Menu
2020-08-01T09:05:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
destino selado?

Highline desiste de proposta pela Oi móvel

Empresa tinha até segunda-feira passada para fazer uma nova oferta pelos ativos, depois da empreitada de TIM, Claro e Vivo. Agora sem um novo nome no radar, a expectativa é de que as teles fiquem com os ativos

1 de agosto de 2020
9:02 - atualizado às 9:05
oi
Imagem: Shutterstock

A Highline do Brasil, controlada pela norte-americana Digital Colony, desistiu de fazer uma nova oferta pelos ativos de telefonia móvel da Oi, segundo apurou o Estadão/Broadcast.

A empresa tinha até segunda-feira passada, dia 27, para fazer uma nova oferta pelos ativos, depois da empreitada das operadoras. Agora sem um novo nome no radar, a expectativa é de que TIM, Vivo e Claro fiquem com os ativos, para depois fatiarem entre elas.

O trio fez uma primeira oferta, mas não informou o valor da proposta ao mercado. A Highline chegou surpreendentemente à disputa, colocando um valor acima dos R$ 15 bilhões, lance apontado como mínimo pela própria Oi. Em seguida, TIM, Vivo e Claro aumentaram o valor da proposta, para R$ 16,5 bilhões.

Na nova oferta divulgada esta semana, as operadoras afirmaram que o valor estava em linha com a regulação e, ainda, endereçava "as necessidades financeiras do Grupo Oi, de amplo conhecimento do mercado em geral, para que este possa implementar seu plano estratégico e atender seus credores".

As teles fizeram questão de ressaltar este ponto porque, conforme noticiou a Coluna do Broadcast, os credores da Oi, em recuperação judicial, estavam reticentes com a oferta agressiva da Highline do Brasil.

Havia preocupação quanto à capacidade de pagamento do valor, já que a companhia teria de buscar dinheiro no mercado. Procurada, a Oi e a Highline não retornaram o contato da reportagem até o fechamento desta edição.

Alta da Oi

As ações da Oi estão em um movimento intenso de alta desde que veio a público o embate entre Highline e TIM Vivo e Claro.

No acumulado desde janeiro, os papéis da ON da Oi (OBR3) tem alta de 111%, sendo negociados a R$ 1,82. As ações PN (OIBR4) são negociadas a r$ 2,98 na sexta-feira (31), em uma alta de 142% neste ano. Veja como foi o desempenho dos mercados.

Ontem, após começar a circular a notícia da saída da americana Highline e da exclusividade das três teles pelo negócio, as ações ordinárias da TIM os papéis da teles Telefônica Vivo e TIM fecharam com forte alta: 6,42% e 2,97%, respectivamente. Já os papéis da operadora Oi tiveram queda de 6,58%.

*Com informações de jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

seu dinheiro na sua noite

A chance do Pão de Açúcar de focar no seu negócio principal

Nessa nova experiência de home office que muitos de nós estamos vivendo, parcial ou integralmente, um dos desafios é conseguir manter o foco durante todo o expediente. Algumas pessoas dizem conseguir se concentrar muito melhor trabalhando de casa, onde é mais silencioso e confortável. Outras, como eu, encontraram bastante dificuldade para não procrastinar e acabar […]

Falta só a sanção

Câmara aprova prorrogação do prazo de entrega do Imposto de Renda até 31 de julho

Além de dar mais 90 dias de prazo, o texto também limitou o pagamento do imposto a, no máximo, seis parcelas

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies