Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-09T18:32:49-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Balanço

Banco do Brasil (BBAS3) tem lucro de R$ 5,139 bilhões no terceiro trimestre, acima do esperado pelo mercado

Apesar da alta de 47,6% no lucro, a rentabilidade sobre o patrimônio líquido do Banco do Brasil segue abaixo dos concorrentes privados

8 de novembro de 2021
18:52 - atualizado às 18:32
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília.
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília - Imagem: Fernando Bizerra/Agência Senado

Com queda nas provisões e melhora nas margens, o Banco do Brasil (BBAS3) registrou lucro líquido de R$ 5,139 bilhões no terceiro trimestre deste ano.

O resultado representa uma alta de 47,6% em relação ao mesmo período de 2020 e superou as projeções do mercado, que estimava um lucro de R$ 4,627 bilhões para o BB.

Com a alta no lucro, a rentabilidade sobre o patrimônio líquido do Banco do Brasil subiu de 12% para 14,3%, também na comparação com o terceiro trimestre do ano passado. Mas apesar do avanço, o retorno do banco segue bem inferior ao dos concorrentes privados.

Junto com o balanço, o BB também revisou as projeções para o ano, e agora estima que vai alcançar um lucro entre R$ 19 bilhões e R$ 21 bilhões. A projeção anterior variava de R$ 17 bilhões a R$ 20 bilhões em 2021.

Leia também:

Crédito do Banco do Brasil avança

A carteira de crédito do Banco do Brasil atingiu R$ 814,2 bilhões, um forte crescimento de 6,2% no trimestre. Na comparação com setembro do ano passado, a alta foi de 11,4%.

No relatório que acompanha o balanço, o BB destaca o desempenho das operações com as pessoas físicas, as micro, pequenas e médias empresas (MPME) e com o agronegócio.

Com o resultado, o banco revisou para cima a estimativa de crescimento dos financiamentos no ano para até 16% — contra uma projeção anterior de até 12%.

O avanço do crédito acontece ao mesmo tempo em que a inadimplência permaneceu comportada. O índice de atrasos acima de 90 dias na carteira do Banco do Brasil ficou em 1,82% no terceiro trimestre, praticamente estável em relação a junho e bem abaixo dos 2,43% de 12 meses antes.

A inadimplência comportada permitiu ao banco reduzir em 29% as despesas com provisão para calotes, que somaram R$ 3,9 bilhões no terceiro trimestre.

Com o crescimento dos financiamentos, a margem financeira do BB aumentou 11,9% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. A linha que contabiliza as receitas com crédito menos os custos de captação também se beneficiou do forte resultado da Tesouraria do banco no período.

Tarifas e despesas

O bom desempenho no crédito acabou compensando o resultado mais fraco do Banco do Brasil nas receitas de prestação de serviços. Elas cresceram apenas 2,2% na comparação com o período de julho a setembro de 2020.

Por outro lado, o BB vem demonstrando um bom controle de custos. As despesas administrativas registraram alta de apenas 1% no trimestre.

O índice de eficiência — que representa a relação entre as despesas e as receitas operacionais — no acumulado em 12 meses alcançou 35,9%, melhor patamar da série histórica. Por esse indicador, quanto menor o índice, melhor a eficiência.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies