Menu
2020-09-07T11:48:54-03:00
Estadão Conteúdo
Mercado doméstico

Demanda da Gol sobe 19,8% em agosto ante julho, mas cai quase 72% em relação a 2019

Oferta da companhia aérea cresceu 17,8% no mês passado.

7 de setembro de 2020
11:48
Avião da companhia aérea, Gol
Imagem: Divulgação/Gol

A companhia aérea Gol contabilizou aumento de demanda e oferta em agosto em comparação a julho no mercado doméstico, conforme dados prévios operacionais divulgados nesta segunda-feira, respectivamente de 19,8% e 17,8%. A Gol não realizou voos internacionais em agosto.

Já em relação ao mesmo mês do ano passado, o indicador de demanda (RPK no jargão do setor) apresentou queda de 71,8% no tráfego total e 67,3% no mercado doméstico.

A oferta (ASK) teve quedas de 70,7% e 65,6%, respectivamente, ante agosto de 2019. A taxa de ocupação foi de 79,4% agora contra 82,4% há um ano no critério total e 83,3% no segmento doméstico.

No relatório que acompanha as tabelas a empresa ressalta que no mês passado realizou 190 voos por dia, reabriu as bases de Campina Grande, Caxias do Sul, Marabá e Montes Claros, e adicionou 51 operações diárias em Guarulhos (SP) e Galeão (RJ).

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies