Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-01-17T16:58:26-03:00
Estadão Conteúdo
É HORA DE TER CALMA

Estágio atual recomenda cautela na política monetária, repete presidente do BC

Esta avaliação já constou nos documentos mais recentes do BC, inclusive na comunicação de dezembro do colegiado, quando a Selic (a taxa básica de juros) recuou de 5,00% para 4,50% ao ano

17 de janeiro de 2020
16:58
Roberto Campos Neto
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados. - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, repetiu nesta sexta-feira, 17, durante evento em Miami, nos Estados Unidos, a avaliação de que o estágio atual do ciclo econômico "recomenda cautela na condução da política monetária". Segundo ele, os próximos passos do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC dependerão "da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação".

Esta avaliação já constou nos documentos mais recentes do BC, inclusive na comunicação de dezembro do colegiado, quando a Selic (a taxa básica de juros) recuou de 5,00% para 4,50% ao ano.

Na apresentação desta sexta, feita em evento da University of Miami, promovida pela Miami Herbert Business School, Campos Neto também repetiu que as condições atuais prescrevem "política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural".

O próximo encontro do Copom está marcado para os dias 4 e 5 de fevereiro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Será que sai?

Governo dos EUA está ‘confiante’ com o acordo bipartidário para pacote trilionário de infraestrutura

As discussões, porém, ainda enfrentam impasse em meio a discordâncias quanto aos montantes de recursos destinados para cada área

Líder do setor

Grupo FSB compra Giusti Comunicação e amplia seu portfólio de agências

Com a chegada da nova empresa, a FSB integra as contas de Aegea, Ame, Alpargatas, EDP, Grupo SBF, Centauro, SBT, Estadão, Protege, Centro Paula Souza e mais em sua lista de clientes

Reforma ministerial

Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro para chefiar Casa Civil

No último dia 22, Bolsonaro confirmou o convite a Nogueira e a recriação do Ministério do Trabalho e Previdência que antes fazia parte da pasta de Paulo Guedes

Mais novidade

Unifique (FIQE3) estreia na bolsa em queda de 1%

Mesmo com o IPO saindo próximo do piso, a Unifique tem uma estreia no vermelho, em dia negativo para a bolsa brasileira

Decisão unânime

Conselho do Magazine Luiza aprova aquisição da Kabum! por R$ 1 bilhão

A decisão inclui também o pagamento de R$ 2,5 bilhões por meio da emissão de 75 milhões de ações ordinárias da varejista em favor dos acionistas da empresa comprada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies