Menu
2021-02-12T17:25:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
concorrente do tinder

A paquera que agrada a Nasdaq: Bumble salta 85% em estreia, após IPO de US$ 2,2 bi

Empresa chega ao mercado avaliada em US$ 8 bilhões, depois de crescer no ano passado com as pessoas em isolamento social por causa da pandemia

11 de fevereiro de 2021
17:25
bumble
Imagem: Divulgação / Bumble / Facebook

As ações do aplicativo de relacionamentos Bumble, concorrente do Tinder, estrearam em alta nesta quinta-feira (11), após a companhia levantar US$ 2,2 bilhões na oferta pública inicial (IPO).

Os papéis da companhia (BMBL) chegaram a subir 85% na Nasdaq, fechando o dia com uma alta de 63,5%, negociados a US$ 70,31. Veja como foi esta quinta para os mercados na cobertura do Seu Dinheiro.

No IPO, a empresa vendeu cinco milhões de ações a US$ 43 cada, superando a faixa de preço definida pela companhia - que era de US$ 37 a US$ 39 e que já havia sido aumentada por conta da demanda dos investidores (era entre US$ 28 e US$ 30).

O Bumble chega ao mercado avaliado em US$ 8 bilhões, depois de crescer no ano passado com as pessoas em isolamento social por causa da pandemia. A companhia tinha 42 milhões de usuários ativos por mês ao final de setembro, um aumento de 22% em relação ao ano anterior.

À época, aproximadamente 2,4 milhões eram membros pagantes do Bumble, segundo a própria empresa. A companhia espera ter gerado até US$ 541,5 milhões em receita em 2020, um aumento de 11% na base anual.

Fundado em 2014 pela atual CEO, Whitney Wolfe Herd, o Bumble se denomina um aplicativo de relacionamentos women-first - o app permite que as mulheres deem o primeiro passo na conversa, após o match. A conversa deve ser iniciada em até 24 horas após combinação.

O Bumble também opera o Badoo. Os dois aplicativos têm juntos mais de 40 milhões de usuários ativos mensais. Ambos são concorrentes do Tinder - cujo dono, o Match Group, opera o Match.com, OkCupid e Hinge.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

o melhor do seu dinheiro

Efeito Lula livre na bolsa – 2022 já começou?

No Brasil morre-se de tudo – inclusive morre-se muito de covid -, mas não se morre de tédio. Os mercados locais começaram o dia castigados pelos temores dos investidores em relação ao avanço da pandemia no país, hoje no seu pior momento. Como se todas as incertezas em relação ao combate ao coronavírus por aqui […]

balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com umacom alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões. No critério “ajustado”, […]

Desidratação à vista?

Bolsonaro: Lira e relator vão discutir PEC Emergencial, podem criar PEC paralela

Na entrevista, Bolsonaro afirmou que a PEC deve ser votada pela Câmara na quarta-feira, 10. De acordo com ele, ao votar a medida, os deputados federais darão o sinal verde para retomada do auxílio emergencial em cinco dias

Fechamento do dia

São tantas emoções! ‘Efeito Lula’ aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies