,4 milhões de ações preferenciais, representando 5,4% da companhia numa base diluída.

"Essa diluição de 5,4% é significativamente inferior à diluição máxima possível de aproximadamente 10% se todos os acionistas da Smiles tivessem optado por receber a Relação de Troca Base. Devido à diluição 46% menor com base nos resultados da seleção, a GOL espera que a transação produza um acréscimo nos ganhos por ação", diz a companhia.

O desembolso total da Gol no fechamento da reorganização societária da Smiles, esperada para 23 de junho, será de R$ 744 milhões.

"É importante ressaltar que o resultado do processo de seleção preservou a flexibilidade financeira da GOL, e a Companhia estima encerrar o 2T21 com cerca de R$ 4 bilhões de liquidez total", diz a Gol.

Segundo a aérea, a reintegração da Smiles, que vem sendo tentada desde 2019, deve proporcionar "diversas sinergias operacionais, financeiras e tributárias que não estavam disponíveis às empresas separadamente, as quais podem ultrapassar R$ 400 milhões por ano".

"Isso será alcançado, principalmente, por meio de melhorias no gerenciamento de receitas, da gestão mais dinâmica do estoque de assentos, da unificação das iniciativas de marketing, de otimização na gestão dos yields e de eficiências tributárias. Ademais, a Companhia acredita que a reintegração posiciona a entidade combinada para maximizar o valor no ambiente operacional pós-Covid-19, aumentando tanto a competitividade do mercado como a geração de fluxo de caixa", conclui o comunicado.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOITE CRIPTO

Não deu para o bitcoin (BTC): maior criptomoeda do mundo tenta, mas patamar de US$ 30 mil escapa; confira cotações

Agora, os investidores devem permanecer tentando sustentar esse suporte psicológico importante e entrar na próxima semana no “zero a zero”, antes de tentar buscar novas altas

REVISÃO CUSTOU CARO

B3 (B3SA3) volta a corrigir erro nos dados e revela que 2021 terminou com fluxo estrangeiro negativo após R$ 77,9 bilhões em dinheiro gringo “sumirem” da conta

Vale lembrar que a entrada de capital estrangeiro ajuda na performance do mercado acionário e de câmbio. Por isso, a nova cifra não pinta um quadro positivo para o país

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa ignora tensão em Nova York, os planos de Elon Musk para o Brasil e o salto da GetNet; confira os destaques do dia

Por enquanto, o Ibovespa segue avançando, apesar do desempenho ruim das bolsas pelo mundo

FIQUE DE OLHO

Em semana de ata do Fed, destaque no Brasil fica por conta do IPCA-15; confira a agenda completa de indicadores

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa escapa do mau humor em NY e sobe mais de 1% na semana; dólar fica abaixo dos R$ 5

O S&P 500 chegou a entrar oficialmente em “bear market”, mas os estímulos na China salvaram a semana do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies