Menu
2021-05-03T13:12:15-03:00
Renan Sousa
Cripto corrida

Segunda principal criptomoeda do mercado, Ethereum bate novo recorde e faz de co-fundador um bilionário

Quem comprou o Éter em primeiro de janeiro a US$ 743 agora sorri de orelha a orelha com a moeda valendo US$ 2.128, uma alta de 286% em aproximadamente 90 dias

3 de maio de 2021
13:12
Foguete Etherum
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A segunda principal criptomoeda do mundo vem surpreendendo em resultados nos últimos meses. Hoje, o ethereum (ETH) bateu mais um recorde, atingindo os US$ 3.100 (R$ 16.928,64) pela primeira vez na sua história. 

Após um crash nos preços das criptomoedas no final do mês passado, o Ethereum já acumula alta de 25,64% nos últimos sete dias. Não apenas isso: essa moeda já acumulou as cinco maiores altas do mercado de cripto desde o início do ano.

Quem comprou o Éter em primeiro de janeiro a US$ 743 agora sorri de orelha a orelha com a moeda valendo US$ 2.128, uma alta de 286% em aproximadamente 90 dias.

27 anos e bilionário com cripto

Mas quem deve estar ainda mais feliz é o co-fundador da ethereum, Vitalik Buterin. O programador russo-canadense possui cerca de 333.500 moedas, de acordo com o site Etherscan, que acompanha a transparência da rede. O endereço de Buterin indicava US$ 1.048.512.801,44 em Ethereum até o fechamento desta matéria.

A conta de Vitalik Buterin. Fonte: Etherscan

O que explica essa alta?

A rede da ethereum é um pouco diferente das outras. A blockchain dessa criptomoeda é totalmente descentralizada e funciona como um torrent de cripto. As informações são captadas de cada computador que possui o software específico da ethereum e compiladas na máquina da pessoa que quer acessar a rede.

Isso significa, basicamente, que acessar informações dessa criptomoeda é mais rápido e mais barato.

O sistema de proof of stake também é vantajoso, tendo em vista que, para validar a rede. Isto é, não é necessário tanto poder computacional e energia elétrica, como é o caso do proof of work, da blockchain do bitcoin.

Além disso, é na rede da blockchain que estão a grande maioria dos NFTs, os tolkens não fungíveis, que viraram mania na internet. Você pode conhecer mais sobre eles clicando aqui.

E a recente atualização nos protocolos da ethereum também foram um fator importante. As alterações na políticas de mineração, estrutura da rede e no algoritmo de consenso abriram as portas para um uso mais amplo dessa criptomoeda.

Todos esses fatores estão atraindo novos investidores em criptomoedas para a ethereum. O próprio banco JP Morgan também tem lançado notas aos acionistas, informando sobre as vantagens em relação ao bitcoin.

A alta da Ethereum (verde) em relação ao Bitcoin (amarelo). Fonte: CoinMarketCap

E é sempre bom lembrar: o mundo das criptomoedas é extremamente volátil. Ao mesmo tempo em que a alta vertiginosa pode encantar, é preciso estar preparado para um solavanco negativo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies