Menu
2020-09-10T06:40:07-03:00
Estadão Conteúdo
assaí na b3

GPA: Separação do Assaí pretende dar mais protagonismo ao negócio

Tese de investimentos desta separação é a possibilidade de melhor alocação de recursos

10 de setembro de 2020
6:40
Sede do Grupo Pão de Açúcar
Imagem: Divulgação

A separação da operação do Assaí e do multivarejo do GPA vem com a intenção de dar protagonismo a cada um dos negócios. Segundo os executivos do grupo, a decisão deve "liberar valores" para ambas as empresas que resultarem desta cisão.

Para o vice-presidente do conselho de administração, Ronaldo Iabrudi, a tese de investimentos desta separação é a possibilidade de melhor alocação de recursos e a possibilidade de dar mais visibilidade a cada um dos negócios.

Não há nova oferta de ações prevista para o GPA. Ao final da divisão, todos os acionistas da companhia terão a mesma porcentagem de ações no Assaí e no multivarejo.

Assim, o Grupo Casino, atual controlador, continuaria com a mesma participação na nova empresa a ser listada na Bolsa. A previsão é que até o fim do primeiro trimestre de 2021, a separação seja concluída e o Assai já esteja na B3.

"Ao final, teremos duas operações independentes. A alocação de recursos será mais eficiente. Ambas terão acesso ao mercado", diz Iabrudi. "Tem investidores que dizem que o Assaí sozinho vale alguns bilhões de reais", afirmou ainda o executivo.

Além disso, ele pontuou que, hoje, o Assai e o Multivarejo do grupo têm "poucas sinergias, para não dizer nenhuma". No novo modelo, o setor de gasolina e farmácia ficam debaixo do ticker do multivarejo.

"É uma operação complexa que vai envolver órgãos reguladores de vários países", afirmou o CEO do GPA, Peter Estermann. Ele afirmou que o grupo estará focado, a partir de agora, no processo de implementação desta cisão. A princípio, o que o conselho aprovou foi o aprofundamento dos estudos para a separação. A concretização, porém, vai depender da aprovação de investidores e credores, por meio de assembleias.

Para Iabrudi, porém "não há desafios insuperáveis no processo" e os times das duas empresas resultantes do processo não deverão quase sofrer alterações.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

negócio em foco

BofA vê negócio entre Linx e Totvs com sinergias de R$ 3,8 bi

Acionistas da Linx receberiam diretamente 40% do valor das sinergias da fusão com Totvs, diz banco

seu dinheiro na sua noite

Vitória do Ibovespa (no segundo tempo)

“O time no segundo tempo ganhou de 2 a 1.” Foi assim que Fernando Diniz, o técnico do São Paulo, reagiu depois da derrota por 4 a 2 para a LDU no meio da semana e que praticamente eliminou a equipe da Libertadores. Diniz preferiu ignorar os 3 a 0 que o time levou na […]

Que modorra!

Bolsa passa por correção, mas zera perdas na reta final do pregão; dólar retoma alta

Principal índice de ações da B3 passou por correção e ignorou durante a maior parte do dia o impulso do setor de tecnologia à bolsa de Nova York

setor público

Reforma administrativa economiza R$ 400 bi até 2034, aponta estudo

Mesmo restringido a reforma apenas a novos servidores, o setor público poderia economizar pelo menos R$ 24,1 bilhões em 2024 com a aprovação das mudanças no seu RH, liberando o governo para investir mais em saúde, educação e segurança pública, segundo centro de estudos

retomada em pauta

Recuperação está longe de concluída, diz presidente do Fed do Kansas

Esther George fez a declaração durante discurso sobre os bancos comunitários, no qual enfatizou o papel destes para dar estabilidade na crise e apoiar a recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements