Menu
2020-04-17T15:29:45-03:00
Estadão Conteúdo
Agência de risco

Moody’s corta perspectiva para sistema bancário do país de estável para negativa

De acordo com a Moody’s, as condições operacionais dos bancos devem se deteriorar nos próximos 12 a 18 meses, prejudicando a qualidade dos ativos

17 de abril de 2020
15:29
Agência de classificação de risco Moody's
Imagem: Shutterstock

A agência de classificação de risco Moody's cortou sua perspectiva para o sistema bancário do Brasil de estável para negativa, considerando os impactos da crise trazida pelo novo coronavírus no setor. De acordo com a Moody's, as condições operacionais dos bancos devem se deteriorar nos próximos 12 a 18 meses, prejudicando a qualidade dos ativos.

O volume geral de negócios, ainda segundo a instituição, deve cair à medida em que a economia se contrai.

"A queda inesperada da atividade econômica, o declínio da renda familiar e o aumento do desemprego prejudicarão a qualidade dos ativos dos bancos e diminuirão a capacidade de pagamento dos mutuários, aumentando os empréstimos problemáticos e os custos de crédito dos bancos", diz Ceres Lisboa, vice-presidente da Moody's, em nota.

"A demanda por crédito e os volumes gerais de negócios diminuirão, pesando sobre as receitas bancárias. A desaceleração também torna mais provável a persistência de baixas taxas de juros por um período prolongado", completa.

Por outro lado, a agência de classificação de risco entende que as medidas de estímulo econômico anunciadas recentemente pelo governo federal, classificadas pela Moody's como "oportunas" e "equilibradas", ajudam a sustentar a liquidez dos bancos e que a sólida capitalização fornece um amortecedor contra as perdas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Exile on Wall Street

Um investidor conservador sabe que uma boa ação tem seus defeitos

“Sou reacionário. Minha reação é contra tudo que não presta.” Se o sábado é uma ilusão, a segunda-feira deve ser a mais dura e fria realidade. Começamos a semana com Nelson Rodrigues. O conservador é um cético na capacidade de grandes revoluções oferecerem um futuro não testado que seja superior ao que sobreviveu ao teste […]

Efeito covid

Monitor do PIB aponta queda de 2,1% em março ante fevereiro, diz FGV

Na comparação com março de 2020, a atividade econômica teve avanço de 5,2%, e no primeiro trimestre, a expansão foi de 1,7%

destaques do varejo

Magazine Luiza, Grupo Soma e Mateus brilham entre os balanços das varejistas no trimestre

Aumento de receita, melhora operacional e avanço das vendas online foram alguns dos tópicos levantados por analistas; veja os destaques

Temporada de balanços

Cosan registra lucro líquido pró-forma de R$ 827,7 milhões no 1º trimestre

No primeiro, o número ficou em R$ 2,827 bilhões entre janeiro e março, alta de 11,9% na comparação anual

mercados hoje

Bolsa ignora exterior e sobe puxada pelas commodities metálicas; dólar recua

Enquanto a cauela prevalece no exterior, a bolsa brasileira tem mais uma alta patrocinada pelas commodities

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies