Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-26T16:46:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
recuperação judicial

Oi arrecada R$ 1,3 bilhão com venda de data centers e torres

Ações da tele em recuperação judicial sobem mais de 5% nesta quinta, com a perspectiva da empresa se reerguer

26 de novembro de 2020
15:15 - atualizado às 16:46
oi
Imagem: Shutterstock

A Oi levantou R$ 1,394 bilhão nesta quinta-feira (26) com a venda de data centers e torres móveis, em uma parte dos leilões de ativos considerados essenciais para a empresa se reerguer.

A Piemonte Holding venceu o leilão dos data centers, segundo informaçoes da Broadcast/Estado. Representada pelo fundo Titan Venture Capital, a empresa foi a única proponente. O lance foi de R$ 325 milhões.

A holding é uma gestora sediada no Rio de Janeiro e dona de R$ 120 milhões em investimentos do ramo de data centers. O leilão do qual a empresa participa acontece de forma virtual, organizada pelo juízo de 7º Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

O leilão das torres da Oi foi vencido pela Highline do Brasil, ainda segundo a Broadcast. A empresa de infraestrutura arrematou os ativos por R$ 1,067 bilhão. A gestora Pátria Imvestimentos também participou do certame, mas não formalizou o lance.

Ao todo, a operadora quer arrecadar R$ 26,9 bilhões, no mínimo total, em leilões de torres, data centers, redes móveis, entre outros - a maior parte dos certames judiciais estão marcados para até o final deste ano.

Ações da Oi sobem

O mercado precifica uma recuperação da empresa com a venda do ativos. Nesta quinta, as ações ordinárias da companhia (OIBR3) sobem 5%, a R$ 2,09. No ano, os papéis da Oi já avançaram mais de 140%

Também ajuda o clima de otimismo entre os investidores a aprovação da nova lei de falências no Senado. A medida pode reduzir as dívidas da Oi com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Ao todo, a dívida da Oi era de R$ 26,9 bilhões ao final do terceiro trimestre - um aumento em R$ 814 milhões em relação ao segundo trimestre, por causa da desvalorização do real.

A Oi entrou em recuperação judicial em junho de 2016, após acumular dívida bruta de R$ 64 bilhões com cerca de 55 mil credores. Com a aprovoção do plano em dezembro de 2017, a empresa teve a dívida reduzida em R$ 36 bilhões por meio de descontos, parcelamentos no longo prazo e conversão de créditos em ações.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Nada de penny stock

Na Saraiva (SLED3 e SLED4), uma medida para aliviar a pressão da CVM — mas que não tira a corda do pescoço

A Saraiva (SLED3 e SLED4) quer fazer um grupamento de ações na proporção de 35 para 1, saindo da casa dos centavos — mas perdendo liquidez

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

PAPO CRIPTO #004

Bitcoin (BTC) pode chegar aos US$ 100 mil ainda este ano, tudo depende dos EUA, afirma André Franco ao Papo Cripto

As gamecoins como o Axie Infinity devem movimentar ainda mais o mercado até o final do ano

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies