Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-17T13:18:12-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Bitcoin (BTC) na semana

O que mexe com o bitcoin (BTC) hoje: dia é de perdas, mas semana é de alta para criptomoedas; confira

E mais: a revista Time conta com três nomes do mercado de criptomoedas na lista de pessoas mais influentes de 2021

17 de setembro de 2021
13:18
bitcoin e outras criptomoedas
Imagem: Shutterstock

O bitcoin (BTC) caminha para uma semana de ganhos, apesar do dia negativo. Por volta das 12h20, a principal criptomoeda do mercado recuava 0,37%, aos US$ 47.525,95 (R$ 252.216,34). No acumulado dos últimos sete dias, a moeda digital registra alta de 5,41%.

O noticiário beneficiou o bitcoin nos últimos dias. As falas de Cathie Wood, gerente da Ark Management, e Ray Dalio, o investidor bilionário, colocaram as criptomoedas em destaque no mundo dos negócios e impulsionaram as cotações do mercado.

Não deixe de conferir o nosso segundo Papo Cripto, onde eu falo com o gerente financeiro (CFO) da Ripio, Bernardo Teixeira no nosso canal do YouTube:

Mas os ativos de maior risco tendem a ficar pressionados antes de grandes eventos do mercado. Na próxima semana, o Federal Reserve reúne o Fomc, o Copom americano, para decidir sobre a política de juros dos Estados Unidos. Esse cenário de cautela costuma colocar ações e criptoativos em baixa. 

Entretanto, além do noticiário, o bitcoin mostra que está com um patamar consolidado de preço. Dados internos da blockchain do BTC mostram que a faixa entre US$ 45 mil e U$ 49 mil é “confortável” para compradores e vendedores da criptomoeda

A linha dos últimos 200 dias, utilizada como referência para definir a death cross (que indica uma tendência de queda no preço do bitcoin) e a golden cross (o oposto, com perspectiva de alta), tem média em US$ 45.800. Portanto, o preço de US$ 47 mil ainda está razoável para o mercado, de acordo com analistas do CoinDesk. 

Influencers de criptomoeda

Todos os anos, a revista americana Time divulga os nomes das maiores personalidades divididas em seis categorias. Em 2021, três nomes de influenciadores do mundo cripto figuram nas categorias de inovação e liderança. 

Vale destacar que a Time não destaca nesta lista necessariamente pessoas “boas”, mas personalidades que mexem com o mundo e influenciam nas decisões internacionalmente. 

Nayib Bukele

O presidente de El Salvador está na categoria “líderes”, junto com nomes de peso, como o da primeira mulher africana a liderar a Organização Mundial do Comércio (WTO, em inglês), Ngozi Okonjo-Iweala.

Bukele ganhou o noticiário por tornar El Salvador o primeiro país a tornar o bitcoin (BTC) moeda oficial do país junto com o dólar. Entretanto, não é por isso que ele está na lista. 

O presidente do pequeno país centro americano é acusado de perseguir a oposição e mandar fechar o jornal El Faro, que era contra seu governo. Bukele tenta dar um golpe de estado enquanto tenta fazer a Ley Bitcoin ganhar corpo no país. 

Vitalik Buterin 

O co-fundador da ethereum (ETH), a segunda principal criptomoeda do mercado, também está nessa lista. Buterin se tornou bilionário com a disparada do éter durante o boom das criptomoedas este ano. 

O programador russo-canadense desponta no setor de tecnologia por auxiliar na criação de uma blockchain competitiva com o bitcoin. Atualmente, o valor de mercado do ethereum é de mais de US$ 400 bilhões, segundo cálculos do Coin Market Cap. 

Elon Musk

O excêntrico bilionário e fã do dogecoin (DOGE), a criptomoeda-meme que movimenta os mercados, é uma das personalidades de destaque na lista da Time

Para além de seu envolvimento com as criptomoedas, a revista norte-americana destaca a carreira de sucesso de Elon Musk. Além da Tesla, outras empresas como a SpaceX (que recebeu da NASA US$ 2,9 bilhões este ano para um programa espacial) também o tornam um dos influenciadores mais importantes do ano. 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

De olho nos serviços financeiros

Depois da compra da Neoway, B3 (B3SA3) investe US$ 10 milhões em rodada de investimentos na startup Pismo

Com o investimento, a B3 busca aproximar ainda mais a relação com um fornecedor-chave para desenvolvimento futuro em seus mercados

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa desaba junto com o teto de gastos, e lançamento do Auxílio Brasil é adiado

Hoje o Ibovespa viveu um dia sangrento, muito semelhante aos jogos macabros da série-fenômeno que turbinou o balanço da Netflix no terceiro trimestre – e o saldo foi uma queda de quase quatro mil pontos em uma única rodada. No exterior, o dia foi ameno, mas dentro de casa a coisa complicou antes mesmo de o pregão […]

Destaques da mineradora

Produção de minério de ferro da Vale (VALE3) sobe 18% no terceiro trimestre, mas vendas ficam próximas à estabilidade

O número também superou as expectativas dos analistas, que projetavam um total inferior ao registrado entre julho a setembro do ano passado

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil fora do teto de gastos apavora Ibovespa, e índice perde quase 4 mil pontos; dólar e juros disparam

O ministério da Cidadania chegou a anunciar um evento para lançar o novo programa social, mas com a bolsa indo abaixo dos 110 mil pontos, a festa não teve clima para continuar. O anúncio foi cancelado por ora, mas vai ser preciso mais do que isso para tranquilizar o mercado

Batatinha frita 1-2-3

Na Netflix (NFLX34), a virada operacional e financeira veio no Round 6 — e deu impulso ao balanço do terceiro trimestre

A Netflix (NFLX34) deu um salto no número de novos assinantes no trimestre, reanimando um ano que estava péssimo — tudo graças a Round 6

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies