🔴 É HOJE! PLANO PRÁTICO PARA GERAR RENDA EM DÓLAR SERÁ REVELADO – VEJA COMO ACESSAR

Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Esquenta dos mercados

À espera dos trilhões de Biden, mercados reagem a balanços e agenda carregada

Dia é marcado pela divulgação dos balanços de pesos-pesados do setor bancário nos EUA e indicadores econômicos importantes aqui e lá fora

Rafael Lara
Rafael Lara
15 de janeiro de 2021
8:16
EUA
Imagem: Shutterstock

O pacote de US$ 1,9 trilhão confirmado na noite da última quinta-feira (14) pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, deve ser a principal notícia para os mercados nesta sexta-feira (15).

No Brasil, os números da covid-19 continuam crescendo e devem preocupar os investidores. O dia também é marcado pela agenda carregada de indicadores aqui e lá fora, além da divulgação dos balanços de pesos-pesados do setor bancário nos EUA.

Leia também:

Por volta das 8h, os índices futuros em Wall Street operavam em queda. Enquanto as principais praças europeias operam de forma mista e as bolsas asiáticas também fecharam de forma mista, com os investidores ainda avaliando os desdobramentos do pacote de Biden.

Mania de arredondar

Desde quarta, o mercado financeiro começou a precificar positivamente um provável novo pacote de estímulos fiscais nos Estados Unidos no valor de US$ 2 trilhões.

Ontem não foi diferente. O índice Dow Jones e o Nasdaq chegaram a renovar as suas máximas intraday. Bom, isso até o The New York Times noticiar que o pacote na verdade deve ser de "apenas" US$ 1,9 trilhão.

O mercado espera que o pacote inclua auxílio individual para os americanos, suporte aos estados e financiamento da distribuição de vacinas e, segundo o jornal, esses pontos realmente fazem parte do plano.

Mas, em vez de um cheque adicional de US$ 2 mil para os cidadãos afetados pela pandemia, o governo deve propor um auxílio de US$ 1,4 mil — que somado ao já aprovado US$ 600 totaliza US$ 2 mil.

A notícia foi suficiente para fazer com que as bolsas americanas devolvessem os ganhos e fechassem o dia no vermelho. O Nasdaq recuou 0,12%, o S&P 500 caiu 0,38% e o Dow Jones fechou em baixa de 0,22%.

O Ibovespa decidiu deixar de lado os ruídos políticos que poderiam limitar o seu movimento de alta e pegou carona no apetite por ativos de risco do exterior. O índice perdeu um pouco de força no fim do dia, com a piora do clima em Nova York, mas ainda assim fechou o dia em alta de 1,27%, aos 123.481 pontos.

O dólar começou o ano em disparada, mas após três dias de intenso alívio, acumula agora uma valorização de apenas 0,40% em 2020. Apenas ontem, a moeda caiu 1,9%, a R$ 5,2097.

Pacote de US$ 1,9 trilhão

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, detalhou na noite de quinta-feira (14) seu plano de US$ 1,9 trilhão para ajudar os americanos a resistir ao choque econômico da pandemia do coronavírus.

A maior parte dos recursos será destinada a medidas para aliviar a situação dos americanos. A iniciativa prevê o pagamento de US$ 1.400 às pessoas, que devem se somar aos US$ 600 já aprovados em dezembro, segundo informações divulgadas em comunicado enviado pela equipe do democrata.

O pacote prevê ainda US$ 20 bilhões para a vacinação, com os recursos destinados aos governo locais. Biden propõe ainda gastar US$ 50 bilhões com testagem.

O plano traz ainda a previsão de gastar US$ 130 bilhões em infraestrutura para adequar as escolas aos protocolos da pandemia, de modo a realizar uma "reabertura com segurança".

Agenda do dia

Esta sexta-feira será agitada para o Brasil e os EUA no calendário de indicadores econômicos e corporativos. Por aqui, teremos a divulgação dos dados de varejo ampliado e restrito no Brasil em novembro, às 9h. Além disso, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) informa o Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) de janeiro.

Nos EUA, também saem dados de comércio, da produção industrial e da inflação ao produtor (PPI) de dezembro às 10h30. Ainda antes da abertura dos mercados, serão divulgados os balanços corporativos dos bancos J.P. Morgan, Wells Fargo e Citigroup.

Compartilhe

Internacionalização

Práticas e acessíveis, contas em dólar podem reduzir custo do câmbio em até 8%; saiba se são seguras e para quem são indicadas

9 de setembro de 2022 - 6:30

Contas globais em moeda estrangeira funcionam como contas-correntes com cartão de débito e ainda oferecem cotação mais barata que compra de papel-moeda ou cartão pré-pago. Saiba se são para você

Valuation

BofA dá sinal verde para BTG (BPAC11) e recomenda compra do papel. Mas XP segue no amarelo

6 de setembro de 2022 - 16:27

Para o BofA, o BTG pactual está bem posicionado para apresentar resultados financeiros fortes nos próximos anos

ANOTE NO CALENDÁRIO

Atenção, investidor: Confira como fica o funcionamento da B3 e dos bancos durante o feriado de 7 de setembro

6 de setembro de 2022 - 11:29

Não haverá negociações na bolsa nesta quarta-feira. Isso inclui os mercados de renda variável, renda fixa privada, ETFs de renda fixa e de derivativos listados

Recadinho

Indireta para o Nubank? Itaú diz que “é muito fácil crescer oferecendo preços baixos e subsidiados para atrair clientes”

1 de setembro de 2022 - 10:43

Executivos do Itaú avaliam que alta dos juros tem feito os problemas dos grandes bancos se estenderem à nova concorrência

ARRUMANDO A CASA

Itaú (ITUB4) vai propor reorganização societária aos acionistas; banco deve assumir parte das atividades do Itaucard

31 de agosto de 2022 - 19:55

Segundo a instituição financeira, a reorganização faz parte da estratégia de “racionalização do uso dos recursos e otimização das
estruturas e negócios”

MUDANÇAS

Banco Bmg (BMGB4) faz reorganização societária e cria nova área de seguros

31 de agosto de 2022 - 10:22

Bmg (BMGB4) também anunciou a criação de uma nova holding chamada Bmg Seguradoras, que será subsidiária desta área de seguros

Marketplace

Itaú (ITUB4) entra na disputa das vendas online com shopping virtual; Magazine Luiza está entre os primeiros parceiros

29 de agosto de 2022 - 14:18

A intenção do Itaú é de que a nova loja virtual funcione como um ecossistema de compras de produtos e serviços

ATENÇÃO, ACIONISTA!

Dividendos e JCP: Banco do Brasil (BBAS3) anuncia pagamento de R$ 781 milhões em proventos; confira prazos

26 de agosto de 2022 - 18:54

A distribuição do montante será feita em antecipação ao terceiro trimestre de 2022, de acordo com informações do próprio banco

Market Makers

Banco do Brasil (BBAS3) está ‘ridiculamente barato’, diz Sara Delfim, da Dahlia

25 de agosto de 2022 - 18:00

Analista e sócia-fundadora da Dahlia Capital, Sara Delfim retorna ao Market Makers ao lado de Ciro Aliperti, da SFA Investimentos, para detalhar suas teses de investimento

Viva México

Se cuida, Nubank: Bradesco compra instituição no México e vai lançar conta digital no país

25 de agosto de 2022 - 12:08

Com a aquisição, o Bradesco terá licença para atuar como se fosse um banco digital no México. O país é um dos focos de expansão do Nubank

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar