Menu
2020-11-25T18:06:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
AI QUE ALÍVIO

OSX, de Eike Batista, deixa recuperação judicial após seis anos

Fundada em 2009, empresa de equipamentos para exploração de petróleo no mar chegou a realizar um dos maiores IPOs da história da bolsa brasileira

25 de novembro de 2020
8:50 - atualizado às 18:06
Eike Batista
Eike Batista - Imagem: Divulgação

Depois de seis anos, a OSX Brasil (OSXB3), empresa do ex-bilionário Eike Batista que atua no mercado de equipamentos e serviços para exploração de petróleo no mar, saiu da recuperação judicial.

A 3ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, responsável pelo caso, definiu que o processo de recuperação foi cumprido e decretou o seu encerramento.

Fundada em 2009, a OSX realizou no ano seguinte sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), a sétima maior operação até então no mercado brasileiro, levantando R$ 2,8 bilhões.

Mas, em 2013, ela iniciou o processo de recuperação, depois de enfrentar um agravamento de sua situação financeira por conta do cancelamento de encomendas de equipamentos. A deterioração ocorreu durante o fim do ciclo da alta dos preços das commodities no mercado internacional e em meio a processos judiciais enfrentados por Eike. Ela entrou com o pedido de recuperação judicial em 2014.

O empresário foi investigado pela Operação Lava Jato, suspeito de pagar propinas para diversos políticos. Ele também foi alvo de inquéritos por fraudes supostamente cometidas quando era presidente do conselho de administração da petrolífera OGX, chegando a ser proibido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de exercer cargo administrativo ou de conselheiro fiscal em companhias de capital aberto por cinco anos.

Neste ano, Eike foi condenado a oito anos de prisão em regime semiaberto por manipulação de mercado. Ele recorre da decisão em liberdade.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Rombo nas contas assusta

Decisão do STF sobre ICMS pode acelerar reforma tributária

O risco de um desfalque maior na arrecadação do governo deve intensificar os esforços da equipe econômica para acelerar a tramitação das mudanças no Congresso

Reação ao balanço

Lucrou, mas não empolgou. Ações do IRB caem mesmo com melhora no resultado

Papéis da resseguradora (IRBR3) estavam entre as maiores quedas do Ibovespa nesta sexta-feira; Credit Suisse vê piora operacional da companhia

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Educação

Ações da Cogna avançam, mesmo com prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no 1º trimestre

Confira outros destaques do balanço da empresa, que viu uma queda de 18,1% nos investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies