Menu
2020-11-20T11:06:56-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
projetos sustentáveis

Sitawi lança nova rodada de ‘financiamento do bem’, com retorno esperado de 7,15% ao ano

Organização social quer levantar R$ 1,6 milhão para projetos de impacto em plataforma de financiamento coletivo; valor mínimo por investimento é de R$ 1 mil

20 de novembro de 2020
7:08 - atualizado às 11:06
Cooperativa Caroá
Cooperativa Caroá, um dos projetos que buscam financiamento na plataforma da Sitawi - Imagem: Reprodução

A Caroá é uma cooperativa de jovens agricultores do semiárido cearense que cultiva e comercializa verduras, frutas e legumes orgânicos, além de geleias, bolos, patês e pães. Para expandir a produção e fazer o transporte dos alimentos, está em busca de um financiamento de R$ 300 mil.

Você pode investir no projeto da Caroá e ainda obter retorno financeiro que pode chegar a 7,15% ao ano — o equivalente a 376% do CDI. Essa é a proposta da plataforma de empréstimo coletivo da Sitawi - Finanças do Bem.

A organização social abre na próxima quarta-feira (25) uma nova rodada de captação de recursos para quatro projetos. Além da Caroá, é possível investir nas seguintes empresas:

  • YouGreen - Cooperativa paulistana que promove a gestão integrada de resíduos sólidos;
  • Maranha - Produtora "audiovisual de impacto", conhecida pelos filmes “Imagina na Copa” (2014) e “Criola Reinado” (2018);
  • Sintecsys - Empresa de soluções tecnológicas para prevenção de queimadas.

A Sitawi quer levantar R$ 1,6 milhão para as quatro iniciativas, em um modelo conhecido como "peer-to-peer lending" — o empréstimo vai diretamente para os empreendedores e retorna com acréscimo de juros, em parcelas por 30 meses.

O investidor pode escolher a empresa na qual planeja aplicar o dinheiro pelo site da organização — diferentemente de um fundo tradicional, a quem o investidor confia a distribuição do dinheiro entre as empresas. Em seguida, é preciso fazer um cadastro, escolhendo o valor desejado — o mínimo é R$ 1 mil. O recurso deve ser transferido via TED.

A Sitawi tem uma equipe acompanha os negócios e repassa aos investidores um relatório trimestral de resultados financeiros, fluxo de pagamento do empréstimosos impactos sociais e ambientais e próximos passos da empresa.

Oportunidades (e riscos)

É a quarta vez que a Sitawi vai ao mercado com esse modelo em busca de recursos para empresas de impacto socioambiental. Desde 2019, a plataforma da empresa movimentou R$ 5,6 milhões em captações para 12 negócios, com o aporte de 274 investidores pessoa física.

O CEO da organização, Leonardo Letelier, admite que há riscos envolvendo o negócio, assim como todo investimento, mas diz que até agora não houve inadimplência entre as empresas — em especial porque, segundo ele, a Sitawi presta um tipo de consultoria às organizações que receberam os recursos.

“A gente tem ainda alguns investidores-âncora, que têm condições de serem mais pacientes. Eles conseguem falar: ‘espero para receber minha parte depois dos outros', caso uma empresa esteja em uma situação mais complicada”, diz Letelier.

Com a covid-19 — exemplo mais recente e evidente de situação de risco —, a Sitawi fez um empréstimo adicional com os investidores-âncora "para não deixar que o curto prazo colocasse em risco o longo prazo", segundo o CEO da organização.

“As pessoas estão acostumadas a verem risco como perda. No mercado financeiro, risco é algo sair diferente do planejado. Risco pode ser bom.”

Leonardo Letelier, CEO da Sitawi

Engenheiro industrial de formação, Letelier criou a Sitawi em 2008, após fazer carreira em uma consultoria empresarial. No antigo emprego, ele diz que gostava da dinâmica de "ajudar os outros", mas queria lidar com outro tipo de público.

Hoje, a organização atua em várias frentes com soluções financeiras para impacto social e na análise da performance socioambiental de empresas e instituições. "A plataforma de empréstimo coletivo representa uma pequena fração do que a gente faz", diz.

Leonardo Letelier, CEO da Sitawi - Finanças do Bem
Leonardo Letelier, CEO da Sitawi - Finanças do Bem

Juros menores

Enquanto para o investidor a promessa é de retornos maiores que o da renda fixa e de que o seu dinheiro será usado para uma boa causa, para as empresas a vantagem é o acesso ao crédito com juros mais baixos do que os do mercado.

Os negócios que captam pela Sitawi buscam tíquetes entre R$ 200 mil a R$ 1 milhão. É uma opção vantajosa porque as empresas ainda são pequenas para receber investimento de fundos de venture capital — ou ainda de empréstimo comercial.

Na captação atual, as organizações selecionadas contribuem para 10 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODSs) — uma agenda global com metas para erradicar a pobreza, proteger o planeta e "garantir que as pessoas alcancem paz e prosperidade".

Apesar do comprometimento, não há certeza de que as organizações selecionadas promoverão o impacto imaginado, conforme lembra o próprio CEO da Sitawi.

Serviço

Investimento em organizações com impacto socioambiental: cadastro na plataforma sitawi.caprate.com.br.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mercados hoje

Ibovespa é pressionado pelo cenário político-fiscal e abre o dia em queda

Com o cenário político-fiscal pesado, o mercado brasileiro acaba sucumbindo às pressões. No exterior, inflação dos Estados Unidos é destaque

Exile on Wall Street

Meu professor polvo

Desenvolvi um hábito peculiar. Quando preciso ter algum papo difícil com alguém ou há entre mim e alguma pessoa querida algum entrevero, mínima rusga que seja, envio um vinho português chamado “Conversa” e convido para o diálogo. É um gesto carinhoso, de afeto. Mas — confesso — é também um pouco egoísta e parte de […]

Subindo forte

Mercado Bitcoin anuncia mais um passo para IPO, Bitcoin dispara e bate novo recorde

Os números preliminares apontam para uma valorização entre R$ 10 bilhões e R$ 15 bilhões, que levam em conta dados do exterior e ritmo de crescimento

O melhor do Seu Dinheiro

Do zero aos 50 milhões (e contando)

Eu não faço a menor ideia de quais aplicativos você tem instalados no seu celular. Mas me arriscaria a dizer que um deles é o do PicPay. Se por acaso eu acertei o palpite, não foi por nenhuma força sobrenatural, mas por uma mera questão estatística. Afinal, a carteira digital criada em 2012 por três […]

Avanço da pandemia

Brasil registra 13,5 milhões de casos de covid-19 e 354,6 mil óbitos

Número de recuperados é de quase 12 milhões – 88,5% do total

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies