Menu
2020-07-23T06:34:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
já foram 28 imóveis

Pão de Açúcar conclui venda da terceira leva de imóveis à TRX por R$ 446 milhões

Negócio é a terceira etapa de uma venda global de 41 imóveis para os fundos da gestora de recursos, por R$ 1,210 bilhão

23 de julho de 2020
6:34
Sede do Grupo Pão de Açúcar
Imagem: Divulgação

A Companhia Brasileira de Distribuição, controladora do Grupo Pão de Açúcar (GPA), informou nesta quarta-feira a conclusão da venda de 16 imóveis para a TRX Gestora de Recursos, por R$ 446,285 milhões.

O negócio é a terceira etapa de uma venda global de 41 imóveis para os fundos da TRX, por R$ 1,210 bilhão. Em um primeiro momento, havia sido acordada a venda de 43 imóveis, mas dois deles foram excluídos, por não possuírem valores relevantes para a transação. A ideia do GPA é vender os imóveis, mas manter a ocupação das lojas, que passam a ser alugadas.

Na operação anunciada hoje, estão quatro imóveis da bandeira Assaí no Estado de São Paulo (em Santo André, Campinas, Paulínia e Piracicaba), uma loja Extra Hiper (Recife-PE), um Mercado Extra (Praia Grande-SP) e dez lojas Pão de Açúcar (Goiânia-GO, Brasília-DF, Aracaju-SE, São Caetano-SP, Santo André-SP, Ribeirão Preto-SP, São José do Rio Preto-SP e São Paulo-SP).

Até o momento, a TRX adquiriu 28 imóveis do GPA, por R$ 949,701 milhões. Em relação aos 13 imóveis restantes, a companhia informa que, no próximo dia 30, será realizado o pagamento de sinal de R$ 15 milhões. O valor total dos imóveis envolvidos nessa última etapa é de R$ 260,656 milhões e deve ser quitado até 30 de agosto.

"O plano global de monetização de ativos imobiliários totalizou até o momento R$ 1,9 bilhão já monetizados, sendo R$ 1,580 bilhão já recebidos pelo GPA e R$ 283 milhões a receber (R$ 260 milhões previstos até final de agosto de 2020)", diz a empresa, em fato relevante.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies