Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2021-02-13T13:35:28-03:00
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A alta do bitcoin é ‘fichinha’ perto disso aqui…

Marina Gazzoni traz uma seleção de notícias do Seu Dinheiro para o seu fim de semana

13 de fevereiro de 2021
13:35
Bitcoin Foguete
Bitcoin é o 'foguete' dos investimentos - mas criptomoedas fora do radar valorizaram ainda mais - Imagem: Montagem de Andrei Morais / Shutterstock

Se não fosse a pandemia, nessas horas eu estaria no Pasmado, meu bloco de Carnaval preferido aqui em São Paulo, tomando cerveja no café da manhã fantasiada de Malévola.

Em vez disso, estou no sofá com meus fiéis escudeiros Augustus e Maximus, espremida entre 17 kg de fofura felina.

É dia de chuva e estou quase triste. Ainda bem que tenho você, amigo leitor, para me fazer companhia neste sabadão.

Mas não é hora para tristeza! Tem muita gente rindo à toa por aí. É quase certo que "nasceram" novos milionários esta semana.

O bitcoin renovou suas máximas ontem. A criptomoeda, que entregou um retorno acima 400% em reais em 2020, subiu cerca de 70% só em 2021.

Mas o bitcoin não foi o único a fazer a alegria dos investidores. Na seleção de hoje, trago outros exemplos de quem ganhou dinheiro:

1 - Que tal 2.000%?

Valorizações dessa ordem ocorreram em 2020 com os criptoativos "DeFi". Essa sigla representa iniciativas de finanças descentralizadas.

Basicamente são soluções financeiras que não passam por bancos ou corretoras. Pode parecer meio utópico, mas já está rolando. E tem gente ganhando dinheiro. A Jasmine Olga explica nesta reportagem.

2 - ETF de cripto rodando

Foi lançado nesta semana o primeiro ETF de criptomoedas do mundo. É uma parceria da gestora brasileira Hashdex e da bolsa americana Nasdaq. É um passo relevante para o amadurecimento do segmento. Saiba mais aqui.

3 - A ação que pode subir 150%

[Conteúdo Patrocinado] Essa multinacional é um dos maiores destaques globais de reestruturação sustentável. Sua ação está barata e pode pagar dividendos gordos.

Ela está no radar dos investidores que desejam fazer dinheiro na bolsa com as tendências do futuro. O repórter Caio Nascimento explica aqui esta oportunidade.

4 - 63,5%, 97% em 1 dia

O app de paquera Bumble, um dos concorrentes do Tinder, estreou nesta semana na Nasdaq. O papel disparou no primeiro dia e fechou em alta de 63,5%. 

Apesar de impressionante, a valorização do Bumble foi pouco perto do avanço das ações da Mosaico no primeiro dia na bolsa brasileira (97%).

O sucesso de novatas na B3 mostra que há espaço (e apetite) por ações tech aqui no Brasil. O repórter Kaype Abreu conta os detalhes.

5 - Ué, não vai falar do Ibovespa?

Vou sim. O tom de cautela prevaleceu na semana, com o investidor atento às movimentações em Brasília.

O Ibovespa até subiu na sexta-feira e fechou aos 119.428 pontos. Na semana, no entanto, acumulou uma queda de 0,68%. Veja tudo o que rolou neste texto.

Um grande abraço e ótimo sábado!

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FECHAMENTO

Aprovação da PEC emergencial garante recuperação do Ibovespa enquanto NY amarga perdas

A fala de Powell fez o Ibovespa reduzir os ganhos, mas ainda assim o principal índice da bolsa avançou 1,35%; dólar teve queda de 0,11%, a R$ 5,6582

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Retirada histórica

Saques líquidos da poupança somam R$ 5,832 bi em fevereiro, revela BC

Este é o maior volume de retiradas para meses de fevereiro desde 2016, quando as saídas somaram R$ 6,638 bilhões.

Justificativa?

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”.

Tentando arrumar a casa

Em meio a turbulência no mercado de títulos, Powell diz que Fed não deixará inflação disparar

“Os EUA têm tido inflação baixa por décadas”, frisou.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies