Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-06-02T09:44:44-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Chiclete com banana na bolsa, a virada das contas públicas e outros destaques do dia

2 de junho de 2021
9:44
Two,Flags,Of,Usa,And,Brazil
Imagem: Shutterstock

Eu só boto bebop no meu samba quando o Tio Sam tocar um tamborim, já diz a letra da clássica canção de Jackson do Pandeiro.

Os gringos — ou pelo menos os investidores gringos — estão começando a aprender que o samba não é rumba. Isso porque um número crescente de empresas brasileiras têm optado por listar suas ações nas bolsas de Nova York.

Essa mistura de chicletes com banana teve início em 2018, com o IPO (oferta pública de ações, na sigla em inglês) da empresa de meios de pagamento e maquininhas de cartão PagSeguro.

Depois dela vieram nomes como Stone, Arco Educação e XP — e outros estão na fila para abrir o capital lá fora, como o PicPay.

Quando o mercado começava a se habituar com a “exportação dos IPOs”, recentemente surgiu algo novo: companhias que já têm ações listadas na B3 e decidiram “fazer as malas” rumo a Nova York. É o caso do banco digital Inter e das Lojas Americanas.

O que atrai essas empresas para as bolsas estrangeiras é algo que elas não podem obter por aqui: a possibilidade de manter nas mãos dos controladores ações com “superpoderes”.

Desta forma, os principais acionistas conseguem manter o poder sobre os rumos da companhia mesmo sem ter a maioria do capital.

Esse mecanismo é usado lá fora por gigantes de tecnologia como o Facebook e Alphabet (a dona do Google). Com o avanço da migração das empresas brasileiras para fora, a discussão sobre a adoção da ação “anabolizada” ganha força por aqui também.

Quer saber como funciona esse “boogie-woogie de pandeiro e violão”? Então vale a pena ler a reportagem do Kaype Abreu.

O que você precisa saber hoje

OPINIÃO

Os profetas do apocalipse das contas públicas vão ter de refazer suas projeções. Apesar dos sucessivos furos ao teto de gastos, orçamento fictício e o forte avanço das despesas em meio à pandemia da covid-19, o Brasil pode apresentar superávit primário já em 2023, muito antes do que o mercado imagina. A avaliação é de Lucas Carrasco, do time de gestão de renda fixa da Gauss Capital, que escreveu um artigo na seção Seu Dinheiro Convida.

MERCADOS

O que mexe com os mercados hoje? A última sessão foi uma quebra de recordes sucessivos. No pregão de hoje, o Ibovespa deve se apegar aos dados da produção industrial e na divulgação do Livro Bege, em meio ao exterior misto.

Mais uma empresa entra na extensa fila de abertura de capital. A Conasa, que atua no setor de infraestrutura, protocolou seu pedido de IPO. Veja aqui mais detalhes e os números da empresa.

EMPRESAS

A JBS tenta se recuperar do ataque cibernético que paralisou atividades em unidades nos Estados Unidos e na Austrália. A companhia vai retomar as operações na maioria das processadoras norte-americanas nesta quarta-feira, depois de contar com ajuda inclusive do governo do país.

A Stone divulgou seus resultados do primeiro trimestre, com lucro praticamente estável em relação ao mesmo período de 2020. Já o número de transações da empresa de meios de pagamento e maquininhas de cartões teve um crescimento importante. Confira os números do balanço.

ECONOMIA

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que institui o Marco Legal das Startups e do Empreendedorismo Inovador. O projeto facilita a criação de empresas inovadoras no Brasil e estabelece um regime com menos burocracia e mais flexibilidade ao modelo. 

Depois de um acordo entre governistas e oposição, a Câmara derrubou nove vetos do presidente Bolsonaro em diferentes projetos de Lei, inclusive o da prorrogação do prazo de entrega da declaração do imposto de renda para 31 de julho. Os vetos ainda precisam ser analisados pelo Senado.

Por falar em imposto de renda, a expressão “malha fina” é uma das mais temidas quando o assunto é a declaração. Confira os erros mais comuns que provocam a ira do Leão, e os caminhos para corrigi-los.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Exile on Wall Street

O que esperar dos IPOs na bolsa brasileira? Basta ver os jornais dos EUA

Era o final dos anos 1980, mas ele pode ver o jornal de 22 de outubro de 2015. Na capa do periódico, seu filho estava sendo preso por roubo. Não havia alternativa senão entrar mais uma vez no DeLorean e viajar para o futuro, de modo a evitar a prisão de Martin McFly Júnior. O […]

Mercado de quatro patas

Poder felino: Petz compra Cansei de Ser Gato e avança na produção de conteúdo digital

A Petz entrou no segmento de conteúdo digital ao adquirir a Cansei de Ser Gato, marca voltada aos felinos e que tem forte presença nas redes

Atenção acionista

Rede D’or anuncia pagamento de R$ 156,2 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento do valor anunciado será destinado aos acionistas que detiverem as ações da Rede D’or no próximo dia 24 de junho

Fome para crescer

Em mais uma aquisição, Magazine Luiza se fortalece em food services com a Plus Delivery

Segundo a varejista, plataforma de entrega de comida tem cerca de 1.500 restaurantes parceiros e atende mais de 250 mil clientes por mês

mercados hoje

Bolsa firma queda e perde os 128 mil pontos, à espera de fala de Powell; dólar avança

Mesmo com uma queda acentuada do petróleo nesta manhã, o setor vê a commodity nos maiores níveis desde o início da pandemia, com a retomada das atividades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies