Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-25T18:57:29-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

25 de outubro de 2021
12:46 - atualizado às 18:57
Cartão da mastercard com um bitcoin na frente
A Mastercard deve anunciar em breve a nova facilidade que une cartão de crédito, débito e wallet de criptomoedas - Imagem: Shutterstock

O uso das criptomoedas como forma efetiva de pagamento parece cada vez mais próximo. Depois que a Visa anunciou parcerias com exchanges para oferecer produtos em criptomoedas para os seus clientes, agora foi a vez da Mastercard,  outra gigante do mercado de meios de pagamento, entrar de cabeça em ativos digitais. 

De acordo com informações da CNBC, a empresa deve anunciar em breve uma integração entre as carteiras de criptomoedas (wallets) e os sistemas dos milhares de bancos e instituições parceiras. Isso permitiria ao cliente manter e negociar criptomoedas dentro de uma mesma rede das contas de débito e cartão de crédito. 

Cashback em criptomoeda

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo, além de uma maior integração entre os programas de fidelidade de hotéis, companhias aéreas e restaurantes. Esse desconto em dinheiro também pode ser convertido em moedas digitais, de acordo com a reportagem. 

Em geral, as empresas de bandeiras de cartões não compram ou mantêm criptomoedas em caixa. Para isso, a Mastercard firmou uma parceria com a corretora de criptomoedas (exchange) Bakkt, que fará a parte de custódia desses ativos. 

"Nossos parceiros, sejam eles bancos, fintechs ou comerciantes, podem oferecer a facilidade de comprar, vender e manter criptomoedas por meio de uma integração com a plataforma Baktt", disse Sherri Haymond, vice-presidente executivo de parcerias digitais da Mastercard, em uma entrevista ao portal.

De olho na alta do BTC

Em julho deste ano, um relatório da Visa mostrou que os negócios com criptomoedas movimentaram cerca de US$ 1 bilhão nos primeiros meses do ano

O interesse em criptomoedas aumentou depois que o bitcoin (BTC) bateu novo recorde na última quarta-feira (20). Além disso, a aprovação dos primeiros fundos de índice (ETF, em inglês) nos Estados Unidos reacendeu o interesse por ativos digitais. 

Haymond vê que o mercado está perdendo uma oportunidade ao não integrar sistemas de pagamento tradicionais com o mundo das criptomoedas. Para a vice-presidente, a união desses dois mundos deve beneficiar principalmente o cliente, que deve perder cada vez menos dinheiro com as transações entre moeda digital e fiduciária. 

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

VEM LEI POR AÍ?

Bitcoin (BTC) no Congresso: Projeto de lei coloca BC como regulador de exchanges e imposto zero para mineração por fontes renováveis

O relator do projeto enviou parecer para a Comissão de Assuntos Econômicos, que pediu mais tempo para analisar as propostas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies