Menu
2021-06-11T08:46:13-03:00
Estadão Conteúdo
Aporte generoso

Com aposta na retomada do turismo startup Buser recebe aporte de R$ 700 milhões

A empresa anunciou que o aporte é liderado pelo fundo LGT Lightrock e a rodada também contou com a participação de Softbank, Monashees, Valor Capital Group, Globo Ventures e Canary, além de Iporanga Ventures

11 de junho de 2021
8:46
buser
Imagem: Divulgação

Em uma aposta na retomada do turismo, a startup mineira Buser, de transporte intermunicipal de ônibus, anunciou nesta quinta, 10, um aporte de R$ 700 milhões, liderado pelo fundo LGT Lightrock.

A rodada também contou com a participação de Softbank, Monashees, Valor Capital Group, Globo Ventures e Canary, todos investidores da Buser nas séries anteriores, além de Iporanga Ventures.

Segundo a empresa, a rodada é parte de um plano de investimento de R$ 1 bilhão no Brasil nos próximos dois anos, que inclui a entrada em novos negócios - além do aporte, a Buser usará caixa próprio para atingir o valor previsto.

"A maior parte dos recursos será usada para expansão nacional, que envolve vários gastos como equipe, promoções e melhorias das estações de embarque. Dentro disso, cerca de R$ 200 milhões serão usados para financiar veículos para os nossos parceiros", disse ao Estadão Marcelo Abritta, cofundador e da Buser.

Além de explorar o transporte de passageiros, a Buser agora está voltando atenções para quatro novos segmentos: marketplace em parceria com grandes viações, transporte de cargas, financiamento de ônibus e transporte urbano.

O potencial para continuar crescendo pode ser ainda mais forte, de acordo com Gilberto Sarfati, professor de inovação da Fundação Getúlio Vargas (FGV). "O aporte vai ajudar a expandir e preparar a empresa pro momento em que o número de viagens aumentar. O potencial para expandir para outras regiões do Brasil é grande e é um bom momento para eles receberem esse investimento."

Pandemia

O setor de turismo foi um dos mais impactados pela pandemia. As atividades turísticas já somam um prejuízo de R$ 341,1 bilhões desde o início da pandemia de covid-19 - o setor chegou a abril deste ano operando com 61,4% da sua capacidade mensal de geração de receitas, segundo cálculo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Buser também sofreu com o cenário e chegou a ficar cerca de 3 meses sem nenhuma operação no ano passado. O começo da retomada das atividades, porém, trouxe bons números: segundo a Buser, em dezembro de 2020, seu volume de passageiros foi o dobro em relação ao mesmo mês de 2019.

Para Guilherme Fowler, professor de inovação do Insper, o aporte na Buser é uma aposta de que a economia vai retomar com o avanço da vacinação. "Talvez seja otimismo demais, mas se a vacinação for rápida, pode haver um aumento de movimento de turismo interno mais rápido que viagens internacionais e a Buser se favoreceria", explica.

Assim, a Buser espera crescer 10 vezes em faturamento até o final de 2022 - quanto a funcionários, a meta é triplicar a equipe neste período, chegando a 600 pessoas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

disparada das ações

Vítima da crise de 2008, Brasil Brokers (BBRK3) vira alvo de especulação na bolsa

Papéis subiram mais de 80% apenas nesta quarta-feira, mas empresa diz desconhecer razão para o movimento; BR Brokers registra sucessivos prejuízos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies