Menu
2020-08-01T09:05:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
destino selado?

Highline desiste de proposta pela Oi móvel

Empresa tinha até segunda-feira passada para fazer uma nova oferta pelos ativos, depois da empreitada de TIM, Claro e Vivo. Agora sem um novo nome no radar, a expectativa é de que as teles fiquem com os ativos

1 de agosto de 2020
9:02 - atualizado às 9:05
oi
Imagem: Shutterstock

A Highline do Brasil, controlada pela norte-americana Digital Colony, desistiu de fazer uma nova oferta pelos ativos de telefonia móvel da Oi, segundo apurou o Estadão/Broadcast.

A empresa tinha até segunda-feira passada, dia 27, para fazer uma nova oferta pelos ativos, depois da empreitada das operadoras. Agora sem um novo nome no radar, a expectativa é de que TIM, Vivo e Claro fiquem com os ativos, para depois fatiarem entre elas.

O trio fez uma primeira oferta, mas não informou o valor da proposta ao mercado. A Highline chegou surpreendentemente à disputa, colocando um valor acima dos R$ 15 bilhões, lance apontado como mínimo pela própria Oi. Em seguida, TIM, Vivo e Claro aumentaram o valor da proposta, para R$ 16,5 bilhões.

Na nova oferta divulgada esta semana, as operadoras afirmaram que o valor estava em linha com a regulação e, ainda, endereçava "as necessidades financeiras do Grupo Oi, de amplo conhecimento do mercado em geral, para que este possa implementar seu plano estratégico e atender seus credores".

As teles fizeram questão de ressaltar este ponto porque, conforme noticiou a Coluna do Broadcast, os credores da Oi, em recuperação judicial, estavam reticentes com a oferta agressiva da Highline do Brasil.

Havia preocupação quanto à capacidade de pagamento do valor, já que a companhia teria de buscar dinheiro no mercado. Procurada, a Oi e a Highline não retornaram o contato da reportagem até o fechamento desta edição.

Alta da Oi

As ações da Oi estão em um movimento intenso de alta desde que veio a público o embate entre Highline e TIM Vivo e Claro.

No acumulado desde janeiro, os papéis da ON da Oi (OBR3) tem alta de 111%, sendo negociados a R$ 1,82. As ações PN (OIBR4) são negociadas a r$ 2,98 na sexta-feira (31), em uma alta de 142% neste ano. Veja como foi o desempenho dos mercados.

Ontem, após começar a circular a notícia da saída da americana Highline e da exclusividade das três teles pelo negócio, as ações ordinárias da TIM os papéis da teles Telefônica Vivo e TIM fecharam com forte alta: 6,42% e 2,97%, respectivamente. Já os papéis da operadora Oi tiveram queda de 6,58%.

*Com informações de jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Vem oferta por aí

Rede D’Or confirma a avaliação para a realização de um follow on

O anúncio foi feito após o jornal Valor Econômico revelar que a companhia prepara uma oferta de ações que pode chegar a R$ 5 bilhões

Acordo com o Senado

MP da privatização da Eletrobras será votada amanhã (19), confirma presidente da Câmara

Após reclamações de parlamentares, Arthur Lira (PP-AL) também cobrou que o relator debata a proposta com todas as lideranças e bancadas

Era digital

Itaú BBA vê Banco Pan “mudando de liga” com negócio digital e eleva preço-alvo para ações

Analistas esperam que ação PN chegue a R$ 27, ante R$ 16 na projeção anterior. Nesta terça o papel sobe cerca de 6%

Universo gamer

Universo gamer em expansão: saiba porquê você deveria investir

Esqueça a briga dos consoles: o peixe grande está no mundo dos investimentos em games. Entenda se é o momento ideal para o investimento no novo vídeo de Richard Camargo, analista da Empiricus.

Agenda de aquisições

Após fracasso na disputa pela Hering, presidente da Arezzo comenta planos para o futuro da empresa

Alexandre Birman indica que a dona da Reserva segue normalmente com sua agenda de fusões e aquisições, de olho nas opções interessantes entre empresas de pequeno porte

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies